conecte-se conosco


Economia

Governo tende a enviar proposta única para reforma da Previdência, afirma Onyx

Publicado

em


Onyx Lorenzoni afirmou que governo deve enviar proposta única para a reforma da Previdência
Reprodução/Flickr/Governo de Transição

Onyx Lorenzoni afirmou que governo deve enviar proposta única para a reforma da Previdência

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta sexta-feira (11) que a “tendência” é que o governo apresente uma única proposta de reforma da Previdência, reiterando o desejo de “consertar” o atual sistema e pensar no futuro.

Leia também: O que é a capitalização, que estará na proposta de reforma da Previdência

Sobre a categoria militar na reforma da Previdência , tema amplamente discutido durante a semana após falas de ministros e do vice-presidente, general Hamilton Mourão (PRTB), Onyx disse que o tema “está sendo estudado pelo ministro Paulo Guedes”, que é quem coordena a equipe econômica fo governo. “Nós deveremos ter uma discussão preparatória na segunda-feira para que apresentemos [a proposta] ao presidente Bolsonaro ainda na próxima semana.”

Endossando a ideia incorporada por Paulo Guedes, o ministro-chefe da Casa Civil defendeu que a inclusão dos militares seria um exemplo de “sacrifício” para conseguir a aprovação do projeto, mas afirmou que busca um sistema em que “não se sacrifique ninguém”, complementando que o governo vai apresentar uma reforma que “permita equilíbrio fiscal e seja fraterna”.

Ainda sobre Guedes, Onyx disse que o ministro conduz as discussões sobre a reforma internamente “com muito critério, com muita atenção e muito equilíbrio.” A medida provisória contra fraudes no INSS deve sair na próxima semana, entre segunda e terça-feira, contou o ministro.

Leia também: Mourão contraria ministros e indica que militares serão incluídos na Previdência

Mourão indicou que reforma da Previdência deve incluir militares


Militares podem ser incluídos na reforma da Previdência, indicaram Mourão e Onyx
Alan Santos/PR

Militares podem ser incluídos na reforma da Previdência, indicaram Mourão e Onyx

Em entrevista ao jornal  O Estado de São Paulo , Mourão concordou com o discurso de militares sobre as peculiaridades da carreira, mas disse que a proposta de reforma da Previdência deve aumentar o tempo mínimo de contribuição para os militares, que hoje é de 30 anos, para até 35. Também deve haver mudança na idade a ser atingida, além de adicionar o pagamento de contribuição por parte das pensionistas.

Leia mais:  Desemprego sobe para 12% em janeiro e já atinge 12,7 milhões de brasileiros

“Num primeiro momento, esse aumento vai variar num espaço entre 30 e 35 anos. Seria o novo patamar a ser atingido. E hoje a pensionista não paga nada. Ela passaria a contribuir”, afirmou o general, insistindo que “Os militares vão entrar ainda.”

Leia também: Reforma da Previdência já tem 320 votos, diz Joice Hasselmann

A fala de Onyx complementa a de Mourão, uma vez que o vice-presidente falou em duas propostas para a reforma da Previdência , sendo uma “dura” e outra “soft”. Ao que indica a fala do chefe da Casa Civil, o governo deve analisá-las internamente antes de enviar ao Congresso a entendida como mais adequada.

Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Bolsonaro analisa proposta de aposentadoria para militares nesta quarta-feira

Publicado

em


Bolsonaro desembarcou nesta quarta-feira (20) em Brasília para analisar proposta de aposentadoria dos militares; Mourão participa de reunião
Alan Santos/PR

Bolsonaro desembarcou nesta quarta-feira (20) em Brasília para analisar proposta de aposentadoria dos militares; Mourão participa de reunião


A proposta de reforma para a aposentadoria dos militares está sendo analisada, nesta quarta-feira (20), pelo presidente Jair Bolsonaro. Desde às 10h, ele está reunido, no Palácio da Alvorada, com o vice-presidente, Hamilton Mourão, os comandantes do Exército, da Aeronáutica e da Marinha, além do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva e outros membros da equipe econômica.

Leia também: Previdência deve ser votada na CCJ nos primeiros dias de abril, diz Francischini

A expectativa é que, depois de discutido e aprovado por Bolsonaro, o projeto de aposentadoria dos militares seja encaminhado ainda hoje ao Congresso Nacional, iniciando, assim, a tramitação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

De acordo com Mourão, a reforma da Previdência para os militares já está finalizada. ‘Está tudo ajustado. Ele [o ministro] vai apresentar para o presidente, para o presidente fechar esse pacote. Não tem nada faltando definir da parte do Ministério da Defesa. É só a decisão presidencial agora”, explicou.

No domingo (17), o Bolsonaro havia dito que, até o momento, não tinha conhecimento de nada sobre a  nova Previdência da categoria. “Informo que ainda não me foi apresentado a versão do projeto de lei que trata da Previdência dos militares. Possíveis benefícios, ou sacrifícios, serão divididos entre todos, sem distinção de postos ou graduações. Vamos valorizar e unir a tropa no ideal de melhor servir à Pátria”, escreveu o presidente em suas redes sociais.

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Leia mais:  Juros do cheque especial sobem para 305,7% ao ano em novembro
Continue lendo
Mulher32 minutos atrás

Vai fazer churrasco? Aprenda a limpar a grelha da churrasqueira com facilidade

Fonte: IG Delas Comentários do Facebook Leia mais:  Mercado espera inflação de 4,11% e PIB de 1,5% para 2018, segundo...

Mulher32 minutos atrás

“Siririca molhada”: oficina ensina teoria e prática de ejaculação feminina

Uma, duas, três vezes. Esse foi o tanto que Thiare gozou até sentir um jato de água mais forte saindo...

Nacional42 minutos atrás

Polícia resgata homem que vivia na mata e se alimentava de cães mortos

As autoridades do município de Rosana, no estado de São Paulo, tentam descobrir a identidade do homem SÃO PAULO (SP)...

Mulher50 minutos atrás

As tendências de moda que vão estar em alta no outono/inverno 2019

O verão termina oficialmente nesta quarta-feira (20) e, é claro, que isso só quer dizer uma coisa: é hora de...

Agricultura51 minutos atrás

ALGODÃO/CEPEA: Baixa liquidez se mantém e Indicador cede

Cepea, 20/03/2019 – Os negócios de algodão em pluma continuam em ritmo lento no mercado brasileiro, segundo pesquisadores do Cepea....

Entretenimento1 hora atrás

Ex-BBB tira toalha, exibe corpão e provoca fãs na web; veja vídeo

Jonas, que já teve vídeo íntimo vazado, fez uma surpresa para os seguidores na internet O ex-BBB Jonas Sulzbach, que...

Agricultura1 hora atrás

ARROZ/CEPEA: Produtor se retrai e cotações sobem

Cepea, 20/03/2019 – Os preços do arroz em casca têm registrado leves aumentos no Rio Grande do Sul, devido à...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana