conecte-se conosco


Mulher

História de adoção: mãe descobre que filhos adotivos são irmãos biológicos

Publicado

em

Uma  história de adoção está chamando a atenção nas redes sociais. A norte-americana e mãe solo Katie Page, 35 anos, descobriu que seus dois filhos adotivos são, na verdade, irmãos. Ao site “Love What Matters”, a mulher conta que os filhos, Grayson, 2 anos, e Hannah, 1 ano, foram adotados por ela em um intervalo de mais de um ano e meio, sem ninguém saber que são irmãos.


Katie Page viveu uma história de adoção emocionante ao descobrir que filhos adotivos são irmãos biológicos
Arquivo pessoal

Katie Page viveu uma história de adoção emocionante ao descobrir que filhos adotivos são irmãos biológicos

“E se eu tivesse dito não? E se eu tivesse dito sim para uma das outras colocações que me pediram para fazer alguns dias antes? E se Hannah tivesse ido para outra família?”, fala a mãe sobre a adoção . “A conexão nunca teria sido feita! Eu não pude acreditar no milagre que aconteceu! É incrível que meus filhos tenham se encontrado”, completa.

Detalhes da adoção


Katie pretende aumentar a família em 2019 e fazer a adoção do outro irmão biológico de Grayson e Hannah
Arquivo pessoal

Katie pretende aumentar a família em 2019 e fazer a adoção do outro irmão biológico de Grayson e Hannah

Grayson tinha poucos dias de vida quando Katie o adotou . A mãe biológica era usuária de drogas, por isso, o menino enfrentou dificuldades para se desenvolver fisicamente. Por esse motivo, Katie preferiu direcionar toda a atenção para ele antes de começar outro processo para adotar uma nova criança. Foi quando ele completou 11 meses que ela resolveu que era o momento ideal para buscar uma irmã para ele.

Em poucas semanas ela recebeu a notícia de que havia uma garotinha no mesmo hospital em que Grayson nasceu e com um histórico médico parecido. “Minha cabeça dizia ‘não’, porque não fazia sentido e não estava nos meus planos, mas algo dentro de mim me mandava dizer ‘sim’”, fala. Apesar de estar apreensiva com a ideia, ela sempre lembrava que já tinha feito isso, então provavelmente conseguiria novamente.

Leia mais:  Você sabe como cuidar do cabelo? Especialista responde 8 dúvidas e dá dicas

Nos primeiros contatos com Hannah, ela começou a perceber alguns sinais de semelhança. Além de terem o mesmo nome, as duas mães biológicas faziam aniversário com apenas um dia de diferença. “Eles poderiam ter a mesma mãe?”, chegou a se questionar. “À primeira vista, as crianças não eram nada parecidas. Além disso, Grayson não tinha nem um ano de idade. Isso seria possível fisicamente?”, lembra dos primeiros pensamentos sobre eles serem irmãos biológicos .

A mãe adotiva contatou a assistente social para descobrir se elas tinham alguma outra informação sobre as mães biológicas dos bebês e a profissional riu da suspeita. A confirmação veio no momento em que Katie ficou frente a frente com a mãe de Hannah. “Quando finalmente fomos apresentadas, soube instantaneamente que estava olhando para a mãe do meu filho”, diz. “Mas, ao mesmo tempo, eu tive que agir de forma completamente normal e não enlouquecer! Ela me deu pequenos insights sobre sua vida que partiram meu coração. Ela era linda assim como meu filho”, relembra.

Katie conta que tem planos da família aumentar. “Nossa aventura continua, porque 13 meses depois que Hannah nasceu, a mãe biológica deu as boas-vindas a outro menino e estamos trabalhando com muita esperança para fazer a adoção em 2019”, finaliza o relato.

Comentários do Facebook
publicidade

Mulher

Mulher descobre noivo no Tinder e cancela casamento 48 horas antes da festa

Publicado

em

Depois de sete anos de namoro, a australiana Tiana – que só teve o primeiro nome revelado -, estava eufórica com a proximidade do tão sonhado casamento. No entanto, o grande dia nunca chegou. Isso porque 48 horas antes da data escolhida para ambos dizerem “sim”, ela terminou o noivado depois que descobriu que seu parceiro a enganava e mantinha um perfil no Tinder.

Leia também: Mulher descobre mensagens de namorado com amante e expõe traição no Twitter


Após descobrir que o noivo tem um perfil no Tinder, a mulher decidiu cancelar o casamento; veja detalhes
shutterstock

Após descobrir que o noivo tem um perfil no Tinder, a mulher decidiu cancelar o casamento; veja detalhes

Ao site “9Honey”, Tiana conta que no  perfil no Tinder , o ex-namorado, Matt, se descrevia como um homem solteiro e à procura de relacionamentos com outras mulheres. A descoberta deixou a australiana arrasada, já que, depois de tantos altos e baixos durante quase uma década, ela não esperava que o rapaz faria algo desse tipo com ela.

Ela afirma que apesar de eles terem tido alguns desentendimentos relacionados a lista de convidados, festa nupcial e local do casamento, nada indicava uma traição – ou tentativa disso.

“Minha melhor amiga Anne me chamou de lado e disse que precisava falar comigo”, detalha Tiana. “O que ela me mostrou me chocou tanto que ainda não consigo acreditar”, conta.

Ela admite que no começo não reconheceu Matt no aplicativo, mas depois de passar por várias fotos, ficou claro que era ele. “A maneira como ele se descreveu foi como se ele fosse um homem jovem e solteiro, em busca de novidade”, diz a mulher.

Sem escolha, ela não via mais motivo de continuar com o


casamento


e precisou cancelar tudo dois dias antes da festa. A responsabilidade de explicar o motivo do término ficou para Matt: “Pedi que todos perguntassem a ele a razão pela qual cancelamos o casamento”. 

Leia mais:  Bebê cabeludo de oito meses chama atenção por seus “fios de comercial de xampu”

Leia também: Pesquisa aponta que a diversão é a principal motivação para a traição

Perfil no Tinder é comum entre pessoas comprometidas


Dá para acreditar que perfil no Tinder entre pessoas comprometidas é mais comum do que se pode imaginar?
shutterstock

Dá para acreditar que perfil no Tinder entre pessoas comprometidas é mais comum do que se pode imaginar?

Casos como o da australiana são mais comuns do que se imagina. Uma pesquisa realizada no Reino Unido em setembro de 2017 revelou as estatísticas dos que admitem usar um aplicativo de namoro enquanto estão em um relacionamento.

A pesquisa ouviu 2.100 pessoas entrevistadas pela empresa britânica de advocacia Slater e Gordon Lawyers, depois que a companhia citou o uso de aplicativos de namoro em processos de divórcio.

Os dados mostraram que 35% dos entrevistados admitiram usar um aplicativo de namoro mesmo estando em um relacionamento, sendo que os homens eram os mais propensos a terem esse tipo de atitude do que as mulheres.

O público masculino citava o tédio, a vida sexual e as discussões como razões para buscar novas aventuras, enquanto as mulheres diziam que a falta de atenção frequente fazia com que elas se interessassem por aplicativos do tipo.

Leia também: Especialista afirma o verão é a época mais propensa para a traição; veja motivo

Quando questionados sobre o que eles fariam se descobrissem que o parceiro ou parceira tem um perfil no Tinder , 74% respondeu que consideraria o divórcio, enquanto 51% afirmou que abandonaria o namorado ou namorada imediatamente. E você, o que faria? Deixe sua opinião nos comentários.

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana