conecte-se conosco


Direto de Brasília

Gilmar Mendes é investigado pela Receita por “possíveis fraudes de corrupção”

Publicado

em


Ministro Gilmar Mendes durante sessão extraordinária do Supremo Tribunal Federal (STF)
Rosinei Coutinho/SCO/STF – 13.6.18
Ministro Gilmar Mendes durante sessão extraordinária do Supremo Tribunal Federal (STF)

A Receita Federal abriu procedimento para investigar “possíveus fraudes de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência” envolvendo o minsitro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

Leia também: Juíza rejeita ação popular e mantém filho de Mourão em cargo de confiança no BB

A análise fiscal alcança também a mulher de Gilmar Mendes
, a advogada Guiomar Mendes, e é conduzida pela Equipe Especial de Fraudes da Receita. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (8) pela coluna Radar, da revista Veja
.

Segundo a publicação, o procedimento teve início após um relatório de maio do ano passado apontar variação, no ano de 2015, de R$ 696 mil no patrimônio de Guiomar sem que houvesse explicação para tanto. Esse relatório concluiu que havia ali “indícios de lavagem de dinheiro”.

À coluna da Veja
, Guiomar Mendes
se disse “dominada por profunda perplexidade e indignação” por conta da investigação e assegurou que sua atuação profissional “sempre se pautou pelo respeito às instituições e àqueles que as integram e pela observância aos valores éticos e morais inerentes ao exercício da advocacia”.

“Não bastassem as minhas palavras, coloco à sua disposição as Reuniões de Contas do escritório que me dizem respeito, com a devida relação dos processos em que atuei e respectivos valores recebidos, bem como movimentação bancária e declarações de rendimentos apresentadas junto à Receita Federal
com discriminação detalhada de bens e valores absolutamente compatíveis com os ganhos que obtive”, declarou a advogada.

Leia também: Nove perguntas e respostas para entender a condenação de Lula no caso do sítio

Leia mais:  Uma mulher é vítima de feminicídio a cada 5 dias no Rio de Janeiro

Gilmar também reagiu à abertura do procedimento investigatório. O ministro do STF peticionou à Procuradoria-Geral da República (PGR) e à própria Receita para manifestar seu “estranhamento” e “pronto repúdio” ao que classificou como “abuso de poder por agentes públicos para fins escusos, concretizado por meio de uma estratégia deliberada de ataque reputacional a alvos pré-determinados”.

“Tal estratégia revela-se clara no presente caso, em que ilações desprovidas de qualquer substrato fático são feitas não apenas em relação a minha pessoa, mas em relação a todo o Poder Judiciário nacional”, disse o magistrado.

De acordo com a jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo
, Gilmar Mendes
também cobrou “providências urgentes” do presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli, para apurar a ação dos auditores fiscais que deram início à investigação “sem nenhum fato concreto” a justificá-la. A reportagem do iG solicitou posicionamento à assessoria de Gilmar, mas não obteve retorno até o momento.

Leia também: Lula sabia que era alvo da Lava Jato antes da condução coercitiva, diz Palocci

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Polícia encontra míssil em arsenal de guerra de grupos neonazistas na Itália

Publicado

em

Míssil ar-ar de 800 kg estava junto a fuzis arrow-options
Polizia di Stato/Divulgação
Míssil estava entre os armamentos encontrados pela polícia

A polícia da Itália encontrou nesta segunda-feira (15) um arsenal com armas de guerra, um míssil e fuzis automáticos de última geração pertencentes a movimentos de extrema-direita e neonazistas . Os artefatos foram encontrados em uma operação realizada no norte do país. Três pessoas foram presas.

Um dos detidos é o italiano Fabio Del Bergiolo, de 50 anos, ex-inspetor antifraude e ex-candidato ao Senado, em 2001, pelo partido nacionalista Força Nova. Na casa de Bergiolo, em Varese, na Lombardia, as autoridades encontraram um verdadeiro arsenal de guerra, com armas de proveniência austríaca, alemã e norte-americana.

Os outros dois detidos são Michele Monti e Fabio Amalio Bernardi, proprietários de um hangar em Rivanazzano Terme, onde foi encontrado um míssil ar-ar de 800 kg usado pelas Forças Armadas do Qatar e avaliado em meio milhão de euros.

Leia também: Neonazista que atropelou manifestantes nos EUA recebe nova condenação

A operação, conduzida pelo Serviço Antiterrorismo da Itália e pela Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) de Turim, teve como alvo membros de organizações de extrema-direita e começou a partir de uma investigação sobre combatentes italianos na guerra da Ucrânia.

A polícia vinha investigando dois jovens ligados às legendas Força Nova e Casa Pound, além e grupos de skinheads que promovem o nazismo. Através de seus contatos e ramificações, as autoridades italianas encontraram uma série de movimentos neofascistas e o arsenal de guerra. Eles atuam em várias cidades do norte da Itália, como Turim. 

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
Leia mais:  Tribunal nega recurso deGarotinho, mas ex-governador vai seguir em liberdade
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana