conecte-se conosco


Nacional

Ilhas russas declaram estado de emergência após invasão de ursos polares; veja

Publicado

em


Moradores russos flagram ursos polares invadindo prédios públicos, guarnições militares e creches da região
Reprodução/Youtube
Moradores russos flagram ursos polares invadindo prédios públicos, guarnições militares e creches da região

O arquipélago ártico russo de Novaya Zemlya declarou estado de emergência, nesse sábado (9), após dezenas de ursos polares famintos invadirem residências e prédios públicos da região.  Segundo o jornal The Washington Post
, o fenômeno acontece como consequência do aquecimento global, já que o derretimento das geleiras do Polo Norte está forçando os ursos a passarem mais tempo em terra e competirem com os humanos pela comida.

Leia também: Animais de Brumadinho só são sacrificados a tiros “em último caso”, diz coronel

O chefe da administração local no nordeste russo, Zhigansha Musin, afirmou que os animais são constantemente encontrados dentro de guarnições militares e em blocos de apartamentos. “Nunca houve uma invasão em massa de ursos polares
“, declarou. “Eles literalmente perseguem pessoas”.

A situação fez com o arquipélago de cerca de três mil habitantes pedisse ajuda às autoridades russas que estão avaliando a situação e não descartam a realização de abates, a fim de garantir a segurança da população local. A medida é pensada já que as patrulhas com veículos, buzinas e cães, que estão sendo realizadas na área, parecem não surtir efeito contra os animais, que não se sentem intimidados e, por isso, não reagem.

Leia também: Testemunha de Jeová é condenado a seis anos de prisão na Rússia por “extremismo”

Segundo as autoridades regionais de Arkhangelsk – a que o arquipélago está submetido – se todas as outras medidas falharem “atirar nos animais pode ser a única medida forçada possível”. A Rússia
classifica os ursos polares como uma espécie ameaçada de extinsão e, devido a isso, é proibido atirar neles por lei.

Leia mais:  Renan Calheiros crítica Deltan Dallagnol e o chama de “ser possuído”

Alexander Minayev, vice-chefe da região, afirmou que os moradores estão sendo atacados e vendo suas casas serem invadidas
pelos animais. “As pessoas estão assustadas, estão com medo de sair de casa, os pais têm medo de deixar as crianças irem para as escolas e creches.”

Leia também: Quase metade das mortes de animais no litoral de São Paulo tem relação com lixo

Em filmagens feitas pelos moradores é possível observar os animais se alimentando de lixeiras nas ruas, passeando por espaços desabitados, por prédios comerciais e até por playgrounds. No último mês, o alto funcionário do Ministério da Defesa anunciou que centenas de prédios militares em desuso localizados na região haviam sido demolidos, depois que ursos polares
se instalarem em seu interior.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

PF vai investigar grupo que teria planejado incêndios na Amazônia

Publicado

em

source

Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou neste domingo (25) que a Polícia Federal (PF) vai investigar integrantes de um grupo que teria planejado atear fogo em áreas de floresta entre os municípios de Altamira e Novo Progresso, sudoeste do Pará. O caso ocorreu no último dia 10 de agosto, data que chegou a ser batizada por produtores rurais da região como “Dia do Fogo”, e foi denunciado em uma reportagem da revista Globo Rural.

Leia também: Sete estados já pediram apoio federal para combater incêndios florestais

Queimadas na Amazônia arrow-options
Fernando Frazão/ABr
Incêndios criminosos na floresta amazônica serão investigados pela Polícia Federal após aumento de focos de queimadas

“Fui contatado hoje mesmo pelo PR Jair Bolsonaro sobre o fato e solicitando apuração rigorosa. A Polícia Federal vai, com sua expertise, apurar o fato. Incêndios criminosos na Amazônia serão severamente punidos”, afirmou o ministro pelo Twitter.

Segundo a matéria, mais de 70 pessoas, entre sindicalistas, produtores rurais, comerciantes e grileiros combinaram, por meio de um grupo de WhatsApp, incendiar as margens da BR-63. A rodovia liga a região do Pará aos portos fluviais do Rio Tapajós e ao estado de Mato Grosso.

A reportagem também foi compartilhada pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em que ele reforça a determinação do presidente Bolsonaro para uma “investigação rigorosa” e punição dos responsáveis pelos incêndios criminosos.

De acordo com a assessoria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a apuração da PF deve se concentrar sobre o caso denunciado na matéria da revista Globo Rural.

Leia também: Salles pede apoio dos estados para enfrentar crise ambiental na Amazônia

MPF no Pará apura denúncia

Na última quinta-feira (23), o Ministério Público Federal (MPF) no Pará informou que está investigando o aumento de queimadas na mesma região, incluindo uma denúncia semelhante de incêndios criminosos. De acordo com o MPF, o procurador da República Paulo de Tarso Moreira Oliveira apura a convocação divulgada em jornal de Novo Progresso, supostamente por fazendeiros, para um “dia do fogo”, em que os produtores rurais incendiariam grandes áreas de floresta. O dia previsto para a manifestação também seria 10 de agosto.

Leia mais:  Renan Calheiros crítica Deltan Dallagnol e o chama de “ser possuído”

Leia também: Cúpula G7 vai ajudar os países que sofreram com as queimadas na Amazônia

Satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) detectaram aumento significativo de queimadas no dia 10 de agosto, com o registro de 124 focos de incêndio, aumento de 300% em relação ao dia anterior. No dia seguinte, foram registrados 203 focos. Em Altamira, foram detectados 194 focos em 10 de agosto e 237 no dia 11, um aumento de 743% nas queimadas.

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Regional3 minutos atrás

De perna engessada, detenta foge pela janela de hospital em Linhares

Uma detenta do Centro Prisional Feminino de Colatina tentou fugir de um hospital, em Linhares, mesmo com a perna imobilizada...

Esportes41 minutos atrás

Goiás, com um a menos e de virada, bate o Internacional no Serra Dourada

arrow-options reprodução / Twitter Goiás x Internacional – Campeonato Brasileiro Se o panorama do primeiro tempo com expulsão no time...

Esportes41 minutos atrás

Santos abre 3 a 0, sofre pane no 2º tempo e só empata com o Fortaleza

Agência O Globo Após bom primeiro tempo, Santos tem pane e apenas empata com o Fortaleza: 3×3 na Vila Belmiro...

Esportes41 minutos atrás

Vasco vence São Paulo com tranquilidade e respira no Brasileirão

Agência O Globo Thalles Magno comemora gol do Vasco Após mais de um mês longe de casa, o Vasco conquistou...

Nacional43 minutos atrás

PF vai investigar grupo que teria planejado incêndios na Amazônia

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou neste domingo (25) que a Polícia Federal (PF) vai investigar integrantes...

Agricultura43 minutos atrás

Agricultura familiar na Expointer: vendas crescem 51% no primeiro dia de feira

As vendas de produtos da agricultura familiar na feira do setor na Expointer, fecharam o primeiro dia com alta de...

Saúde2 horas atrás

Bebe muito café? É por isso que você pode estar com tanta dor de cabeça

Você já deve ter lido as notícias contraditórias sobre estudos relacionados ao café . Contudo, agora, mais uma pesquisa foi...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana