conecte-se conosco


Estadual

Família é presa suspeita de usar carne de cachorro para fazer linguiça no ES

Publicado

em

Pai, mãe e filha foram presos acusados de abater animais e comercializar a carne, que era vendida na feira. Polícia recebeu informações de que também faziam linguiça

Após a prisão de pai, mãe e filha, acusados de matar cachorros e vender a carne, em Guarapari, nesta sexta-feira (18), a polícia investiga se eles também faziam linguiças com as carnes dos animais abatidos. “Temos informações de que além da venda, eles também faziam linguiça . Agora, precisamos saber se eles passavam in natura ou se também fabricavam a linguiça”, detalhou o delegado Marcelo Santiago, titular da Delegacia de Infrações Penais e Outras (Dipo) de Guarapari.

A polícia investiga também a participação de mais um suspeito de envolvimento no crime. “Essa família mantinha os animais em casa, fazia a retirada da carne e vendia para uma terceira pessoa que estaria vendendo a carne na feira da região”, explica o delegado.

Maurício Hott Peixoto, Ângela Débora Seraphin Lopes e Ana Carolina Seraphin Hott Peixoto foram presos na sexta-feira (19), em Balneário de Meaípe, em Guarapari. Na casa da família, a polícia encontrou 52 animais, entre cães e gatos, e diversas ossadas de animais mortos. “Eram diversos sacos de ração que estavam cheios de ossos”, contou a tenente da Polícia Militar, Clicia.

Ao ser detida, a família falou para a polícia que eles eram protetores dos animais e por isso tinham tantos gatos e cachorros na residência. “Não acreditamos nessa versão. De longe já tínhamos provas suficientes para saber que se tratava de crime. Além disso, os animais não tinham ração, nem água. As fezes e urinas estavam espalhados por todo lugar”, relatou o delegado.

(*G1)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Dia dos Namorados deve movimentar R$ 1,65 bi no comércio
publicidade

Estadual

Vice-governadora participa de reunião do Fórum Capixaba de Mulheres da Área Tecnológica

Publicado

em

A vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes, participou, nesta terça-feira (19), da 3ª reunião do Fórum Capixaba de Mulheres da Área Tecnológica, realizada no auditório do Conselho Regional de Engenharia Agrônoma (Crea-ES), em Vitória. Com foco no empreendedorismo, o Fórum discutiu a valorização das mulheres no mercado de trabalho, além da luta por equidade salarial e inserção nos mais variados setores da sociedade.

Jaqueline Moraes foi uma das palestrantes do evento. Ela falou sobre sua trajetória de vida e sobre a necessidade de superar os obstáculos. “Nossa vontade de vencer deve ser maior que nossos desafios. As mulheres devem se posicionar, com coragem e disposição, para que tenhamos voz”, afirmou.

Ela também destacou a importância da participação feminina nos espaços de poder. “O baixo interesse das mulheres em participar da política desencadeava a baixa representativa, que reflete as baixas políticas públicas voltadas para as mulheres. E minha visão é que a partir do interesse, nós vamos quebrar esse ciclo. Nós temos que mostrar que queremos participar das decisões, independentemente dos setores”, explicou Jaqueline Moraes.

O objetivo do evento foi fomentar políticas voltadas para o público feminino, bem como estimular a ação integrada com outras instituições representativas, além de enfatizar o Empreendedorismo Feminino no mercado de trabalho, acadêmico e nas esferas de poder.

Inscrição solidária

Os participantes da terceira reunião foram incentivados a participar da ação de doação de livros e brinquedos novos ou usados. Todas as doações serão destinadas às delegacias de Atendimento à Mulher da região Metropolitana de Vitória.

Realização

A reunião foi uma realização do Crea-ES, da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-ES (Mutua-ES) e do Fórum Capixaba de Mulheres da Área Tecnológica. O evento também teve como correalizadores o Grupo Mulheres do Brasil, Conselho Regional de Contabilidade do Espírito Santo (CRC-ES), Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES), Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Espírito Santo (OAB-ES) e Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 13ª Região/ES.

Leia mais:  Tragédia em Linhares: Pastora Juliana é presa novamente

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Vice-Governadoria
Íris Carolina Miguez
(27) 3636-1432 / (27) 98868 184
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Tecnologia3 horas atrás

Google promove eleição dos melhores apps de 2019; DAZN e Dollify são finalistas

O Google promove uma eleição em sua playstore (loja de aplicativos) para escolher os melhores de 2019. Há diversas categorias...

Saúde5 horas atrás

Brasil reforça vacinação em 16 municípios de fronteira

O Ministério da Saúde deu início à segunda fase da campanha Movimento Vacina Brasil nas Fronteiras. Até o dia 30...

Saúde5 horas atrás

Uso inadequado de antibióticos aumenta resistência de bactérias

O uso consciente de antibióticos requer a atuação de diversos atores, que vão desde a população em geral até profissionais...

Estadual6 horas atrás

Vice-governadora participa de reunião do Fórum Capixaba de Mulheres da Área Tecnológica

A vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes, participou, nesta terça-feira (19), da 3ª reunião do Fórum Capixaba de Mulheres da Área...

Entretenimento6 horas atrás

Caio Castro não assume Grazi Massafera por estar pegando outra ao mesmo tempo

Parece que Grazi Massafera não é a única na fila de Caio Castro. De acordo com a colunista Fábia Oliveira,...

Entretenimento6 horas atrás

Em meio a demissões, Celso Portiolli tenta entrar na Globo: “Errei de emissora”

Celso Portiolli publicou em seu Twitter, nesta segunda-feira (18), uma brincadeira que fez com a gafe cometida pelo Carlos Tramontina,...

Entretenimento6 horas atrás

Emma Watson e Tom Felton se paqueravam nos bastidores de Harry Potter, diz ator

Rupert Grint fortaleceu os rumores de que Emma Watson e Tom felton vivem um suposto relacionamento. De acordo com o...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana