conecte-se conosco



Política

Gilmar Mendes volta a criticar: “28 militares no ministério, colapso da saúde”

Publicado

em


source
Gilmar Mendes
Agência Brasil

Gilmar Mendes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes voltou a se defender e a reafirmar na tarde desta terça-feira (14) a crítica feita no último sábado (11) sobre as Forças Armadas , em que alegou que o “Exército se associou a um genocídio”, em referência ao trabalho de militares no Ministério da Saúde.

“São 28 militares nos cargos da cúpula do ministério, dificuldade de executar o orçamento, colapso portanto do serviço de saúde”, afirmou Gilmar Mendes sobre o contexto de sua crítica. 

Essa nova fala foi feita em uma livre sobre “O Supremo Tribunal Federal nas Três Décadas de Ordem Democrática Pós 88: Conquista e Desafios”, realizada pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). Ela ocorreu após o ministro ter divulgado uma nota, no início desta manhã, em que alega respeitar as Forças Armadas.

“Na verdade, o meu discurso é de defesa da institucionalidade das Forças Armadas, do seu papel, para que eles acabem não se envolvendo nos truques tão normais da política, não se deixem usar”, disse na live.

 “Eu disse que se o intuito, e coloquei na condicional, é neutralizar o Ministério da Saúde para responsabilizar o STF por aquela decisão que foi o que o presidente sempre fala a respeito do fortalecimento dos estados… se de fato se quer isso do ponto de vista político isso é um problema e acaba sendo um ônus para as Forças Armadas, para o Exército, porque eles estão lá inclusive na condição de oficiais da ativa. foi só isso que eu disse. Nada mais”, se defendeu o ministro do STF.

Confira a fala de Gilmar Mendes :

Comentários do Facebook

Política

“Sigo os médicos, não o Bolsonaro”, diz Doria sobre tomar cloroquina

Publicado

em


source
Governador de São Paulo João Doria
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Governador de São Paulo João Doria

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta quarta-feira (12) que não está tomando a cloroquina para combater a Covid-19 . O tucano  testou positivo para a doença e afirmou em entrevista à CNN Brasil que respeita seguirá a ordem de médicos e não do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que defende o uso do medicamento já na fase inicial de contaminação pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

“De jeito nenhum. Só tomo aquilo que os médicos recomendaram, não o que o presidente Bolsonaro recomenda. E os médicos não me recomendam cloroquina. Aliás, o dr. David Uip não me prescreveu nenhum medicamento, apenas o isolamento”, disse o governador.

Apesar da crítica, Doria disse que respeita quem opta por tomar o remédio. “É um medicamento que apenas médicos devem recomendar e com a concordância do paciente. Mas aqui não houve espaço e nem necessidade”, afirmou.

A partir de agora, o governador vai ficar em quarentena e participar de seus compromissos administrativos de maneira remota. “Daqui continuarei a trabalhar, nesse tempo que é o recomendado pela ciência para as pessoas infectadas. Estou assintomático, não tenho dor. Mas vou seguir todas as orientações médicas. E hoje já trabalhei, usando a virtualidade para prosseguir à frente do governo de São Paulo.”

Mais cedo, em entrevista ao Brasil Urgente, o tucano disse que contou que não ficou abalado ao saber que tinha sido infectado pelo novo coronavírus. “Eu não fiquei abalado, eu recebi isso com equilíbrio, com sensatez. Eu procurei, ao receber a informação de que o teste foi positivo, administrar”, contou.

“Foram 15 minutos antes de eu descer para a coletiva de imprensa. Eu recebi uma ligação, uma pessoa pediu que eu saísse da sala porque era urgente, e recebi a notícia de que meu teste estava positivo”, completou.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes26 minutos atrás

Atlético-GO supera Flamengo, que continua sem pontuar no Brasileiro

. O Flamengo continua sem pontuar na atual edição do Campeonato Brasileiro. Após derrota por 1 a 0 para o...

Nacional32 minutos atrás

Casada conhece ‘crush’ no Facebook e acaba espancada dentro do motel no 1º encontro

Autor disse que iria matar ela, a filha e o marido dela, caso não ficasse com ele Uma mulher de...

Política56 minutos atrás

“Sigo os médicos, não o Bolsonaro”, diz Doria sobre tomar cloroquina

Governo do Estado de São Paulo/Divulgação Governador de São Paulo João Doria O governador de São Paulo, João Doria (PSDB),...

Estadual1 hora atrás

Medidas protetivas de urgência devem ser prorrogadas até o dia 23 de agosto

  . Ato Normativo que trata da prorrogação foi disponibilizado no Diário da Justiça desta quarta-feira, 12/08. A Supervisão das...

Regional1 hora atrás

Seguradora deverá indenizar cliente após negar seguro para cobrir reparos em caminhonete

  . O juiz de Águia Branca acolheu apenas o pedido de indenizaçãopor danos materiais, julgando improcedentes os danos morais....

Esportes1 hora atrás

Brasileiro: Atléticos vencem e Botafogo empata na abertura da rodada

  . Em virada fulminante, o Atlético-MG superou o Corinthians por 3 a 2 no Mineirão nesta quarta (12). Quase...

Nacional1 hora atrás

Máscara gigante distribuída para alunos do Amazonas vira meme na web; veja

Reprodução/Twitter Uma aluna mostrou como a máscara ficou no rosto dela Devido ao retorno das aulas presenciais no estado do...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!