conecte-se conosco



Economia

Inflação da construção civil sobe para 0,21% em maio

Publicado

em


source

O Índice Nacional de Custo da Construção ( INCC-M ), divulgado nesta terça-feira (26), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas ( FGV ), subiu para 0,21% em maio contra 0,18% de abril.

Tem passagem da Latam? Saiba como a recuperação judicial afeta os brasileiros

Com o resultado, o INCCM acumula inflação de 1,37% no ano e de 4,14% em 12 meses.

Inflação da construção civil sobe em maio
Reprodução

Inflação da construção civil sobe em maio


Os materiais e equipamentos tiveram inflação de 0,56% em maio, acima do 0,44% de abril. Já os serviços registraram inflação menor em maio (0,02%) do que em abril (0,13%).

A mão de obra teve, em maio, estabilidade de preços , assim como ocorreu no mês de abril.

Comentários do Facebook

Economia

Brasil é uma potência, mas no saneamento está na época medieval, diz secretário

Publicado

em


source

Brasil Econômico

Secretário de Saneamento Pedro Maranhão durante entrevista ao portal iG
Reprodução/Youtube/Portal iG

Secretário de Saneamento Pedro Maranhão durante entrevista ao portal iG

O secretário de Saneamento do ministério do Desenvolvimento Regional, Pedro Maranhão, disse em entrevista ao portal iG nesta terça-feira (22) que o Brasil é uma grande potência, mas que, na área do saneamento básico , “está na época medieval”. “Nós temos crianças com tablets usando tecnologia 5G, mas quando elas abrem a porta de casa voltam para a época medieval”, afirmou o secretário em durante live do Brasil Econômico .

Segundo Maranhão, o governo federal tem enfrentado uma característica cultural no País da falta de interesse de investimento na área. “Obra enterrada não dá voto. Essa é uma máxima daqui. Então o prefeito, o deputado, o gestor, o governador, eles preferiam fazer uma obra que desse visibilidade. Uma ponte, uma praça ou um show. E realmente o saneamento ficou para trás”, disse.

Por conta disso, o secretário afirma que uma das estratégias criadas foi a implantação do Marco Regulatório do Saneamento,  aprovado no Congresso Nacional e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com o objetivo de universalizar o acesso ao saneamento básico até 2033, podendo ser prorrogado ainda até 2040.

“O Estado perdeu a capacidade de investimento e nós estamos abrindo para quem tem dinheiro para fazer isso. O marco dá mais previsibilidade e segurança jurídica para que as empresas invistam no Brasil”, explica Maranhão.

Após a sua aprovação, o marco regulatório foi alvo de muitas críticas, sendo acusado de uma ferramenta para a privatização da água, um bem que, de acordo com esses críticos, deveria ser público. Para Maranhão, no entanto, não houve uma boa compreensão do que o novo marco propunha e o assunto se tornou “ideologizado”.

“Eu costumo dizer que o marco não veio para privatizar. Ele veio para universalizar. Tem gente querendo ideologizar essa decisão. Nós estamos abrindo oportunidade para quem tem dinheiro investir. Vai ter muita PPP (Parceria Público-Privada), concessão e privatização”, afirmou o secretário.

Como resultado da implantação do marco, Maranhão avalia que o setor do saneamento já está maduro para receber recursos. “Isso já começou a virar conversa de mesa de bar, conversa de mesa de jantar. A sociedade despertou para a importância do saneamento. E é muito bom que isso aconteça”, disse.

Recuperação da economia

Maranhão também acredita que o marco vai ter papel importante na retomada da economia em meio à pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

“Isso vai ocorrer porque os investimentos vão chegar e o setor do saneamento tem uma cadeia produtiva muito grande, que vem desde o cavador de vala. Sem falar nos benefícios que isso vai trazer para as áreas da Saúde e do Meio Ambiente”, afirmou.

“Aliás, eu não sei porque somos tão criticados. Nossas questões ambientais estão mais bem resolvidas que em outros países. Nós temos a matriz energética mais limpa do mundo. É uma coisa meio maluca”, completou o secretário.

Confira a entrevista na íntegra:

Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes4 horas atrás

Copa do Brasil: América-MG vence Ponte Preta e avança

. Após empate em 2 a 2 no jogo de ida, o América-MG derrotou a Ponte Preta, nesta terça (22)...

Esportes4 horas atrás

São Paulo perde para LDU e se complica na Libertadores

. Jogando na altitude de mais de 2.800 metros de Quito, a LDU derrotou o São Paulo por 4 a...

Esportes5 horas atrás

Série B: Operário e Cuiabá empatam em 1 a 1 na abertura da 11ª rodada

. Com um tempo de domínio para cada equipe, Operário e Cuiabá empataram em 1 a 1 no Estádio Germano...

Estadual6 horas atrás

Escola da Magistratura do Espírito Santo apoia Audiência Pública “Vitória contra as Fake News”

. O evento virtual será coordenado pela juíza Gisele Souza de Oliveira. A Audiência Pública “Vitória contra as Fake News...

Estadual6 horas atrás

Presidente do TJES e governador do Estado participam de webinário organizado pela Supervisão das Varas da Infância e da Juventude

. O webinar: Criança Cidadã Desde a Primeira Infância começa na próxima quinta, 24. A Supervisão das Varas da Infância...

Esportes6 horas atrás

Vitória do CRB é insuficiente e Juventude segue na Copa do Brasil

. O Juventude é o primeiro time, entre os que disputam a quarta fase da Copa do Brasil, classificado às...

Esportes7 horas atrás

Flamengo supera Barcelona e desfalques pela covid-19 na Libertadores

  . O Flamengo se recuperou da goleada por 5 a 0 sofrida na última quinta-feira (17) para o Independiente...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!