conecte-se conosco


Nacional

Ex-ministro da Saúde quer apoio do Centrão para ser presidente da Câmara

Publicado

em


Ex-ministro da Saúde, Ricardo Barros será concorrente de Rodrigo Maia à presidência da Câmara
Elza Fiuza/Agência Brasil
Ex-ministro da Saúde, Ricardo Barros será concorrente de Rodrigo Maia à presidência da Câmara

O ex-ministro da Saúde no governo Michel Temer, Ricardo Barros, pretende ser candidato à presidência da Câmara. Deputado federal reeleito no Paraná pelo Partido Progressista, ele enviou uma mensagem aos seus companheiros do PP pedindo apoio na eleição que acontece no dia 1º de fevereiro, mesma data em que os eleitos para a 56ª legislatura tomam posse.

Leia também: Concorrente de Maia à presidência da Câmara promete colocar reformas em votação

“Bom dia a todos os Progressistas. Quero pedir seu voto para presidente da Câmara dos Deputados. Meus 30 anos de vida pública e a passagem austera e realizadora pelo Ministério da Saúde me animam a esta jornada. Farei minha inscrição como candidato avulso. Deus ilumine esta jornada”, escreveu Ricardo Barros
ao seus companheiros.

O ex-ministro se motivou a lançar a candidatura depois que o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, anunciou apoio à candidatura
de Rodrigo Maia
(DEM). Barros entende que pode ser uma opção do Centrão, grupo de partidos da Câmara que se juntam para conseguir vagas importantes sobre as maiores bancadas.

Leia também: Toffoli nega pedido de Kim Kataguiri para votação aberta em eleição na Câmara

Puxado pela popularidade de Jair Bolsonaro
, o PSL conseguiu a segunda maior bancada da próxima legislatura, com 52 parlamentares, atrás apenas do PT, que elegeu 56 representantes.

Atualmente o PP ocupa o cargo de 2º secretário da Mesa Diretora da Câmara com o deputado André Fufuca, do Maranhão.

Ex-prefeito de Maringá, Barros irá para o seu sexto mandato como deputado federal. Desta vez, porém, ele acredita ter ainda mais fama após ter passado pelo Ministério da Saúde do início do governo Temer até abril de 2018, quando deixou o cargo para concorrer à reeleição.

Leia mais:  Vídeo mostra o exato momento do acidente aéreo no Campo de Marte; assista

Aos poucos, a presidência da Câmara vai ganhando vários candidatos. Além de Rodrigo Maia (DEM) e Ricardo Barros
(PP), já declararam que pretendem concorrer à vaga Kim Kataguiri (DEM), Marcelo Freixo (PSOL), Fábio Ramalho (MDB), João Campos (PRB), Capitão Augusto (PR) e João Henrique Caldas (PSB). A tendência, porém, é que novas alianças sejam feitas e o número de concorrentes ao posto diminua até o dia 1º de fevereiro.

Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Bolsonaro pede “punição severa” a militar preso com cocaína em voo

Publicado

em

Comitiva Bolsonaro
Alan Santos/PR
Militar que foi preso com 39 kg de cocaína em bagagem estava na comitiva oficial de Bolsonaro ao G-20

O presidente Jair Bolsonaro disse na tarde desta quarta-feira que exigiu “investigação imediata e punição severa” ao militar da Aeronáutica preso com 39 quilos de cocaína em um voo que transportava a equipe que dava apoio à comitiva presidencial. Nas redes sociais, o presidente afirmou que o episódio é inaceitável.

Leia também: Celso de Mello cutuca o governo e cita caso de sargento preso com drogas

 “Apesar de não ter relação com minha equipe, o episódio de ontem, ocorrido na Espanha, é inaceitável. Exigi investigação imediata e punição severa ao responsável pelo material entorpecente encontrado no avião da FAB. Não toleraremos tamanho desrespeito ao nosso país!”, escreveu Bolsonaro .

O militar flagrado com cocaína em sua mala, em sevilha, na Espanha, foi identificado como o segundo-sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, o  militar já fez outras viagens no escalão avançado da Presidência da República  .

O militar era comissário do voo que levou à Espanha a equipe do escalão avançado de transporte de apoio à comitiva do presidente Jair Bolsonaro, que embarcou rumo ao Japão na noite de terça-feira para reunião do G20.

A comitiva de apoio à equipe presidencial fez escala em Sevilha antes de seguir para o Japão, onde o chefe do Planalto participará da cúpula de líderes do G20. O avião presidencial faria escala na mesma cidade espanhola antes de seguir para o Japão, mas, após a prisão do militar, seguiu para Portugal.

Apresentado em um tribunal nesta quarta-feira, Silva Rodrigues foi colocado em detenção provisória. Na noite desta terça-feira, Bolsonaro disse, nas redes sociais, que determinou que o Ministério da Defesa colabore com as investigações da Polícia da Espanha.

Leia mais:  Vídeo flagra ‘trem’ de satélites da SpaceX cruzando o céu noturno

O presidente em exercício Hamilton   Mourão   já havia afirmado em entrevista à Rádio Gaúcha, que o militar “vai ter uma punição bem pesada” . Mourão afirmou que as Forças Armadas não estão imunes ao “flagelo da droga” e esta não é a primeira ocorrência do tipo na Marinha, no Exército ou na Aeronáutica.

Leia também: Carlos Bolsonaro ataca Doria nas redes sociais: “Isentão ensaboado”

“Agora a legislação vai cumprir o seu papel, e esse elemento vai ser julgado por tráfico internacional de drogas e vai ter uma punição bem pesada”, declarou Mourão. “Agora o mais importante é ver as conexões que ele poderia ter, porque uma atitude dessa natureza não brotou da cabeça dele. Com certeza existem conexões nisso aí”, concluiu o vice de Bolsonaro .

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional30 minutos atrás

Bolsonaro pede “punição severa” a militar preso com cocaína em voo

Alan Santos/PR Militar que foi preso com 39 kg de cocaína em bagagem estava na comitiva oficial de Bolsonaro ao...

Nacional30 minutos atrás

Lava Jato pede ao TRF-4 aumento da pena de Lula no caso do sítio de Atibaia

Reprodução/Google Maps Sítio de Atibaia atribuído pela Lava Jato a Lula pertence oficialmente a Fernando Bittar, amigo da família do...

Nacional30 minutos atrás

TSE autoriza inquérito de caixa dois contra senador Jaques Wagner

Cynthia Vanzella/Brazil Forum TSE autoriza inquérito de caixa dois contra senador Jaques Wagner O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)...

Nacional30 minutos atrás

Prisão de militar flagrado com cocaína na comitiva de Bolsonaro inspira memes

Internet “Bolsonarcos” um dos memes mais compartilhados nas redes faz alusão à série sobre Pablo Escobar, da Netflix Um sargento...

Nacional30 minutos atrás

Celso de Mello cutuca o governo e cita caso de sargento preso com drogas

Rosinei Coutinho/SCO/STF – 11.4.19 Celso de Mello alfinetou o governo Bolsonaro Em julgamento no Supremo Tribunal Federal ( STF ) que discute...

Nacional30 minutos atrás

Freixo defende Bolsonaro em caso de militar preso com cocaína

Divulgação Deputado da oposição, Marcelo Freixo defendeu Bolsonaro de acusações levianas O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), que integra a oposição...

Esportes31 minutos atrás

E o tornozelo? Neymar vai às festas de Anitta e Vinicius Junior mesmo lesionado

Reprodução / Instagram Neymar apareceu em festa de Anitta Há três semanas, Neymar foi cortado da seleção brasileira e da Copa América porque lesionou o tornozelo direito...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana