conecte-se conosco


Educação

Estudantes poderão renegociar dívida do Fies a partir de 29 de abril

Publicado

em

Estudantes que têm dívidas com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) poderão solicitar a renegociação dos valores devidos entre os dias 29 de abril a 29 de julho. O prazo foi divulgado hoje (3), em portaria do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia do Ministério da Educação (MEC) responsável pel execução do programa. 

As regras para a renegociação foram divulgadas no ano passado. Podem ser renegociados os contratos com atraso no pagamento de pelo menos 90 dias e que ainda estiverem no período de amortização e não tenham sido alvo de ação judicial pelo agente financeiro. A medida vale para os contratos de financiamentos concedidos até o segundo semestre de 2017.

Os contratantes do Fies terão duas opções: o reparcelamento, que permite estender o prazo de pagamento da dívida para até 48 parcelas mensais, além de incluir os estudantes com contratos mais antigos na campanha de renegociação; e o reescalonamento, que possibilita diluir os valores em atraso nas parcelas a vencer.

Para isso, deverá ser paga uma parcela de entrada, em espécie, correspondente ao maior valor entre 10% do valor consolidado da dívida vencida e R$ 1 mil. O valor da parcela mensal de amortização resultante da renegociação não poderá ser inferior a R$ 200, mesmo que implique a redução do prazo remanescente contratual.

O estudante financiado interessado em renegociar a dívida com o Fies deverá apresentar-se na agência bancária onde firmou o contrato, com um ou mais fiadores, cuja renda não poderá ser menor do que o dobro do valor da nova prestação calculada, respeitando o tipo de garantia contratada.

Fies

O Fies oferece financiamento para cobrir os custos das mensalidades de instituições privadas de ensino superior. O programa foi reformulado em 2017 e, a partir de 2018, passou a ofertar financiamentos em duas modalidades. A primeira é financiamento com juro zero para os estudantes que tiverem renda per capita mensal familiar até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o limite de renda.

A segunda é a denominada P-Fies, destinada aos estudantes com renda per capita mensal familiar até cinco salários mínimos. A modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais e de Desenvolvimento e com recursos dos bancos privados participantes.

Neste ano, o Fies oferece 100 mil vagas na modalidade juro zero e 450 mil na modalidade P-Fies, de acordo com o MEC.


(*Agência Brasil)

Comentários do Facebook
Leia mais:  MEC divulga regras para ocupação de vagas remanescentes do Fies
publicidade

Educação

Abertas inscrições para o Fies do segundo semestre de 2019

Publicado

em

Estão abertas as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2019 a partir desta terça-feira (25). As inscrições poderão ser feitas pelo site do programa até 1º de julho

O programa é responsável por conceder financiamento a estudantes em cursos superiores de instituições privadas com avaliação positiva pelo Ministério da Educação (MEC). Aqueles que fizeram qualquer uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos e nota maior que zero na redação, podem se cadastrar.

Novo Fies

As modalidades do novo Fies variam de acordo com a renda familiar do candidato. A modalidade de juro zero é para candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários-mínimos. Nesse caso, o aluno começará a pagar as prestações respeitando seu limite de renda.

Já a modalidade P-Fies é para candidatos com renda familiar per capita entre três e cinco salários-mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito que pode ser um banco privado ou Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.

O resultado da pré-seleção referente ao processo seletivo do segundo semestre de 2019 para as modalidades Fies e P-Fies será divulgado no dia 9 de julho.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Polícia Federal poderá investigar boato sobre cancelamento do Enem
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Economia1 minuto atrás

CPI ouve Joaquim Levy sobre caixa-preta do BNDES nos governos do PT

Antonio Cruz/Agência Brasil CPI ouve Joaquim Levy nesta quarta-feira sobre caixa-preta do BNDES nos governos petistas A Comissão Parlamentar de...

Economia1 minuto atrás

Caixa levanta R$ 7,3 bilhões com venda de ações da Petrobras

Valter Campanato/Agência Brasil – 7.1.19 Decisão de se desfazer de papéis da Petrobras reflete a estratégia da Caixa de reduzir...

Economia1 minuto atrás

Comissão especial busca encerrar debates sobre Previdência hoje; assista ao vivo

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados – 26.06.19 Comissão especial busca encerrar debates sobre a reforma da Previdência ainda hoje; é a...

Nacional1 minuto atrás

Altas temperaturas deixam cidades da Europa em alerta vermelho

Pixabay Temperaturas devem atingir a marca dos 40° nos próximos dias em algumas cidades da Europa As altas temperaturas esperadas...

Nacional1 minuto atrás

Jovem leva 23 perfurações pelo corpo após separação e fica em coma induzido

FACEBOOK / REPRODUÇÃO Andrielly foi internada com ferimentos graves Uma jovem de 20 anos está em coma induzido no Hospital...

Nacional1 minuto atrás

Idoso ganha carro em sorteio, passa mal e morre em cima do palco; assista

Reprodução José Antônio, de 68 anos foi encaminhado ao Pronto Atendimento Municipal, mas não resistiu Um caso trágico ocorreu durante...

Nacional1 minuto atrás

MBL organiza ato em apoio ao ministro Sergio Moro no próximo domingo

Reprodução MBL e Vem Pra Rua organizam ato a favor de Sergio Moro no próximo domingo Fragilizado após vazamentos que...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana