conecte-se conosco



Internacional

EUA acusam a Rússia de testar armas para destruir satélites

Publicado

em


source
Satélite americano
Reprodução/Nasa

Para os EUA, teste de arma prova que ameaças russas são “reais, sérias e crescentes”

O governo dos Estados Unidos acusou a Rússia de testar um equipamento militar com capacidade para destruir satélites no espaço. A acusação foi feita nesta sexta-feira (24) e os EUA estariam preocupados com os testes russos.

Segundo a agência AFP, a Força Espacial americana teria provas de que Moscou realizou um “teste não destrutivo com uma arma antissatélite” no espaço. Tal teste teria sido realizado no último dia 15, segundo comunicado emitido pelos americanos.

O comunicado da Força Espacial diz ainda que o teste dos russos “é um novo exemplo de que as ameaças contra as instalações espaciais dos Estados Unidos e seus aliados são reais, sérias e crescentes”.

O sistema que foi testado na semana passada já havia sido motivo de alerta da Força Espacial há quatro meses, quando a Rússia se aproximou de um dos satélites americanos. O general Jay Raymond, responsável pela ramificação das forças armadas, disse que os testes são uma “nova prova” dos esforços russos para desenvolver sistemas espaciais.

“Trata-se de uma nova prova dos esforços constantes da Rússia para desenvolver e testar sistemas do espaço, de acordo com a doutrina militar do Kremlin que quer recorrer a armas que mantenham as instalações nos Estados Unidos e seus aliados sob ameaça”, afirmou o general.

Fonte: IG Mundo

Comentários do Facebook

Internacional

Protestos contra monarquia ganham força na Tailândia

Publicado

em


.

Desafiando a monarquia do rei tailandês Maha Vajiralongkorn, milhares de manifestantes marcharam em Bangkok neste domingo (20) para apresentar demandas que incluem um pedido de reformas para restringir poderes do governo.

Os manifestantes ficaram cada vez mais ousados ​​durante os dois meses de manifestações contra o palácio da Tailândia e o sistema dominado pelos militares, quebrando um antigo tabu de criticar a monarquia, o que é ilegal, segundo as leis locais.

O Palácio Real não estava imediatamente disponível para comentar. O rei, que passa grande parte do tempo na Europa, não está na Tailândia.

Os manifestantes foram bloqueados por centenas de policiais desarmados trabalhando em barreiras de controle da multidão.

Os líderes do protesto declararam vitória depois de entregar à polícia uma carta detalhando suas demandas. Phakphong Phongphetra, chefe do Departamento de Polícia Metropolitana, disse que a carta será entregue à delegacia.

Na maior manifestação em anos, dezenas de milhares de manifestantes no sábado apelaram pela reforma da monarquia, bem como pela remoção do primeiro-ministro Prayuth Chan-ocha, um ex-líder da junta, e uma nova Constituição e eleições.

Pouco depois do nascer do sol deste domingo, os manifestantes colocaram uma placa perto do Grande Palácio de Bangkok, na área conhecida como Sanam Luang, ou Royal Field.

Na placa, está escrito: “Neste lugar o povo expressou sua vontade: que este país pertença ao povo e não seja propriedade do monarca, pois ele nos enganou”.

Monarquia é criticada

O porta-voz do governo, Anucha Burapachaisri, disse que a polícia não usaria violência contra os manifestantes e que cabia à polícia determinar e processar qualquer discurso ilegal.

Autoridades tailandesas disseram que criticar a monarquia é inaceitável em um país onde o rei está constitucionalmente “entronizado em uma posição de adoração reverenciada”.

Os protestos, que começaram nos campi universitários, atraíram um número cada vez maior de pessoas mais velhas. Isso inclui os seguidores de camisas vermelhas do populista deposto primeiro-ministro Thaksin Shinawatra.

Os manifestantes dizem que a Constituição dá ao rei muito poder e que foi projetada para permitir que Prayuth mantivesse o poder após as eleições do ano passado. O próximo protesto está marcado para quinta-feira (24).

Comentários do Facebook
Continue lendo
Saúde48 minutos atrás

Saúde atualiza números da pandemia: Brasil tem 363 novos óbitos

. Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, mais 363 pessoas morreram por causa da covid-19 no Brasil neste...

Saúde2 horas atrás

Estado de SP atinge marca de 935.300 casos confirmados de covid-19

. O governo estadual de São Paulo atualizou para 935.300 o total de casos confirmados de covid-19, na tarde deste...

Entretenimento3 horas atrás

Reynaldo Gianecchini revela estar há quase 6 meses em quarentena radical

A influenciadora Naná Karabachian entrevistou o ator em uma live em seu canal do Youtube e, entre outras coisas, falaram...

Nacional4 horas atrás

Pedagoga leva soco em abordagem policial: “fui chamada de preta, de vagabunda”

Rerodução Vídeo mostra momento em que Eliane foi derrubada e recebeu soco no rosto A pedagoga Eliane Espírito Santo, de...

Entretenimento4 horas atrás

Irmã de Whindersson diz ser bi ‘às vezes’ em stories: “Minha mãe não vai gostar”

Irmã de Whindersson Nunes, Hagda Kerolayne tirou dúvidas dos seguidores em um jogo de perguntas pelos stories do Instagram e ao...

Mulher4 horas atrás

Como clarear unhas amareladas pelo esmalte?

Clarear unhas amareladas é um desejo comum de muitas pessoas. Um dos motivos que fazem com que a unha adquira...

Entretenimento4 horas atrás

‘Parte da mídia se comporta como um partido político derrotado’, diz Lacombe

NOSSO ENTREVISTADO de hoje é o jornalista Luís Ernesto Lacombe, o novo contratado da RedeTV!, que se preparava para estrear...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!