conecte-se conosco


Regional

Feira Cultural na aldeia Pau Brasil vai reunir povos Tupinikim e Guarani em Aracruz

Publicado

em

A arte dos povos Tupinikim e Guarani do município de Aracruz estarão juntas na Feira Cultural da aldeia Pau Brasil. O evento acontece no dia 20 de outubro (domingo), a partir das 09h, com apresentações, exposição e venda de artesanatos, comidas típicas, brincadeiras e roda de conversa.

O Objetivo do evento é promover a visibilidade da cultura Tupinikim e Guarani através dos artesanatos, da culinária, dos cantos, da dança, das vestimentas, e das histórias contadas e vividas pelos mais velhos das aldeias. Além do fortalecimento cultural, a feira também é considerada um espaço de diálogo entre dois povos e também um momento para que pessoas de outras culturas possam conhecer de perto a realidade dos povos indígenas de Aracruz.

“A feira é um espaço de fortalecimento dos indígenas Tupinikim e Guarani, onde os mesmos possam trocar experiências entre aldeias, como forma de resistência dos povos. Será também um espaço para que as pessoas não indígenas possam ver um pouquinho a forma dos indígenas viverem e resistir em meio a modernidade e a tecnologia que o mundo oferece” explica Josi Tupinikim, gerente de assuntos indígenas da Prefeitura de Aracruz.

A Feira Cultural Tupinikim e Guarani é uma realização do Grupo de Artesãs e Artesãos e Grupo de Guerreiros e Guerreiras da aldeia Pau Brasil, com apoio da Prefeitura de Aracruz. “Entendemos a importância de fortalecer e valorizar a cultura dos povos Tupinikim e Guarani de Aracruz e queremos manter viva a história do município que, inclusive, é o único do Estado que tem povos indígenas aldeados”, disse o prefeito Jones Cavaglieri.

SERVIÇO:

Feira Cultural Tupinikim e Guarani
Quando: 20 de outubro (domingo), a partir das 09h
Onde: aldeia Pau Brasil, Aracruz – ES (veja no mapa)

Programação:
09h – Abertura e café da manhã coletivo
9h30 – Fala das lideranças
10h – Mostra de vídeos e apresentação Tupinikim
14h – Coral Guarani
15h – Grupo de arqueiros tupinikim da Aldeia Caieiras Velha
16h – Roda de Conversa
17h – Apresentação Grupo de tambores da Aldeia Caieiras Velha junto aos grupos de guerreiros e guerreiras Tupinikim das Aldeias Pau Brasil, Caieiras Velha e Irajá

Comentários do Facebook
Leia mais:  Médica é denunciada por propaganda enganosa em Nova Venécia
publicidade

Regional

Vereadores desistem de aumento de 76% de seus próprios salários em Linhares

Publicado

em

Moradores se mobilizaram em frente ao prédio da Câmara Municipal para se manifestarem contra a proposta de reajuste. Agora, a Câmara da cidade passará a discutir uma nova proposta, que, por sua vez, eleva os salários para R$ 7,9 mil.

Os vereadores de Linhares, no Norte do Espírito Santo, desistiram de levar à frente o Projeto de Lei que aumentava o salário de cada parlamentar de R$ 6.192,00 para mais de R$ 10.900,00, o que representava um reajuste de 76%. Agora, a Câmara da cidade passará a discutir uma nova proposta, que, por sua vez, eleva os salários para R$ 7,9 mil.

Uma nota sobre a desistência do aumento, que já havia sido aprovado pelos vereadores e passaria a valer a partir de 2021, foi enviada à imprensa horas antes das 18h desta segunda-feira (18), quando tem início a sessão ordinária da Câmara. Ainda assim, moradores organizaram um protesto em frente à Casa de Leis para se mobilizar contra a medida.

População reunida em frente à Câmara de Linhares na noite desta segunda-feira (18) — Foto: Reprodução/ TV GazetaPopulação reunida em frente à Câmara de Linhares na noite desta segunda-feira (18) — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Alguns vereadores só conseguiram deixar o local com o auxílio da guardas. Em função disso, a primeira discussão sobre a nova proposta de reajuste, que seria feira durante a sessão, não aconteceu.

Apesar do recuo quanto ao aumento de 76% de seu próprio salário, os vereadores não desistiram de aumentar o número de parlamentares na cidade. Sendo assim, o projeto que elevará a quantidade de legisladores municipais de 13 para 17 a partir da próxima legislatura segue mantido.


(*G1)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Estado cria Comitê para discussão da possível chegada de manchas de óleo à costa
Continue lendo
Política14 minutos atrás

Fux libera novamente caso de Deltan para julgamento no Conselho do MP

arrow-options NELSON JR /STF Essa é a segunda vez que o ministro Luiz Fux muda de posição O ministro Luiz...

Estadual1 hora atrás

Homem que adquiriu forno industrial sem peças necessárias para funcionamento será indenizado

“Na espécie, como já consignado, o requerente teve vários percalços ao tentar resolver um simples problema de produto com defeito,...

Estadual1 hora atrás

Negada indenização a aluna que alegou ter sido suspensa de escola por não ter material didático do ano

O magistrado verificou que a requerente não apresentou nenhum indício de prova dos fatos alegados e limitou-se a argumentar genericamente....

Estadual1 hora atrás

TJES nega pedido de Rio Novo do Sul para liberar área com risco de deslizamento de rochas

Segundo município, há divergência entre os laudos de vistoria. Para relator do processo, é mais prudente a manutenção da medida...

Estadual1 hora atrás

9º Encontro dos Juízes Criminais e de Execuções Penais acontece na próxima segunda-feira, 25

A Lei de Abuso de Autoridade será o tema da palestra de abertura do encontro, com a participação do promotor...

Tecnologia4 horas atrás

Google promove eleição dos melhores apps de 2019; DAZN e Dollify são finalistas

O Google promove uma eleição em sua playstore (loja de aplicativos) para escolher os melhores de 2019. Há diversas categorias...

Saúde6 horas atrás

Brasil reforça vacinação em 16 municípios de fronteira

O Ministério da Saúde deu início à segunda fase da campanha Movimento Vacina Brasil nas Fronteiras. Até o dia 30...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana