conecte-se conosco


Nacional

EUA e Rússia disputam apoio na ONU para resolver situação da Venezuela

Publicado

em


Os EUA pedem que a Venezuela facilite o acesso de ajuda humanitária internacional e realize novas eleições presidenciais
Reprodução/Flickr
Os EUA pedem que a Venezuela facilite o acesso de ajuda humanitária internacional e realize novas eleições presidenciais

Os Estados Unidos apresentaram uma projeto com medidas para resolver a situação na Venezuela ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). Os norte-americanos pedem que o país de Nicolás Maduro facilite o acesso de ajuda humanitária internacional e realize novas eleições presidenciais. Em resposta, a Rússia propôs outra resolução.

Leia também: Trump confirma reunião com Kim Jong-Un para o final de fevereiro

Na última sexta-feira (8), Moscou enviou aos membros do Conselho um “texto alternativo” ao apresentado por Washington, segundo diplomatas. A proposta russa expressaria preocupação com “tentativas de intervenção em questões que estão essencialmente sob jurisdição doméstica” e “ameaças de uso da força contra a integridade territorial e a independência política” da Venezuela
.

O projeto apresentado pelos EUA, ao contrário, expressa “pleno apoio” do Conselho de Segurança à Assembleia Nacional Venezuelana, controlada pela oposição, definindo-a como a “única instituição democraticamente eleita no país”. Manifestando “preocupação com a violência e o uso excessivo da força contra manifestantes pacíficos”, o texto também pede um processo político que conduza a eleições presidenciais “livres, justas e credíveis”.

O projeto norte-americano ressalta a necessidade de evitar uma “deterioração adicional da situação humanitária” na Venezuela, assolada por grave crise econômica
e política, e de facilitar a entrega de ajuda aos que necessitam.


A Rússia, que apoia Nicolás Maduro na Venezuela, deve utilizar seu direito de veto para barrar o projeto dos EUA na ONU
Divulgação/Kremlin
A Rússia, que apoia Nicolás Maduro na Venezuela, deve utilizar seu direito de veto para barrar o projeto dos EUA na ONU

Washington ainda não indicou uma data para que o texto seja votado. Fontes diplomáticas afirmam que a Rússia – que endossa a presidência de  Nicolás Maduro
 e acusa os EUA de apoiarem um golpe de estado no país – utilizará seu direito de veto para barrar a resolução.

Leia mais:  Ministério da Justiça diz que não houve omissão no caso de Jean Wyllys

Para ser aprovada, uma resolução do Conselho de Segurança da ONU precisa de nove votos entre seus 15 membros e não pode ser vetada por nenhum dos cinco integrantes permanentes do grupo: Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China.

Moscou e Washington estão em lados opostos na atual disputa pelo poder na Venezuela. Enquanto os EUA declaram apoio ao presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó
, que se autoproclamou presidente interino em 23 de janeiro, a Rússia segue apoiando Maduro.

Leia também: Esquerda terá que engolir queda de Maduro, diz Ernesto Araújo

Além dos EUA, mais de 40 países já declararam apoio ao oposicionista Guaidó, entre eles Brasil, Alemanha e uma série de outras nações sul-americanas. Maduro ainda conta com o apoio não apenas de Moscou, mas também das Forças Armadas venezuelanas e da China, entre outros aliados.


*Com informações da Agência Brasil e da Deutsche Welle

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Motorista filma homem agredindo mulher dentro de carro de aplicativo

Publicado

em

A vítima estava casada com o agressor há 14 anos e têm uma filha de 12 anos. Ele foi liberado após pagar fiança de R$ 2 mil

Um motorista de aplicativo filmou uma mulher sendo agredida pelo marido dentro de seu carro. O caso aconteceu no Rio de Janeiro. 

Os envolvidos foram encaminhados para a  Delegacia de Atendimento a Mulher (Deam) e o agressor foi liberado após pagar uma fiança de R$ 2 mil. A vítima estava casada com ele há 14 anos e têm uma filha de 12 anos.

Em entrevista à Record TV Rio, a delegada Fernanda Fernandes, da Deam de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, contou que a vítima não quis aceitar medidas protetivas. ”A gente percebeu pelo depoimento da vítima que ela abriu mão das medidas protetivas e que não queria prosseguir com o procedimento e possivelmente por conta disso o delegado acabou arbitrando a fiança. O crime não depende da vítima, então vamos prosseguir com as investigações, ouvir novamente as partes e pedir as cautelas devidas”, disse.

De acordo com a delegada, o que consta no depoimento da vítima é que ela pedia para o marido parar de beber e misturar bebida com energético. ”Isso indica inclusive que outras violências devem ter ocorrido no interior da residência sem registro da vítima. Ele não tem passagens pela polícia. O caso vai prosseguir independente da vontade da vítima. Ela estava muito machucada e ele possivelmente com lesões de defesa”, afirmou a delegada.


(*R7)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Conheça Akihito, o imperador que renunciou após 30 anos de reinado no Japão
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Entretenimento43 minutos atrás

Inocentado em primeira instância, funkeiro passa aniversário na cadeia

Em abril deste ano o carioca DJ Rennan da Penha, um dos maiores personagens do funk atual, foi preso de...

Nacional53 minutos atrás

Motorista filma homem agredindo mulher dentro de carro de aplicativo

A vítima estava casada com o agressor há 14 anos e têm uma filha de 12 anos. Ele foi liberado...

Estadual55 minutos atrás

Nova frente fria pode trazer chuva ao ES

Temperaturas mínimas devem chegar a 14ºC Uma nova frente fria que passa pelo Espírito Santo durante a tarde de terça-feira...

Regional59 minutos atrás

Homem é esfaqueado pela companheira enquanto dormia em Linhares

Motivação para o golpe no ombro não foi esclarecido; homem foi socorrido para um hospital Uma mulher de 46 anos...

São Mateus1 hora atrás

Em 5 horas, São Mateus registra três crimes da Lei Maria da Penha

Em todos os casos, já havia queixas registradas junto à polícia contra os agressores Empurrada na piscina praticamente vazia, golpeada...

Tecnologia2 horas atrás

Olouco meu! Como usar o filtro do Faustão no Instagram

Novos filtros  e adesivos não param de pipocar no Instagram; é uma novidade atrás da outra. A ideia é  deixar...

Nacional2 horas atrás

Congressistas democratas condenam tuítes de Trump e pedem impeachment

arrow-options Flickr/The White House Donald Trump pode sofrer processo de impeachment As quatro congressistas democratas atacadas pelo presidente americano Donald...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana