conecte-se conosco


Nacional

Homem usa facão para matar a ex e decepar a mão da enteada

Publicado

em

Suspeito foi identificado como Juarez Ferreira, de 54 anos

São Paulo – Uma mulher de 42 anos foi atacada com um facão na noite de quinta-feira (7) em Mogi Mirim (SP). O ex-marido da vítima é o principal suspeito, segundo a Polícia Civil. Genésia Maria de Souza não resistiu aos ferimentos e morreu. As informações são do site Universa.

A filha da mulher foi atingida pelo ex-padrasto ao tentar separar a briga e teve uma das mãos decepadas.

O suspeito foi identificado como Juarez Ferreira, de 54 anos, e preso nesta sexta-feira (8). O caso é investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Mogi Guaçu como tentativa e feminicídio consumado. Ele teria confessado o crime, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e estava escondido em uma chácara na cidade vizinha de Jacutinga.

Genésia estava separada de Juarez há um mês, mas ele não aceitava o término do relacionamento. Ele surpreendeu a ex ao chegar com um facão na casa dela. Vizinhos chamaram a polícia após a vítima, que teve o rosto ferido, gritar diversas vezes. Rafhaela, fila de Genésia, também foi atacada ao tentar salvar a mãe.

Segundo amigos e familiares entrevistado pelo Universa, Genésia foi até a delegacia diversas vezes para registrar boletim de ocorrência e solicitar medida protetiva pelo ex-marido, mas os pedidos não foram aceitos pelas autoridades policiais.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Justiça autoriza doleiro Lúcio Funaro a progredir para o regime semiaberto
publicidade

Nacional

Federalização do caso Marielle deve ser votada ainda este ano

Publicado

em

source
Marielle arrow-options
Agência Brasil

Os ministros do STJ tendem levemente em manter caso na esfera estadual, mas a corte continua dividida.

A federalização da investigação do caso Marielle deve ser votada nas próximas semanas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A decisão deve ocorrer em 27 de novembro, próxima sessão da corte e penúltima do ano, ou em 11 de dezembro, a última antes do recesso do STJ.

Leia também: Jovem é morto com 50 tiros de fuzil na fronteira com o Paraguai

A corte, composta por 10 ministros, terá que decidir se as investigações sobre a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes serão entregues à Polícia Federal (PF) e ao Ministério Público Federal (MPF) – federalização do caso – ou se seguirão com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) e a Polícia Civil.

Os ministros do STJ afirmaram ao jornal O Globo  que a corte está dividida, mas com leve tendência de manter o caso em nível estadual.  Os ministros que apoiam essa decisão, acreditam que a troca do órgão responsável pela investigação atrasaria o caso, que já dura um ano e oito meses. 

Leia também: Navio suspeito de derramamento de óleo voltará ao litoral brasileiro esta semana

Já os que defendem a federalização do caso Marielle acreditam que a esfera federal teria mais recursos para encontrar o(s) suposto(s) mandante(s) dos assassinatos, principalmente se esse(s) tiverem foro privilegiado.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Menina sobe em torre para tirar selfie e cai em caixa d’água de 20 metros
Continue lendo
Política40 minutos atrás

Mônica Bergamo fala para Augusto Nunes parar de usar crianças para fazer ataques

arrow-options Reprodução Colunista da Folha e jornalista da JovemPan trocaram farpas no Twitter A colunista Mônica Bergamo , da Folha...

Esportes3 horas atrás

Coluna – Paradesporto militar: um resgate histórico

Durante uma semana 19 militares, alguns reformados, mas outros ainda na ativa apesar de terem algum tipo de deficiência, participaram...

Estadual5 horas atrás

Mulher deve ser indenizada após ganhar festival de música e não receber prêmio

A premiação era a gravação de um CD com a reprodução de mil cópias. Uma moradora de Linhares deve receber...

Estadual5 horas atrás

Projeto “Mulher Superando o Medo” será lançado na abertura da 15ª Semana Justiça pela Paz em Casa

Programa tem o objetivo promover a paz, prevenção, resolução de conflitos e inclusão, por meio de ações psicossociais de combate...

Política5 horas atrás

Deputados repercutem chuva que atinge o Espírito Santo

A chuva que atinge o Espírito Santo nos últimos dias foi assunto repercutido por deputados na sessão ordinária desta segunda-feira...

Política6 horas atrás

Fachin abre inquérito para investigar compra de apoio a Cunha

arrow-options Divulgação/TSE – 4.9.18 Edson Fachin é o relator da Lava Jato no STF O ministro Edson Fachin, do Supremo...

Política6 horas atrás

Guedes chamou Sergio Moro para ministério antes do 2º turno, afirma Bebianno

arrow-options Agencia Brasil Bebianno duvidou que Moro assumiria o cargo, mas afirma ter apoiado a escolha. Antes de Jair Bolsonaro...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana