conecte-se conosco



Internacional

Festa supresa de família deixa 18 parentes infectados com a Covid-19

Publicado

em


source
Festa surpresa
Reprodução

Sete pessoas que participaram da festa acabaram infectando parentes ao voltar para casa

Mais um episódio envolvendo diversas infecções por Covid-19 após um evento social ocorreu nos EUA. Depois de 16 pessoas contraírem o vírus ao comemorar o fim da quarentena em um bar , desta vez o caso aconteceu após uma festa surpresa organizada por uma família do Texas e que acabou com 18 parentes testando positivo para a doença.

Em entrevista a rede de TV norte-americana KHOU-TV, Ron Barbosa, que não esteve presente no evento do último dia 30, contou que apenas sete parentes participaram da festa de aniversário de sua nora. Porém, ao retornarem para suas casas, acabaram contaminando as outras 11 com o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Barbosa, que é paramédico voluntário e é casado com uma médica, disse que o casal preferiu não participar do evento por questões de saúde e segurança. Agora, se diz preocupado com os parentes que foram infectados, principalmente com seus pais, que tiveram que ser hospitalizados por causa dos sintomas.

“Quando os primeiros começaram a apresentar os sintomas, nós sabíamos que todos acabariam testando positivo para a doença. Estamos muito preocupados com tudo o que tem acontecido”, afirmou Barbosa.

Ao todo, 25 pessoas estiveram na festa de aniversário que foi promovida por um dos sobrinhos de Ron. Segundo ele, foi exatamente o dono da casa o responsável pelo início da contaminação na família: “ele estava com tosse, mas não associou ao vírus. Achou que era apenas resultado de seu trabalho na construção civil”.

Ainda de acordo com ele, a festa durou poucas horas, mas foi suficiente para infectar boa parte da família: “após o evento, alguns dos participantes acabaram se encontrando em outros lugares, até mesmo para uma partida de golfe. Isso só aumentou a disseminação”.

Segundo Bob, duas crianças pequenas, dois idosos, sua filha Kathy, que está enfrentando um câncer de mama, e seus pais, Frank e Carole, ambos com mais de 80 anos, estão entre os infectados pela Covid-19 . A pior situação é a de sua mãe, que está internada desde o dia 13 de junho e precisou ser encaminhada para a UTI no último dia 17.

Fonte: IG Mundo

Comentários do Facebook

Internacional

OMS: países pobres da América Latina devem ter vacina subsidiada

Publicado

em


.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está trabalhando para que nações latino-americanas vulneráveis recebam uma vacina contra a covid-19 “subsidiada” e a um preço “acessível”, assim que uma imunização estiver disponível, disse a diretora regional da entidade para as Américas, Carissa Etienne.

A América Latina se tornou o epicentro mais recente da pandemia e, na segunda-feira (13), o número de mortes pelo novo coronavírus na região ultrapassou a soma de óbitos nos Estados Unidos (EUA) e no Canadá pela primeira vez desde o início do surto.

Muitas nações latino-americanas têm enfrentado dificuldades em seus sistemas de saúde para lidar com os 3,4 milhões de casos confirmados e as 146 mil mortes por covid-19 na região.

Em entrevista virtual, Carissa disse que a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), escritório regional da OMS sediado em Washington, está trabalhando “para que os países latino-americanos mais vulneráveis da região recebam a vacina contra covid-19 de forma subsidiada e a um preço acessível”.

A corrida global por uma vacina e tratamentos contra o novo coronavírus se transformou em uma batalha entre as nações mais ricas do mundo, algumas das quais estão comprando estoques de remédios ou encomendando suprimentos futuros das vacinas mais promissoras.

Nações latino-americanas com orçamentos pequenos terão dificuldade para competir, disseram especialistas. “Para que serve uma vacina se as pessoas não têm acesso a ela?”, questionou Carissa Etienne.

A Opas tem um mecanismo de cooperação chamado “Fundo Rotatório”, por meio do qual vacinas, seringas e suprimentos relacionados são comprados em nome de seus Estados-membros, independentemente de tamanho ou condições econômicas.

Carissa disse que sua organização está negociando “ativamente” com o Fundo Global de Acesso a Vacinas contra Covid-19, conhecido como Covax, para “obter as melhores condições possíveis para os países da região”.

Ela fez um apelo a essas nações para que participem dos testes clínicos a fim de “acelerar a criação de uma vacina”.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Tecnologia9 minutos atrás

Condomínios digitais: plataformas veem números crescerem durante pandemia

Unsplash/engin akyurt Aplicativos se tornaram tendência entre condôminos O isolamento social imposto pela pandemia de Covid-19 tem digitalizado muitas relações,...

Mulher9 minutos atrás

Horóscopo do dia: previsões para 15 de julho de 2020

Reprodução/Marcelo Dalla Veja a previsão para o seu signo no horóscopo do dia ÁRIES  Você pode desacelerar para desfrutar da...

Internacional39 minutos atrás

OMS: países pobres da América Latina devem ter vacina subsidiada

. A Organização Mundial da Saúde (OMS) está trabalhando para que nações latino-americanas vulneráveis recebam uma vacina contra a covid-19...

Internacional1 hora atrás

Governo dos EUA desiste de medida que barrava estudantes estrangeiros

. O governo dos Estados Unidos (EUA) desistiu, nessa terça-feira (14), de uma tentativa de barrar dezenas de milhares de estudantes...

Saúde1 hora atrás

Fiocruz e Vale investem em sequenciamento do genoma do coronavírus

. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Amazonas e a mineradora Vale, por meio do Instituto Tecnológico Vale (ITV) de...

Economia8 horas atrás

Espírito Santo registra aumento de 30% em renegociação de dívidas

Ofertas de flexibilização para o pagamento, além de facilidades para entrada e prestação a prazo, são alguns dos motivos pelo...

Variedades8 horas atrás

Sem lugar? Confira 6 posições para um sexo gostoso no carro

Sexóloga indica formas de fazer sexo no carro, já que se trata de um local com certa limitação de espaço...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!