conecte-se conosco


Economia

Governo bloqueia R$ 2,36 bilhões em despesas do orçamento de 2018

Publicado

em


A cada dois meses, o Ministério do Planejamento apresenta o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas, documento que orienta a execução do Orçamento Geral da União durante o ano
Shutterstock
A cada dois meses, o Ministério do Planejamento apresenta o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas, documento que orienta a execução do Orçamento Geral da União durante o ano

Depois de liberar recursos nos últimos meses, a equipe econômica do governo de Michel Temer decidiu contingenciar R$ 2,36 bilhões em despesas discricionárias do Orçamento Geral da União de 2018. A informação consta no Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas, divulgado na última quinta-feira (22) pelo Ministério do Planejamento.

Leia também: Prévia da inflação de novembro indica menor valor desde 2003, diz IBGE

A cada dois meses, o Planejamento apresenta o relatório, que orienta a execução do orçamento
. O documento contém previsões para a economia, as receitas e as despesas. Dependendo dos números, o governo corta ou libera recursos para cumprir a meta de déficit primário e o teto de gastos federais.

De acordo com o relatório, o corte de R$ 2,36 bilhões é necessário para que o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) cumpra a meta de déficit primário de R$ 159 bilhões estipulada para 2018. O déficit primário
é o resultado negativo das contas do governo antes do pagamento dos juros da dívida pública.

A distribuição dos cortes conforme os ministérios e os demais órgãos federais será definida por um decreto que será editado até o próximo dia 30. Segundo o Planejamento, a queda da previsão de receitas, em ritmo maior que a redução nas projeções de despesas, justificou o contingenciamento adicional.

Receitas


Segundo avaliação do Planejamento sobre o orçamento da União, as maiores reduções nas receitas primárias decorreram da arrecadação observada até outubro, abaixo da estimada originalmente
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Segundo avaliação do Planejamento sobre o orçamento da União, as maiores reduções nas receitas primárias decorreram da arrecadação observada até outubro, abaixo da estimada originalmente

A estimativa para as receitas líquidas em 2018 passou de R$ 1,230 trilhão para R$ 1,226 trilhão, uma queda de R$ 4,47 bilhões. A previsão de despesas obrigatórias caiu R$ 2,111 bilhões, em ritmo inferior ao necessário para compensar a queda na arrecadação. A diferença entre os dois valores (receitas e despesas) equivale ao corte.

Leia mais:  Bancos pagam indenizações de clientes que perderam dinheiro em planos econômicos

Leia também: BC simplifica regras de depósito e injeta R$ 2,7 bilhões na economia

Segundo o Planejamento, as maiores reduções nas receitas primárias decorreram da arrecadação observada até outubro, abaixo da estimada originalmente. Os principais impostos que influenciaram a nova previsão foram o Imposto de Importação (R$ 1,7 bilhão) e o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI, R$ 1,5 bilhão).

A previsão de arrecadação para a Previdência
registrou queda de R$ 788,1 milhões, não só por causa do resultado verificado até outubro, mas também pela revisão nos parâmetros de mercado de trabalho e das mudanças de contabilidade provocadas pelo e-Social, sistema que unifica as informações que os empregadores prestam ao governo.

Também houve uma redução na projeção da receita com exploração de recursos naturais (R$ 898,1 milhões), influenciada principalmente pela queda da produção de petróleo
em agosto e setembro. A previsão de receita de concessões caiu R$ 1,24 bilhão, muito em virtude do adiamento do ingresso da receita de outorga da usina hidrelétrica de Porto Primavera, associada à privatização da Companhia Energética de São Paulo (Cesp).

Despesas


Os gastos previstos no orçamento com abono e seguro desemprego subiram R$ 497,6 milhões; as despesas com as compensações da desoneração da folha de pagamentos aumentaram R$ 198,2 milhões
Getty Images
Os gastos previstos no orçamento com abono e seguro desemprego subiram R$ 497,6 milhões; as despesas com as compensações da desoneração da folha de pagamentos aumentaram R$ 198,2 milhões

Em relação às despesas, as principais quedas ocorreram nos benefícios da Previdência Social, com redução de R$ 1,49 bilhão, e nos gastos com o funcionalismo federal. Estes últimos, alvos das vedações impostas pela lei eleitoral e pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que impediram reajustes nos meses finais de mandato, caíram R$ 752,3 milhões.

