conecte-se conosco


Estadual

Homem é morto depois de tentar assaltar lanchonete no ES

Publicado

em

Um homem foi morto depois de assaltar uma lanchonete no bairro Valparaíso, na Serra, região metropolitana de Vitória, por volta de 19h40, dessa quinta-feira (9). Com ele, foi encontrada uma arma falsa.

O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal de Vitória (DML). Nenhum suspeito do crime foi preso.

Testemunhas contaram que o homem chegou em moto. Ele entrou na lanchonete, anunciou o assalto e recolheu objetos de clientes. Uma pessoa, que não foi identificada, reagiu ao assalto e baleou o homem.

A Polícia Militar foi acionada e quando chegou ao local, o suspeito jáestava morto. A arma falsa usada para fazer o assalto estava na mão dele. As vítimas e o dono da lanchonete não estavam no local.

Segundo a polícia, o homem morreu com um tiro no olho direito. Ele não estava com documentos pessoais. Na lanchonete, a polícia encontrou cápsulas de calibre 380. A polícia informou que a arma que ele usava era falsa.

Com o suspeito foram encontrados quatro celulares, que podem ser das vítimas. O dono da lanchonete não foi localizado.


(*G1)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Suspeitos de duplo homicídio são presos em Linhares
publicidade

Estadual

Redistribuição de royalties é tema de audiência

Publicado

em

source

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca da redistribuição dos royalties de petróleo entre todos os municípios do Estado será o foco da audiência pública “Fundo para Redução das Desigualdades Regionais e os impactos da decisão do STF”, promovida pela Comissão Especial de Petróleo, Gás e Energia, nesta quarta-feira (23), no plenário Judith Leão da Assembleia Legislativa (Ales), às 15 horas.

O intuito é discutir junto à sociedade civil e Poder Público uma alternativa ao Fundo de Desigualdades Regionais diante da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que definiu que os Estados devem fazer a redistribuição de 25% de seus royalties para todos os municípios de seu território.

Para calcular essa destinação, devem ser utilizados os mesmos critérios para a repartição de receitas do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviços (ICMS), que considera o Índice de Participação dos Municípios (IPM), ou seja, a atividade econômica das cidades, concorrendo com o Fundo criado pelo governo capixaba ainda em 2006.

As audiências públicas fazem parte do processo de elaboração de um projeto para remodelar o Fundo no Estado. Participam do debate desta quarta-feira a Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes) e a Associação das Câmaras Municipais do Espírito Santo (Ascames). Mas as discussões envolverão também entidades do Poder Público, como o governo do Estado, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE-ES), a Associação das Câmaras Municipais do Espírito Santo (Ascames) e a Procuradoria da Assembleia Legislativa.

Fundo

Instituído pela Lei 8.308/2006, o Fundo para Redução das Desigualdades Regionais foi desenvolvido como uma compensação destinada apenas aos municípios que não são grandes produtores de petróleo, ou seja, que recebem menos de 2% dos repasses e que têm participação no ICMS de no máximo 10%. Inicialmente, os recursos só poderiam ser aplicados em investimentos, porém, desde 2014, foi autorizado o uso do montante para verbas de custeio, como água, luz e telefone. Este ano, as administrações municipais podem utilizar até 50% destes recursos para custeio.

Leia mais:  Mulher é morta a tiros dentro de casa em Vila Velha

Para o presidente da Comissão Especial de Petróleo, Gás e Energia, deputado Marcelo Santos (PDT), a extinção do Fundo pode ter grande impacto em municípios que dependem da arrecadação.

"O intuito é dar uma nova cara para a lei. Por meio do Estado, podemos fazer com que os municípios sofram um impacto menor. Vamos manter a distribuição para os municípios que mais sofrem com a falta de recursos, porém, com um percentual menor do que funciona atualmente. Acredito que o governo do Estado pode acrescentar mais 10% dos royalties, totalizando 15% para reduzir a disparidade social entre as cidades. Tudo será discutido junto com a sociedade, para que a decisão se adeque aos interesses capixabas”, ponderou o parlamentar.

Fonte: ALES
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Estadual20 minutos atrás

Redistribuição de royalties é tema de audiência

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca da redistribuição dos royalties de petróleo entre todos os municípios do Estado...

Estadual20 minutos atrás

Adaptações em salas de aula em urgência

Os deputados estaduais aprovaram durante a sessão ordinária desta terça-feira (22) na Assembleia Legislativa (Ales) o requerimento de urgência para...

Estadual20 minutos atrás

CPI resgata 19 gatos em casa de Vila Velha

Uma ação da CPI dos Maus-Tratos Contra os Animais, presidida pela deputada Janete de Sá (PMN), em parceria com o...

Estadual20 minutos atrás

Justiça mantém seis despachos denegatórios

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa (Ales) deliberou sobre 13 proposições, em reunião nesta terça-feira (22), no...

Agricultura1 hora atrás

Pavilhão Brasil é inaugurado na Fruit Attraction 2019 na Espanha

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), em parceria com Associação Brasileira...

Agricultura1 hora atrás

Sessenta mil pescadores artesanais do Nordeste vão receber seguro defeso em novembro

No próximo mês, 60 mil pescadores artesanais afetados pelo vazamento de óleo no litoral do Nordeste receberão uma parcela do...

Agricultura1 hora atrás

Câmara do Agro 4.0 apresenta as principais demandas para ampliar o uso de novas tecnologias no campo

A Câmara do Agro 4.0 iniciou os trabalhos nesta terça-feira (22), durante a programação da 16ª Semana Nacional de Ciência...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana