conecte-se conosco


Nacional

Ilhas russas declaram estado de emergência após invasão de ursos polares; veja

Publicado

em


Moradores russos flagram ursos polares invadindo prédios públicos, guarnições militares e creches da região
Reprodução/Youtube

Moradores russos flagram ursos polares invadindo prédios públicos, guarnições militares e creches da região

O arquipélago ártico russo de Novaya Zemlya declarou estado de emergência, nesse sábado (9), após dezenas de ursos polares famintos invadirem residências e prédios públicos da região.  Segundo o jornal The Washington Post , o fenômeno acontece como consequência do aquecimento global, já que o derretimento das geleiras do Polo Norte está forçando os ursos a passarem mais tempo em terra e competirem com os humanos pela comida.

Leia também: Animais de Brumadinho só são sacrificados a tiros “em último caso”, diz coronel

O chefe da administração local no nordeste russo, Zhigansha Musin, afirmou que os animais são constantemente encontrados dentro de guarnições militares e em blocos de apartamentos. “Nunca houve uma invasão em massa de ursos polares “, declarou. “Eles literalmente perseguem pessoas”.

A situação fez com o arquipélago de cerca de três mil habitantes pedisse ajuda às autoridades russas que estão avaliando a situação e não descartam a realização de abates, a fim de garantir a segurança da população local. A medida é pensada já que as patrulhas com veículos, buzinas e cães, que estão sendo realizadas na área, parecem não surtir efeito contra os animais, que não se sentem intimidados e, por isso, não reagem.

Leia também: Testemunha de Jeová é condenado a seis anos de prisão na Rússia por “extremismo”

Segundo as autoridades regionais de Arkhangelsk – a que o arquipélago está submetido – se todas as outras medidas falharem “atirar nos animais pode ser a única medida forçada possível”. A Rússia classifica os ursos polares como uma espécie ameaçada de extinsão e, devido a isso, é proibido atirar neles por lei.

Leia mais:  Congresso fecha acordo provisório sobre muro para evitar paralisação nos EUA

Alexander Minayev, vice-chefe da região, afirmou que os moradores estão sendo atacados e vendo suas casas serem invadidas pelos animais. “As pessoas estão assustadas, estão com medo de sair de casa, os pais têm medo de deixar as crianças irem para as escolas e creches.”

Leia também: Quase metade das mortes de animais no litoral de São Paulo tem relação com lixo

Em filmagens feitas pelos moradores é possível observar os animais se alimentando de lixeiras nas ruas, passeando por espaços desabitados, por prédios comerciais e até por playgrounds. No último mês, o alto funcionário do Ministério da Defesa anunciou que centenas de prédios militares em desuso localizados na região haviam sido demolidos, depois que ursos polares se instalarem em seu interior.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Enterro de catador que foi morto pelo exército será nesta sexta-feira (19)

Publicado

em


Família de Luciano Macedo
Reginaldo Pimenta/Agência O Dia

Família de Luciano Macedo pretende processar o Exército

O enterro do catador de material reciclável Luciano Macedo, 27 anos, acontecerá nesta sexta-feira (19) à tarde, no Cemitério de São Francisco Xavier, no Caju, zona portuária do Rio. A família não divulgou o horário do sepultamento.

Leia também: Morre catador baleado pelo Exército ao ajudar família alvo de 80 tiros no Rio

Luciano levou três tiros no domingo (7), ao tentar ajudar a família do músico Evaldo dos Santos Rosa, o Manduca, 51 anos, que teve o carro atingido por 83 tiros disparados por militares do Exército , quando passava por Guadalupe, zona norte do Rio. O músico morreu na hora. Os militares confundiram o carro de Evaldo com um veículo também branco que havia sido roubado por ladrões.

De acordo com informação da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Luciano morreu na madrugada de ontem (18), no Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes. Em nota, a secretaria informou que “todos os esforços clínicos necessários foram realizados por profissionais multidisciplinares do Hospital Estadual Carlos Chagas com o objetivo de oferecer o melhor atendimento ao paciente Luciano Macedo, vítima de perfuração por arma de fogo que deu entrada na unidade no último dia 7″.

A SES esclareceu que o paciente “apresentava estado de saúde gravíssimo desde a entrada na unidade, o que impossibilitava sua transferência”. No dia 17, Luciano Macedo foi submetido a uma cirurgia torácica, mas acabou morrendo às 4h20 da madrugada de ontem (18). O catador deixou mulher, Daiana Horrara, grávida de cinco meses.

Leia também: Bolsonaro diz que “exército não matou ninguém” sobre tiros em músico

Leia mais:  Executivos da Vale podem ser responsabilizados por tragédia, diz Dodge

A organização não governamental (ONG) Rio de Paz conseguiu, por meio de doações, enxoval para o bebê e dinheiro para alugar casa para a viúva. De acordo com o advogado da família do catador, João Tancredo, nove tiros disparados pelos militares do Exército atingiram outro veículo estacionado do outro lado da rua. 

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
Continue lendo
Regional34 minutos atrás

Bandidos baleados em assalto a posto de Gasolina

 BARRA S. FRANCISCO (ES) – Policias do 11º BPM, foram acionados na noite desta quinta-feira (18), por volta das 20h30min,...

Estadual42 minutos atrás

Morador de rua é morto a socos e chutes no ES

Um morador em situação de rua, que foi identificado apenas pelo nome de Helder, foi morto na madrugada desta sexta-feira...

Esportes53 minutos atrás

Luan no Palmeiras? Verdão pode ceder Lucas Limas para contratar ídolo do Grêmio

Divulgação Ídolo do Grêmio, Luan pode ser o novo reforço do Palmeiras O elenco estrelado do Palmeiras pode ganhar mais...

Economia1 hora atrás

AGU tenta recuperar mais de R$ 2 bilhões em fraudes no INSS

Agência Brasil AGU tenta recuperar mais de R$ 2 bilhões em fraudes no INSS A Advocacia-Geral da União (AGU) está...

Nacional1 hora atrás

Enterro de catador que foi morto pelo exército será nesta sexta-feira (19)

Reginaldo Pimenta/Agência O Dia Família de Luciano Macedo pretende processar o Exército O enterro do catador de material reciclável Luciano...

Mulher2 horas atrás

7 receitas veganas para colocar em prática no almoço de Páscoa

É tradição em muitos lares brasileiros reunir a família para desfrutar de um almoço nos feriados, e um deles é...

Nacional3 horas atrás

Rússia diz que Relatório Mueller não prova interferência nas eleições americanas

Divulgação/White House Donald Trump não conspirou com a Rússia para vencer eleições, diz investigação O Kremlin disse na sexta-feira que...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana