conecte-se conosco



Nacional

Fachin determina que governo do Rio justifique operações policiais em favelas

Publicado

em


source

Agência Brasil

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin
Nelson Jr./SCO/STF

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), oficiou hoje (26) o governo do Rio de Janeiro para que apresente, no prazo de cinco dias, as justificativas para a realização de operações em favelas, depois de um aumento recente no número de mortes por intervenção policial no estado .

Fachin determinou que o governo fluminense forneça todas justificativas apresentadas pelas autoridades policiais para realizar ao menos nove operações policiais nos últimos meses.

Ele também ordenou que as autoridades estaduais apresentem os ofícios que detalharam os cuidados tomados na realização das diligências.

Em junho, o ministro concedeu uma liminar (decisão provisória) determinando que, enquanto durar a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), as operações policiais em favelas do Rio de Janeiro sejam realizadas somente em situações excepcionais, devendo para isso ser justificadas por escrito junto ao Ministério Público. A decisão foi confirmada e endurecida pelo plenário do Supremo em agosto.

No despacho desta quinta-feira (26), Fachin determinou ainda que o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) encaminhe ao Supremo, no prazo de cinco dias, o teor das investigações abertas para a apurar todas as mortes decorrentes de intervenções policiais ocorridas desde a concessão da liminar.

A decisão de Fachin ocorre após uma coalizão de partidos e entidades de combate à violência pedirem providências ao Supremo diante do aumento recente no número de mortos por intervenção policial no Rio.

Na petição, são descritas nove operações policiais que ocorreram mesmo com as restrições do Supremo. Numa delas, no complexo da Maré, uma grávida foi baleada e perdeu o bebê .

Segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio de Janeiro, em julho deste ano, houve 50 mortes por i ntervenção de agentes do Estado , uma queda de 74% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Em setembro, foram 52 mortes, queda de 66%. Em outubro, entretanto, o número subiu para 145 mortes, apenas uma a menos do que no mesmo mês em 2019.

Comente Abaixo
São Mateus20 minutos atrás

Covid-19 | Duas mulheres morrem em São Mateus que acumula 138 óbitos

O Município de São Mateus que a partir desta segunda-feira (25) vai estar no ‘risco moderado” no Painel Covid do...

Variedades24 minutos atrás

Restaurante bomba após dono apresentar cardápio ‘sincerão’

O dono de um restaurante chinês em Montreal (Canadá) tem feito sucesso nas redes sociais por ser sincerão. Feigang Fei admite que...

Esportes24 minutos atrás

Vasco derrota o Atlético-MG em São Januário

  O Vasco venceu o Atlético Mineiro pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro por 3 a 2. Os gols vascaínos...

Política24 minutos atrás

Doria acompanha vacinação de quilombolas em cidade que Bolsonaro viveu

Divulgação/Governo do Estado de São Paulo Governador João Doria acompanhou vacinação de quilombolas em Eldorado, cidade em que Bolsonaro viveu...

Mulher24 minutos atrás

Conheça as orações que atraem boa sorte em dobro

Larissa Silva Conheça as orações que atraem boa sorte em dobro A sorte é uma energia que ajuda na realização...

Entretenimento54 minutos atrás

‘BBB 21’: Arcrebiano foi segurança de Marília Mendonça: “Não sabia o nome dele”

Reprodução Arcrebiano já foi segurança de Marília Mendonça Arcrebiano, do ‘BBB 21’, que começa nesta segunda-feira (25), já foi segurança...

Sem categoria58 minutos atrás

Giovanna Antonelli mostra corpaço e seios de biquíni minúsculo

Giovanna Antonelli usou seu Instagram para alegrar seus seguidores. A musa surgiu usando um biquíni minúsculo e, claro, deixou o corpaço à mostra....

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!