Leia também: Economia cresceu 1% entre o segundo e o terceiro trimestre, aponta FGV

Leia mais:  Inovação social e empreendedorismo são aliados em festival na zona sul de SP

Por outro lado, os gastos previstos no orçamento
 com abono e seguro desemprego subiram R$ 497,6 milhões com a inclusão de despesas do Programa Seguro Emprego. As despesas com as compensações da desoneração da folha de pagamentos aumentaram R$ 198,2 milhões, motivadas pelas transferências realizadas até outubro e pelo aumento da massa salarial.

*Com informações da Agência Brasil

Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Veja como garantir frete grátis para suas compras na Black Friday

Publicado

em

source

Uma preocupação para muita gente que costuma ou pretende comprar na Black Friday é o custo do frete. Para a edição 2019 do evento é possível resolver essa questão com antecedência. Isso porque a gigante do varejo  Amazon lançou um programa de assinatura que disponibiliza  frete gratuito e ilimitado para todo o Brasil.

Leia também: Esquenta Black Friday! Dez jogos para PS4 que estão em promoção na Amazon

frete arrow-options
shutterstock

Amazon tem plano de assinatura barato e que conta com frete gratuito e ilimitado

Entre as vantagens do Amazon Prime estão acesso à plataforma de streaming Amazon Prime Video, ao streaming de música Amazon Prime, ao Kindle, com diversos livros e todas as revistas da Editora Abril, e o já mencionado frete gratuito. Tudo pelo valor de R$ 9,90 mensais. Os primeiros 30 dias são grátis para teste do serviço. E a grande sacada está justamente no fato que dentro desse período de 30 dias está a Black Friday , que em 2019 acontece no dia 29 de novembro.

Não há valor mínimo de compras para as entregas gratuitas e, se o comprador for residente de qualquer uma das capitais do Sul e Sudeste, ou do Distrito Federal, a entrega é realizada em até dois dias úteis.

Leia também: Smartphones lideram preferência na Black Friday; veja campeões de venda no País

Com a garantia de frete grátis , fica mais fácil se planejar para comprar na Black Friday 2019.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Brasil tem mais de 208,5 milhões de habitantes, aponta IBGE
Continue lendo
Saúde1 minuto atrás

Saúde lança campanha para prevenir a obesidade infantil

O Ministério da Saúde lançou a campanha 1, 2, 3 e já! Vamos prevenir a obesidade infantil. A ideia é...

Entretenimento1 minuto atrás

Marion visita Júlio e deixa Lola incomodada em “Éramos Seis”

Em “Éramos Seis”, depois de ter descoberto que Júlio (Antonio Calloni) foi internado no hospital por conta das dores de...

Entretenimento1 minuto atrás

“Bom Sucesso”: Quem vai ficar com Mário, Silvana ou Nana?

Nesta sexta-feira (15), vai ao ar mais um capítulo de “Bom Sucesso”, novela da Globo escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm....

Entretenimento1 minuto atrás

Agno será a salvação de Maria da Paz em “A Dona do Pedaço”

Em “A Dona do Pedaço”, os dias de glória de Maria da Paz (Juliana Paes), finalmente, estão para chegar! No...

Regional1 minuto atrás

Motorista de caminhão morre após colisão com carreta na BR 101 Norte

Acidente aconteceu no km 25, em Conceição da Barra, e também envolveu um ônibus O motorista de um caminhão morreu,...

Entretenimento1 minuto atrás

Sofrência brava! Descubra o que toca na playlist de Maiara e Maraisa

A dupla Maiara e Maraisa já tem seu nome consagrado na nova onda do sertanejo, o feminejo . As vozes...

Entretenimento1 minuto atrás

Cantora protesta no Grammy Latino: “No Chile, torturam, estupram e matam”

O Grammy Latino aconteceu na noite da última quinta-feira (14), em Las Vegas, nos Estados Unidos, e um protesto chamou atenção...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana