conecte-se conosco


Mulher

Gravidez ajuda contra anorexia: “Toda vez que ela chutava era uma motivação”

Publicado

em

Jade Kyle, 26 anos, da Escócia, descobriu que estava grávida da sua primeira filha em um momento conturbado de sua vida. Pesando cerca de 30 quilos, a jovem enfrentava uma anorexia severa. Em entrevista ao site Daily Mail , Jade fala que a gravidez foi uma motivação para vencer a doença e retomar um rumo saudável para a sua vida.

Leia também: Jovem compartilha luta contra anorexia e inspira nas redes


Gravidez foi o principal motivador para Jade Kyle enfrentar a anorexia severa que lutava contra desde os 14 anos
Reprodução/Daily Mail

Gravidez foi o principal motivador para Jade Kyle enfrentar a anorexia severa que lutava contra desde os 14 anos

“Minha bebê me salvou. Já foi um milagre eu ter conseguido engravidar e toda a vez que ela chutava minha barriga era uma motivação. Eu precisava me manter saudável. Agora quero ensiná-la a amar o próprio corpo”, fala Jade sobre a gravidez no auge da anorexia .

Como a gravidez ajudou na luta contra a anorexia


Jade Kyle conseguiu enfrentar a anorexia, passar pela gravidez sem grandes complicações e ter uma filha saudável
Reprodução/Daily Mail

Jade Kyle conseguiu enfrentar a anorexia, passar pela gravidez sem grandes complicações e ter uma filha saudável

Jade conta que descobriu o distúrbio alimentar aos 14 anos de idade. Na época, ela comia apenas uma maçã ou bebia duas latas de refrigerante por dia. “Eu estava obcecada com comida, até mesmo com água e sopa. Para evitar comer, jogava a comida na minha mochila e a escondia no meu quarto”, relembra. Ela fala que evitava até mesmo escovar os dentes por conta das calorias da pasta dental.

Leia também: Jovem que sofria com anorexia faz relato inspirador sobre transtorno alimentar

Depois de um tempo, a mãe de Jade encontrou moscas no quarto onde ela escondia a comida e a levou até um médico, que a diagnosticou com anorexia nervosa. “Minha menstruação parou e eu estava fadigada constantemente. Não tinha músculos e andava com cadeira de rodas ou com a ajuda da minha mãe, pois estava muito fraca. Os médicos me diziam que eu não poderia engravidar, pois colocaria meu corpo em estado de risco, mas eu nunca me importei com isso”, fala.

Leia mais:  Como deixar o look mais jovem usando color blocking?

Em 2010, Jade sofreu um infarto, consequência da anorexia, e recebeu dos médicos a notícia de que não sobreviveria por mais de uma semana. “Minha mãe ficou perturbada. Então, na semana seguinte, comecei a convencer a todos de que estava comendo, mas um dia acabei deixando cair um dos sachês de açúcar que carregava na bolsa para emergência”, diz. Posteriormente, ela foi internada para tratar da doença e ganhar o peso necessário.

Durante o tratamento, Jade conheceu Callum Scott, seu atual noivo. Eles começaram a planejar ter filhos, apesar de a infertilidade ser frequentemente citada pelos médicos. Surpreendentemente, em 2016, Jade descobriu que estava grávida, o que causou alegria e preocupação.

Leia também: Jovem que chegou a pesar 30kg se torna inspiração na luta contra a anorexia

“Por estar muito magra, fiz exames durante toda a gestação para garantir que meu bebê crescesse de forma adequada. Ter outra vida na minha barriga me estimulou a comer corretamente. Eu sabia que precisava melhorar”, diz.

Assim, a gravidez foi um grande motivador na luta de Jade contra a anorexia. Para garantir o desenvolvimento da criança, ela passou a se alimentar corretamente e cuidar para não ter recaídas. Felizmente, sua filha nasceu saudável e recebeu o nome de Isabella.

Comentários do Facebook
publicidade

Mulher

Mulher descobre noivo no Tinder e cancela casamento 48 horas antes da festa

Publicado

em

Depois de sete anos de namoro, a australiana Tiana – que só teve o primeiro nome revelado -, estava eufórica com a proximidade do tão sonhado casamento. No entanto, o grande dia nunca chegou. Isso porque 48 horas antes da data escolhida para ambos dizerem “sim”, ela terminou o noivado depois que descobriu que seu parceiro a enganava e mantinha um perfil no Tinder.

Leia também: Mulher descobre mensagens de namorado com amante e expõe traição no Twitter


Após descobrir que o noivo tem um perfil no Tinder, a mulher decidiu cancelar o casamento; veja detalhes
shutterstock

Após descobrir que o noivo tem um perfil no Tinder, a mulher decidiu cancelar o casamento; veja detalhes

Ao site “9Honey”, Tiana conta que no  perfil no Tinder , o ex-namorado, Matt, se descrevia como um homem solteiro e à procura de relacionamentos com outras mulheres. A descoberta deixou a australiana arrasada, já que, depois de tantos altos e baixos durante quase uma década, ela não esperava que o rapaz faria algo desse tipo com ela.

Ela afirma que apesar de eles terem tido alguns desentendimentos relacionados a lista de convidados, festa nupcial e local do casamento, nada indicava uma traição – ou tentativa disso.

“Minha melhor amiga Anne me chamou de lado e disse que precisava falar comigo”, detalha Tiana. “O que ela me mostrou me chocou tanto que ainda não consigo acreditar”, conta.

Ela admite que no começo não reconheceu Matt no aplicativo, mas depois de passar por várias fotos, ficou claro que era ele. “A maneira como ele se descreveu foi como se ele fosse um homem jovem e solteiro, em busca de novidade”, diz a mulher.

Sem escolha, ela não via mais motivo de continuar com o


casamento


e precisou cancelar tudo dois dias antes da festa. A responsabilidade de explicar o motivo do término ficou para Matt: “Pedi que todos perguntassem a ele a razão pela qual cancelamos o casamento”. 

Leia mais:  Traição? Mulher morre de câncer e marido revolta família ao casar logo com outra

Leia também: Pesquisa aponta que a diversão é a principal motivação para a traição

Perfil no Tinder é comum entre pessoas comprometidas


Dá para acreditar que perfil no Tinder entre pessoas comprometidas é mais comum do que se pode imaginar?
shutterstock

Dá para acreditar que perfil no Tinder entre pessoas comprometidas é mais comum do que se pode imaginar?

Casos como o da australiana são mais comuns do que se imagina. Uma pesquisa realizada no Reino Unido em setembro de 2017 revelou as estatísticas dos que admitem usar um aplicativo de namoro enquanto estão em um relacionamento.

A pesquisa ouviu 2.100 pessoas entrevistadas pela empresa britânica de advocacia Slater e Gordon Lawyers, depois que a companhia citou o uso de aplicativos de namoro em processos de divórcio.

Os dados mostraram que 35% dos entrevistados admitiram usar um aplicativo de namoro mesmo estando em um relacionamento, sendo que os homens eram os mais propensos a terem esse tipo de atitude do que as mulheres.

O público masculino citava o tédio, a vida sexual e as discussões como razões para buscar novas aventuras, enquanto as mulheres diziam que a falta de atenção frequente fazia com que elas se interessassem por aplicativos do tipo.

Leia também: Especialista afirma o verão é a época mais propensa para a traição; veja motivo

Quando questionados sobre o que eles fariam se descobrissem que o parceiro ou parceira tem um perfil no Tinder , 74% respondeu que consideraria o divórcio, enquanto 51% afirmou que abandonaria o namorado ou namorada imediatamente. E você, o que faria? Deixe sua opinião nos comentários.

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana