conecte-se conosco



Nacional

Homem é inocentado após ficar dez anos na prisão

Publicado

em

Ele foi acusado de estupro e roubo, em 2008, no Rio Grande do Sul

PORTO ALEGRE (RS) – Há dez anos, Israel de Oliveira Pacheco foi parar atrás das grades por ter, supostamente, estuprado uma mulher, em Lajeado, no Vale do Taquari, interior do Rio Grande do Sul. O reconhecimento da vítima só assegurou, ainda mais, a decisão da Justiça, que o condenou a 11 anos e seis meses de prisão por estupro e roubo. Na terça-feira (18), uma década depois, ele recebeu a notícia da absolvição.

“A condenação estava embasada no reconhecimento pessoal feito pela vítima, que, pela natureza humana, falha. Portanto, está sujeita a erros”, argumentou o defensor público Rafael Raphaelli, que entrou com todos os recursos possíveis até chegar na mais alta corte do país.

 

A determinação de soltura aconteceu em julgamento da 1ª turma do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. “A prova pericial existente fragilizou ainda mais o reconhecimento, que já não foi feito dentro das formalidades que a lei estabelece. O Israel, quando foi reconhecido, foi colocado sozinho para que fizesse o reconhecimento”, disse.

Inocência

“Eu fui em mais de cinco audiências. Em todas elas, eu sempre falei. Quem não me escutava era a Justiça”, relatou Israel, em entrevista à RBS TV, afiliada da TV Globo. Conforme a reportagem, a Justiça brasileira desconsiderou a prova testemunhal e levou em conta o exame de DNA para absolver o homem.

Rotina na prisão

“Quem está lá dentro não tem vida boa. Noites de sono que não voltam. Noites em que, muitas vezes, você dorme de pé, porque não tem lugar”, lembra ele, que sempre disse ser inocente. Israel ainda acrescentou que está desempregado à procura de uma oportunidade. “Até agora, eu não estou com um emprego bom por causa da minha ficha. Ficha que a Justiça sujou”, desabafa.

Entenda o caso

Em 2008, Israel estava em uma rodoviária, quando foi surpreendido por policiais, que o prenderam por suspeita de violentar sexualmente uma mulher. A vítima e a mãe chegavam em casa e perceberam que a porta estava arrombada e um homem dentro. O suspeito rendeu as mulheres e estuprou uma delas.

Ao ser levado para a delegacia, a jovem reconheceu Israel por trás do vidro, acusando-o do crime. Mesmo testemunhas dizendo que, no momento do crime, Israel estava em um bar com amigos, o álibi não foi aceito. Exames de DNA comprovaram que o material genético não era de Israel, no entanto, ele permaneceu preso. O verdadeiro suspeito do crime foi detido

Comentários do Facebook

Nacional

Rodrigo Maia comemora 75% de apoio à democracia, mas lamenta ‘discussão’

Publicado

em


source

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje (28), em seu perfil no Twitter, estar “feliz por ver que o brasileiro não permitirá um retrocesso institucional” após pesquisa Datafolha mostrar que o regime democrático é o mais adequado para 75% dos entrevistados. Ele lamentou, porém, o fato de ainda haver essa discussão “em pleno século XXI”.

rodrigo maia
Câmara dos Deputados/Maryanna Oliveira

Presidente da Câmara dos Deputados refletiu sobre pesquisa em seu perfil no Twitter


Segundo o instituto, 75% dos entrevistados acreditam que a democracia é o melhor regime a ser seguido enquanto 10% acreditam que a ditadura é melhor do que a democracia “em certas circunstâncias”. Outros 12% afirmaram que “tanto faz se o governo é uma democracia ou uma ditadura”.

Foram ouvidas 2.016 pessoas por telefone nos dias 23 e 24 de junho. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos. Ao mesmo tempo em que se diz feliz, Maia afirmou estar triste por ainda ter de se “preocupar com uma discussão que já deveria estar enterrada”.

Filho de mãe chilena e pai brasileiro, Rodrigo Maia lembrou ter nascido no Chile quando o pai estava no exílio por causa da ditadura militar no Brasil. 


“Meus pais conheceram a dor da separação forçada e o abuso da força da ditadura. Por mais que uma minoria ainda tente ressuscitar o terror, o horror da ditadura não retornará tão cedo por aqui”, escreveu Maia no Twitter.

“Dia feliz para os que prezam os direitos humanos, as minorias, o respeito e a diversidade (lembrando que hoje é o dia internacional do orgulho LGBT); dia triste para os saudosistas do autoritarismo”, completou.

Ainda há grupos de apoiadores de Bolsonaro que apoiam uma intervenção militar com o atual presidente no poder. Faixas com esses pedidos puderem ser vistos em ato pró-Bolsonaro hoje em Brasília.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Mulher1 minuto atrás

Sofre com cólica menstrual? Estas posições de yoga podem ajudar

Não é novidade que a yoga tem uma série de benefícios para o físico e psicológico. Inclusive, de acordo com...

Internacional11 minutos atrás

Pequim aumenta capacidade de teste e chega a um terço da população

. Pequim intensificou a realização de testes do novo coronavírus e já aplicou em cerca de um terço da população...

Internacional41 minutos atrás

Dezenas de pessoas são presas em Hong Kong durante protesto

. A polícia de Hong Kong prendeu pelo menos 53 pessoas nesse domingo (28), após tumulto durante protesto relativamente pacífico contra a...

Saúde45 minutos atrás

Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior

. Um estudo feito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) tornou mais fácil identificar lugares onde, segundo pesquisadores, a...

Mulher45 minutos atrás

Horóscopo do dia: previsões para 29 de junho de 2020

Marcelo Dalla O horóscopo do dia apresenta a previsão para o seu signo e ascendente ÁRIES  É importante evitar atitudes...

Esportes46 minutos atrás

Primeira liga a voltar nas Américas pode ter campeão nesta segunda

. Seis anos após ser a sensação da Copa do Mundo no Brasil, chegando às quartas de final e deixando...

Esportes1 hora atrás

Rodada do Carioca teve muitos gols e protestos

. O Botafogo e o Vasco venceram e o Fluminense perdeu na quarta rodada da Taça Rio. Estádios vazios, protestos, medidas de prevenção e...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!