conecte-se conosco


Economia

GM faz esclarecimentos e afasta possibilidade de deixar o Brasil

Publicado

em

A GM está concluindo o plano de investimento de R$ 13 bilhões no período de 2014 a 2019.
A Montadora negocia condições de viabilidade para o novo e adicional investimento de R$ 10 bilhões no período de 2020 a 2024.

Leia também: O plano da General Motors Mercosul para garantir o futuro do negócio


GM afasta possibilidades de deixar o Brasil
Divulgação
GM afasta possibilidades de deixar o Brasil

Caso as negociações tenham sucesso, a GM
investiria R$ 23 bilhões entre 2014 e 2024 (R$ 13 bilhões de 2014 a 2019 e R$ 10 bilhões de 2020 a 2024). O plano de investimento que está sendo concluído, no total de R$ 13 bilhões de 2014 a 2019, contempla:

Renovação completa da linha de produtos Chevrolet
.

Desenvolvimento de novas tecnologias de eficiência energética dentro do Programa INOVAR Auto. Ressaltando que a GM alcançou neste processo os melhores resultados do programa, com uma média de economia de combustível de 22% na linha, muito superior à média do mercado, que foi de 15,9%.

Leia também: GM terá 11 lançamentos no Brasil em 2019 e aposta nos elétricos

Novas tecnologias de conectividade incluindo a nova geração do sistema multimídia MyLink e o sistema de telemática OnStar
.

Expansões nas fábricas de São Caetano do Sul e de Gravataí.

Ampliação da fábrica de Joinville, que teve a capacidade elevada de 120 mil para 450 mil motores por ano.

Implementação de inovadoras tecnologias de manufatura 4.0 nas fábricas de São Caetano do Sul, Gravataí e Joinville.

Estes investimentos levaram a marca Chevrolet à liderança do mercado, posição que mantém desde outubro de 2015.

Leia também: Revelada a nova geração do Chevrolet Prisma

“Como líderes de mercado, estamos assumindo a responsabilidade de encarar de frente os desafios de competividade que vive a indústria para viabilizar um futuro sustentável aos nossos negócios e o devido retorno aos acionistas. Continuamos trabalhando com os sindicatos, concessionários, fornecedores e governo com o objetivo de viabilizar este novo e adicional investimento de R$ 10 bilhões nas fábricas de São Caetano do Sul e São José dos Campos”, ressalta Carlos Zarlenga, presidente da GM
Mercosul.

Leia mais:  No Dia Mundial das Milhas passagens tem até 15% de desconto

Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Bolsonaro diz que proposta de reforma administrativa está quase pronta

Publicado

em

source
Bolsonaro cochichando no ouvido de Paulo Guedes arrow-options
Antonio Cruz/Agência Brasil

Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes

O presidente Jair Bolsonaro declarou neste domingo que a reforma administrativa que o governo vai enviar ao Congresso está praticamente pronta. Sinalizou também que uma abertura comercial do país será gradual para não quebrar a indústria nacional. Em visita oficial à Índia, Bolsonaro participou, como convidado de honra, das celebrações do Dia da República, que celebra os 70 anos de Constituição da Índia.

Leia também: Uma nova reforma da Previdência será necessária em dez anos

“A Índia está na economia à nossa frente. O que falta para a gente crescer? Onde está o problema? Eu poderia falar, mas não vou falar para não dar manchete aos jornais amanhã”, disse à imprensa.

Mas, pouco depois, acrescentou: “Com essa sinalização da menor taxa de juro no Brasil, melhorando o ambiente para negócios, abrindo um pouco, desburocratizando, desregulamentando, a saída é por aí”.

Ao ser perguntado se poderia seguir a decisão do governo da Índia de reduzir o imposto sobre as companhias, em meio à insatisfação indiana com ”apenas” 5% de crescimento da economia, Bolsonaro citou o ministro Paulo Guedes.

“O Guedes já me disse que se fizer de uma hora para outra ele quebra a indústria nacional. Tem que ser devagar. Impostos não sou eu, governo federal, tem os estados e municípios. Aqui tem muita gente humilde com celular na mão. Porque tem empresas nacionais, e o imposto é muito baixo em cima disso”, afirmou.

E acrescentou: “Temos uma dívida interna monstruosa, uma folha de ativos e inativos muito grande, e não podermos fazer essas coisas de uma hora para outra”.

Leia mais:  Philips demitiu funcionário que denunciou corrupção na empresa

No ano passado, no Fórum Econômico Mundial, o ministro da Economia, Paulo Guedes , prometeu corte pela metade do imposto sobre as empresas, inclusive para atrair mais investimentos e lembrando que os EUA tinham baixado também a taxa.

O presidente destacou que continuará a promover a desburocratização, citando como exemplo a demora de quase seis meses para “desembaraçar” uma moto náutica que vem do exterior.

Reforma administrativa

Bolsonaro foi indagado sobre qual seria a prioridade do governo já que os parlamentares, a partir do segundo semestre, estarão focados nas eleições municipais de outubro. O presidente afirmou que a reforma administrativa está praticamente pronta, “só falta a última palavra do Paulo Guedes”.

“A reforma tributária também é importante. Temos que aproveitar porque a partir de junho tem as eleições municipais”.

Bolsonaro não disse qual projeto de reforma será enviado primeiro, respondendo que ”tanto faz a ordem, o Paulo Guedes decide lá”. Sobre a reforma tributária, limitou-se a dizer que é para simplificação de impostos”.

Leia também: Brasil e Índia se comprometem a dobrar comércio bilateral até 2022

Fontes do governo tem sinalizado que a reforma administrativa que o governo pretende encaminhar ao Congresso será feita em fases, ou seja, composta por Proposta de Emenda Constitucional (PEC), projetos de leis e decretos. A expectativa é de que tudo esteja aprovado e implementado até 2022.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes23 minutos atrás

Handebol do Egito é heptacampeão africano e Brasil vai a Pré-Olímpico

O Egito se sagrou heptacampeão do Campeonato Africano de Handebol Masculino na tarde deste domingo (26) ao derrotar a anfitriã...

Entretenimento1 hora atrás

Saiba quem é o novo namorado de Maraísa

Maraísa deixou recentemente o time de solteiras e o escolhido da irmã de Maiara acabou sendo revelado pela própria cantora...

Entretenimento1 hora atrás

Grazi Massafera almoça com Caio Castro e a filha Sofia em São Paulo

Grazi Massafera juntou Caio Castro e a filha Sofia para um almoço de domingo em São Paulo. O casal estava...

Entretenimento1 hora atrás

Morre o cantor e compositor Tunai, irmão de João Bosco, aos 69 anos

O cantor e compositor Tunai morreu na manhã deste domingo, de causas ainda não confirmadas, em sua casa, no Rio...

Economia1 hora atrás

Bolsonaro diz que proposta de reforma administrativa está quase pronta

arrow-options Antonio Cruz/Agência Brasil Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes O presidente Jair Bolsonaro declarou neste domingo...

Nacional1 hora atrás

Avó morre ao receber notícia do falecimento do neto, após acidente de moto

arrow-options shutterstock Acidente de moto tirou a vida de Leonardo Barbosa, de 18 anos; testemunhas dizem que rapaz perdeu controle...

Nacional2 horas atrás

Por chuvas, nove pessoas morreram e 8 mil estão desabrigadas no Espírito Santo

Em boletim divulgado na manhã deste domingo (26) a Defesa Civil do Espírito Santo atualizou para 8.167 o número de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana