conecte-se conosco


Estadual

Governo e Sedu lançam qualificação para profissionais da Educação e comissão para estudos afro-brasileiros

Publicado

em

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), lança, nesta quarta-feira(20), o Programa de Qualificação dos Profissionais da Educação do Espírito Santo e da Comissão Permanente de Estudos Afro-Brasileiros (Ceafro). A cerimônia acontece às 16h, no Palácio Anchieta, em Vitória.

Com o lançamento da Ceafro na Semana da Consciência Negra, o Governo avança na construção de uma escola sem racismo, com mais igualdade e equidade na Rede Estadual de Ensino. Ao instituir a comissão, a Sedu se propõe a promover estudos e viabilizar ações em consonância com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e as demandas apresentadas pela sociedade civil organizada.

Já o Programa de Qualificação tem como objetivo dar apoio à formação acadêmico-profissional dos professores da Rede Estadual e o fortalecimento do regime de colaboração com a União dos Dirigentes Municipais do ES (Undime), em atendimento às Redes Municipais.

Serviço:
Lançamento do Programa de Qualificação dos Profissionais da Educação do ES e da Comissão Permanente de Estudos Afro-Brasileiros (Ceafro)
Data: 20/11 (quarta-feira)
Horário: 16 horas
Local: Palácio Anchieta (Praça João Clímaco, 142, Centro – Vitória)

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon/ Soraia Camata
(27) 3636-7705 / 7706 / 7707 / 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
[email protected] / [email protected] / [email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook
Leia mais:  Número de apreensões de droga cresce nos aeroportos do Brasil
publicidade

Estadual

Morte de agricultora no ES teria sido planejada por madrasta do marido

Publicado

em

Sula Almeida e a filha dela, Flávia Almeida, foram presas na última quinta-feira. Elas são apontadas pela polícia como responsáveis por encomendar a morte de Thamires Lorençoni

Sula Almeida e a filha Flavia Almeida são suspeitas de tramar morte. Crédito: Fotos: Reprodução Facebook
O assassinato da agricultora de Vargem Alta Thamires Lorençoni não é tratado mais como latrocínio (roubo com morte) pela polícia. A principal suspeita é que o crime foi encomendado pela madrasta do marido de Thamires, Sula Almeida, e pela filha dela, Flávia Almeida. As duas foram presas após a polícia cumprir um mandado de prisão na última quinta-feira (5). A motivação ainda está sendo investigada.

Inicialmente, a morte de Thamires foi divulgada pela polícia como um latrocínio. A vítima e o marido estavam em um caminhão na estrada que dá acesso a Santana, zona rural de Vargem Alta, quando foram abordados por dois homens em um carro, no último sábado (30). Os criminosos chegaram a anunciar um assalto, Thamires tentou fugir e foi atingida por tiros na cabeça e nas costas. Ela foi socorrida para um hospital da região, mas morreu.

Thamires foi assassinada no último sábado (30) em Vargem Alta. Crédito: Arquivo da família

Sula e Flávia foram encaminhadas para o Centro Prisional Feminino de Cachoeiro de Itapemirim. Os suspeitos de atirarem contra Thamires ainda não foram localizados. A reportagem tentou contato com o delegado responsável pelo caso. Até a publicação desta reportagem, ele não havia atendido o telefone. Na sexta-feira, ele informou à reportagem, por telefone, que o caso ainda não foi concluído.

Thamires era casada e tinha três filhos. A missa de sétimo dia aconteceu neste sábado, na Igreja Católica da comunidade de Vila Maria, em Vargem Alta. De acordo com familiares, o crime abalou todo o município. 


(*G1)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Município da Serra (ES) entre as 30 cidades mais violentas do Brasil, segundo o Ipea
Continue lendo
Internacional1 hora atrás

Manifestantes vão às ruas de Hong Kong em ato pró-democracia

arrow-options Reprodução/Twitter Milhares saíram às ruas de Hong Kong Milhares de manifestantes saíram às ruas de Hong Kong neste domingo...

Internacional1 hora atrás

Greta Thunberg diz que índios foram mortos por proteger florestas no Maranhão

arrow-options Reprodução/Instagram Greta Thunberg Greta Thunberg usou Twitter para comentar mortes de índios Guajajara A ativista Greta Thunberg fez uma...

Política2 horas atrás

No país com mais gado do mundo, pobre não pode comer carne, dispara Lula

arrow-options Agência Brasil O ex-presidente Lula foi ao Twitter para questionar a alta no preço da carne bovina No início...

Política2 horas atrás

Carlos Bolsonaro reativa conta no Twitter, após quase um mês fora das redes

arrow-options Caio César/CMRJ Carlos Bolsonaro Após quase um mês fora das redes sociais, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) reativou sua...

Política2 horas atrás

Metade do País avalia combate à corrupção de Bolsonaro como ruim ou péssimo

arrow-options Marcos Corrêa/PR Recuperação lenta da economia tem ajudado a diminuir queda da popularidade de Bolsonaro Metade dos brasileiros avalia...

Política2 horas atrás

Doria discute o novo PSDB com Fernando Henrique Cardoso

arrow-options Reprodução Dupla se encontrou no apartamento de FHC Neste domingo 8, o governador de São Paulo, João Doria, e...

Política2 horas atrás

Moro desiste de mudanças no pacote anticrime no Senado

arrow-options Agência Brasil Sergio Moro quer acelerar tramitação do pacote anticrime O ministro Sergio Moro , da Justiça e Segurança...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana