conecte-se conosco


Tecnologia

Instagram remove contas de apoiadores de general iraniano morto pelos EUA

Publicado

em

source

Olhar Digital

Publicações e contas solidárias ao general Qassem Soleimani,  morto pelos EUA, estão sendo banidas do Instagram arrow-options
Wikimedia Commons

Publicações e contas solidárias ao general Qassem Soleimani, morto pelos EUA, estão sendo banidas do Instagram


O Instagram está removendo contas e publicações que apoiam o general iraniano Qassem Soleimani de sua plataforma. A rede social, que pertence ao Facebook , é uma das poucas que não está bloqueada no Irã. Um porta-voz do Facebook disse, em comunicado à CNN, que a atitude é feita para cumprir as sanções dos EUA .

O general Qassem Soleimani era um dos homens mais poderosos do Irã, muito próximo ao líder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei , e considerado o principal nome da inteligência militar iraniana. Soleimani foi morto no dia 2 de janeiro, em um ataque aéreo feito pelos EUA , em Bagdá, no Iraque .

Em protesto, o governo iraniano pediu uma ação legal, em todo o país, contra o Instagram . Chegaram até a criar um portal em um site do governo para que os usuários do aplicativo enviassem exemplos de postagens removidas pela plataforma, de acordo com a mídia local.

Reprodução

Ao contrário do Instagram, o Twitter e o Facebook estão bloqueados no país, mas alguns iranianos acessam esses sites usando VPNs.

Um porta-voz do Twitter alegou que sua rede não está removendo postagens de apoio a Soleimani . Segundo ele, desde que os usuários do Twitter cumpram as regras da empresa, suas postagens não serão removidas.

Leia também: Anúncios políticos: Facebook e Instagram vão oferecer mais controle a usuários

Mão do governo

O Instagram encerrou a conta de Soleimani em abril do ano passado, depois que o governo norte-americano designou o Corpo Revolucionário da Guarda Islâmica (IRGC) como um grupo terrorista. Soleimani era um comandante do IRGC.

Leia mais:  Às vésperas das eleições, Twitter apaga dez mil contas falsas nos Estados Unidos

Em um tuíte condenando a plataforma, o porta-voz do governo do Irã, Ali Rabiei, chamou as ações do Instagram de “antidemocráticas”.

Como parte de sua conformidade com as leis norte-americanas, o porta-voz do Facebook disse que a empresa remove contas executadas por, ou em, nome de pessoas e organizações sancionadas. Ela também remove postagens que recomendam as ações de partes ou indivíduos sancionados. O porta-voz alegou ainda que o Facebook tem um processo de apelação, caso os usuários acreditem que a postagem foi removida por engano.

Via: CNN Business

Comentários do Facebook
publicidade

Tecnologia

Assim como futebol americano, EUA quer criar liga de Fortnite nas escolas

Publicado

em

source

Olhar Digital

Fortnite arrow-options
Divulgação/Epic Games

Fortnite se torna esporte em escolas norte-americanas


A startup PlayVS fez um contrato de parceria com a Epic Games para promover torneios competitivos oficiais de Fortnite em escolas e universidades dos Estados Unidos . A ideia é formar uma liga semelhante a esportes tradicionais como basquete ou futebol americano.

Além da produtora do jogo, a startup também fechou parceria com a NFHS – Federação Nacional das Associações de Escolas de Segundo Grau, o órgão que define as regras de competição para a maioria dos esportes do ensino médio nos EUA .

Leia também; Games e educação: como o Minecraft ensinou crianças sobre tragédias ambientais

Escolas, pais ou os próprios alunos poderão pagar US$ 64 por jogador para competir na liga contra escolas vizinhas, como qualquer outro esporte. A PlayVS é a primeira empresa a fechar uma parceria oficial com a Epic Games , e isso permite que escolas e organizações não precisem de muito trabalho para participar dos torneios. Atletas acessam a partida diretamente pela plataforma da startup e a PlayVS fornece estatísticas e insights diretamente do jogo para treinadores, fãs e até recrutadores.

Desde o lançamento, mais de 13 mil escolas já aderiram à lista de espera para obter uma equipe de esports através da PlayVS, que representa 68% da rede de ensino dos EUA . Para efeitos comparativos, 14 mil escolas têm um programa de futebol americano, o esporte tradicional mais popular do país.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Lembra do ovo do Instagram? Foto faz parte de campanha sobre saúde mental; veja
Continue lendo
Agricultura37 minutos atrás

OVOS/CEPEA: Médias nominais são as maiores para o mês desde 2013

Cepea, 27/1/2020 – Na média parcial deste mês (até o dia 24), os preços dos ovos brancos e dos vermelhos...

Política50 minutos atrás

Frota quer convocar Regina Duarte para falar na Câmara

arrow-options Michel Jesus/Câmara dos Deputados Alexandre Frota O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) deve entrar com requerimento convocando a atriz...

Política50 minutos atrás

“Agora não pode mais prender jornalista”, ironiza Moro

arrow-options Reprodução/Twitter Sergio Moro participou do programa Pânico nesta segunda-feira O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, participou...

Política50 minutos atrás

Moro diz que indicação ao STF seria caminho ‘natural’ para sua carreira

arrow-options Agência O Globo / Zimel Ministro da Justiça, Sergio Moro, diz que não ter motivos para deixar governo Bolsonaro...

Política50 minutos atrás

Justiça de São Paulo apreende caminhonete de Ciro para indenizar Holiday

arrow-options Marcelo Camargo / Agência Brasil Ciro foi presidenciável em 2018 A Justiça de São Paulo apreendeu uma caminhonete Toyota...

Política50 minutos atrás

Witzel diz que ligação para Mourão foi para ‘mostrar união’ e ‘pedir apoio’

arrow-options Luciano Belford / Agência O Dia “Quero dizer que minha ligação, ontem, ao vice-presidente foi para demonstrar união”, disse...

Política1 hora atrás

Crimes cibernéticos aumentam no ES

Um total de 1.922 crimes cibernéticos foi registrado pela delegacia especializada no Estado em 2019. O número apresenta leve aumento...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana