conecte-se conosco



Economia

Governo vai enviar à Câmara PEC com sistema de capitalização, diz ministro

Publicado

em

Onyx Lorenzoni arrow-options
Marcello Casal Jr/Agência Brasil – 10.8.2019

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni participa, neste sábado (10), da Marcha para Jesus e pela Família

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse neste sábado (10) que o governo vai enviar “nas próximas semanas” à Câmara dos Deputados proposta de emenda à Constituição (PEC) que institui o modelo de capitalização no sistema previdenciário.

Previdência: quem deve se aposentar antes da aprovação?

A capitalização é um sistema público em que cada trabalhador tem uma conta individual de Previdência. Onyx afirmou que a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, está finalizando a proposta.

“Ali está o grande futuro do Brasil. Não apenas na questão previdenciária, mas preponderantemente como instrumento e alavanca de ampliar a poupança interna e trazer, assim, a libertação do Brasil do capital externo” disse Onyx, antes de participar do evento Marcha para Jesus, que teve a presença do presidente Jair Bolsonaro.

Governo quer reincorporar capitalização ao texto da reforma no Senado

O ministro afirmou ainda que defende a contribuição patronal na capitalização, mas destacou que a equipe econômica ainda está trabalhando na proposta.

“Eu defendo, por exemplo, que tenhamos optativamente ou fundo de capitalização ou poupança individual para a aposentadoria ”, acrescentou. “É a Lei Áurea para o Brasil, na minha visão, do Brasil econômico a PEC da capitalização”.

O sistema de capitalização integrava a proposta de reforma da Previdência enviada pelo governo federal em fevereiro, mas o relator da PEC na Comissão Especial da Câmara, deputado Samuel Moreira (PMDB-SP), retirou esse item do seu parecer.

Comentários do Facebook

Economia

Receita prorroga suspensão de cobranças até 30 de junho

Publicado

em


source
receita
Agência Brasil/Reprodução

A suspensão das cobranças e da apresentação de documentos originais faz parte de um pacote de ações anunciado no fim de março


Os contribuintes que devem ao Fisco ganharam mais um mês para se defenderem. A Receita Federal prorrogou a suspensão das ações de cobrança até 30 de junho. O prazo foi estendido em um mês por causa do agravamento da pandemia do novo coronavírus.

Leia mais: Caixa deu R$ 6,3 bilhões em crédito para microempresas na pandemia

O Fisco também prorrogou , para o dia 30 deste mês, o prazo para que o contribuinte possa apresentar cópias físicas ou digitais de documentos. A exigência de apresentação dos papéis originais entraria em vigor hoje (1º), mas também foi adiada por causa da Covid-19.

A suspensão das cobranças e da apresentação de documentos originais faz parte de um pacote de ações anunciado no fim de março, assim que o governo tomou as primeiras medidas de enfrentamento à pandemia. A medida tem o objetivo de diminuir aglomerações nas unidades da Receita Federal, diminuindo o risco de contágio.

Procedimentos administrativos

Além das cobranças, tiveram a suspensão prorrogada até o dia 30 os seguintes procedimentos administrativos: emissão eletrônica automatizada de aviso de cobrança e intimação para pagamento de tributos, notificação de lançamento da malha fiscal da pessoa física, exclusão de contribuinte de parcelamento por inadimplência, registro de pendência de regularização no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) motivado por ausência de declaração.

O atendimento presencial nas unidades da Receita fica restrito até 30 de junho. O contribuinte deverá agendar previamente as visitas para os seguintes serviços: regularização de CPF; cópia de documentos relativos à Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) e à Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf); parcelamentos e reparcelamentos não disponíveis na internet e emissão de procurações e de protocolos de retificações de pagamento, de CNPJ e de análise e liberação de certidões.

Diligências

Em relação aos documentos, uma instrução normativa estabelece que caberá aos servidores da Receita, durante o período de pandemia, verificar a autenticidade das cópias nos órgãos responsáveis pela emissão de cada documento. Caso seja necessário, o Fisco pode fazer diligências para confirmar a veracidade das informações prestadas.

O contribuinte pode consultar a página da Receita Federal na internet para verificar os canais de atendimento para cada tipo de serviço. Alguns serviços estão disponíveis para entrega de documentos em cópia simples, definidos pelas superintendências de cada jurisdição.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional5 minutos atrás

Frio e pancadas chuvas nesta terça em São Paulo

Fernanda Carvalho/Fotos Publicas 03.08.2018 Previsão do Tempo para São Paulo indica, além de chuva, mais frio para o paulistano neste...

Política6 horas atrás

Brizola Neto (PCdoB) fala sobre pré-candidatura à Prefeitura do Rio

Reprodução/Agência Brasil Brizola Neto vai falar sobre a sua pré-candidatura à Prefeitura do Rio Brizola Neto, pré-candidato à prefeitura pelo...

Política8 horas atrás

TCE/RJ rejeita, por unanimidade, contas de 2019 do governo Witzel

Reprodução Segundo o relatório, durante 2019, o governo do estado não cumpriu o investimento mínimo nas áreas de saúde e...

Estadual8 horas atrás

Moradora que teve lesões permanentes após cair em calçada deve receber indenização

. A vítima perdeu 10% da potência muscular. O Município de Vitória e uma associação foram condenados a indenizar uma...

Estadual8 horas atrás

Medidas protetivas de urgência devem ser prorrogadas até o dia 14 de junho

. Ato Normativo que trata da prorrogação foi disponibilizado no Diário da Justiça. ​Magistradas e magistrados do Poder Judiciário do...

Estadual8 horas atrás

Processo Judicial Eletrônico é implantado nos Juizados Especiais Cíveis da Grande Vitória em junho

. O Ato Normativo nº 75/2020, que trata da implantação do PJe nos JECs, foi assinado pelo presidente do TJES,...

Estadual8 horas atrás

1ª Vara da Violência Doméstica de Vitória disponibiliza jogo da memória educativo

. A brincadeira para educar as crianças já era utilizada nas ações do programa “Maria da Penha Vai” e agora...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!