conecte-se conosco



Economia

INSS: fila para perícias médicas tem 758 mil agendadas e 908 mil exigências

Publicado

em

 

 

source
undefined
Reprodução: O Dia

INSS: perícia médica sem data definida

No segundo dia de reabertura gradual dos postos do INSS, persistiram a desinformação e a falta de atendimento na perícia médica. Conforme O DIA antecipou no sábado passado, a falta de condições das agências previdenciárias para atendimento aos público fez com que a Associação Nacional de Médicos Peritos (ANMP) orientasse para o não retorno às atividades presenciais.

Em coletiva via Youtube, o presidente do INSS, Leonardo Rolim, informou que hoje a fila para cumprimento de exigências tem 906 mil pessoas e as que aguardam perícia médica chegam a 758 mil. “Os números são menores que os 2,3 milhões registrados em julho passado”, chegou a pontuar.

Questionado pelo jornal O DIA sobre o prazo que as perícias devem ser retomadas para acabar com o martírio de pessoas que esperam há seis meses pelo atendimento, o INSS informou que “as perícias estão suspensas até que as adequações sejam feitas (novas inspeções serão feitas entre hoje e amanhã para viabilizar o rápido retorno).”

A nota informa que “ainda nesta semana o INSS espera ter novidades quanto ao retorno do serviço”. Mas, segundo o presidente da ANMP, a inadequação das agências da previdência é real e antiga, mas que foram agravadas pela pandemia do coronavírus.Segundo Argolo, o INSS teve seis meses – que foi o período da parada de atendimento – para fazer as adequações nas agências, mas isso não ocorreu.

Na sexta-feira passada um servidor denunciou a situação precária dos postos. “Falta sabão para lavar as mãos e equipamentos de proteção individual, os EPIs”, disse ao jornal O DIA. Ontem, em entrevista ao G1, Argolo confirmou a denúncia do servidor: faltam equipamentos de proteção individual (EPIs), estetoscópios e abaixadores de língua. E completou: “As agências estão sem vigilância adequada, pessoal de limpeza sem contratos para suprir a necessidade em um momento desse, de pandemia, que se faz necessário”, afirma.”Seríamos irresponsáveis em subscrever e dar aptidão a uma agência inadequada. Não estamos criando resistência”, diz Argolo.

Levantamento da associação mostra que das 1.525 agências do INSS, somente 12, estão com todos os padrões de adequação, “inexpressivas diante do passivo de necessidade do Brasil”.Mesmo nessas agências, no entanto, não houve a realização de perícias médicas.

“As gerências executivas e superintendências se detiveram apenas na compra de EPIs para a pandemia, mas tinha um passivo de problemas a resolver. O presidente (do INSS) está nas TVs se perdoando, mas são os operacionais que compraram máscara vencida em 2012”, afirma Argolo.

Ainda segundo o presidente da entidade, a associação tem flexibilizado itens que pudessem “embaraçar, mas não prejudicar” o atendimento, mas pede que o governo resolva a lista de itens inadequados para que a categoria faça nova vistoria e libere os atendimentos. Ele não falou em prazos para que isso aconteça.


Fonte: IG ECONOMIA

Comentários do Facebook

Economia

Dólar fecha R$ 5,55, em alta pela terceira semana seguida

Publicado

em


source

Agência Brasil

dólar
Thinkstock/Getty Images

Novas medidas de confinamento em alguns países europeus, depois do surgimento de uma segunda onda de casos de Covid-19, fez o dólar subir

Em mais um dia de instabilidade no mercado internacional, a moeda norte-americana voltou a subir e encerrou em alta pela terceira semana seguida. O  dólar comercial fechou esta sexta-feira (25) vendido a R$ 5,554, com alta de R$ 0,044 (+0,8%). O dólar fechou a semana com alta acumulada de 3,29%.


A moeda chegou a aproximar-se de R$ 5,60 durante o dia, mas desacelerou perto do fim da sessão. A divisa acumula alta de 1,33% em setembro e de 38,4% em 2020.

A força do dólar ante o real nesta semana ocorreu em sintonia com um movimento de aversão no mercado internacional. A cotação refletiu o aumento da demanda por dólares em todo o planeta depois que indicadores apontaram desaceleração econômica nos Estados Unidos e na Europa, elevando temores sobre a sustentabilidade da retomada de diversas economias avançadas.

A esse medo se somaram novas medidas de confinamento em alguns países europeus, depois do surgimento de uma segunda onda de casos de Covid-19 no continente. Nos Estados Unidos, a semana foi marcada pela continuação do impasse sobre um novo pacote de estímulos, num momento em que o Federal Reserve (Banco Central do país) informou ter pouco espaço para reduzir juros.

No mercado de ações, a bolsa de valores começou o dia com fortes perdas, mas reverteu o movimento ao longo da sessão e encerrou perto da estabilidade. O índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira), fechou esta sexta-feira aos 96.999 pontos, com leve recuo de 0,01%.

Esta foi a quarta semana seguida em que o Ibovespa acumula perdas. Em setembro, o índice recuou 2,38%, no caminho de registrar pior resultado para o mês desde 2015.

*Com informações da Reuters

Comentários do Facebook
Continue lendo
Estadual5 horas atrás

Roda de Conversa acontece na próxima quarta-feira, 30

. O encontro propõe uma reflexão sobre a repercussão da solidão no cotidiano e na saúde mental das pessoas. O...

Estadual5 horas atrás

Reeducandas do Presídio Feminino de Cariacica participam do projeto Correr para Vencer

. O novo projeto da Vara de Execuções Penais de Vila Velha visa contribuir para a qualidade de vida das...

Estadual5 horas atrás

Tribunal de Justiça institui Comissão Permanente de Promoção da Primeira Infância

. O Ato que criou a Comissão foi assinado pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa,...

Esportes5 horas atrás

Jorge Jesus critica proibição de torcedores em estádios de Portugal

. O técnico do Benfica, o português Jorge Jesus, reclamou nesta sexta-feira (25) da recusa do Governo de seu país...

Esportes5 horas atrás

Série B: Chapecoense empata com América-MG e assume terceira posição

. Jogando na Arena Condá, a Chapecoense empatou sem gols com o América-MG na noite desta sexta (25) e assumiu...

Nacional6 horas atrás

Conselho suspende médico denunciado por abuso sexual em São Paulo

Reprodução Abib Maldaun Neto é acusado de cometer abuso sexual dentro do próprio consultório, no bairro dos Jardins, na capital...

Nacional6 horas atrás

Renovação da CNH segue suspensa por tempo indeterminado

Doutor Multas Renovação da CNH segue suspensa por prazo indeterminado O diretor-geral do Conselho Nacional de Trânsito, Frederico de Moura...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!