conecte-se conosco


Economia

Estimativa para a inflação cai pela quarta vez seguida e chega a 3,87%

Publicado

em


A primeira edição do relatório Focus em 2019 estimava inflação de 4,01% – 0,14 ponto acima do que prevê hoje
Shutterstock

A primeira edição do relatório Focus em 2019 estimava inflação de 4,01% – 0,14 ponto acima do que prevê hoje

Analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC) reduziram pela quarta vez seguida a previsão para a inflação neste ano. De acordo com o boletim Focus publicado nesta segunda-feira (11), a estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou, desta vez, de 3,94% para 3,87%.

Leia também: Puxada por alimentos, inflação oficial fecha janeiro em 0,32%

A projeção está dentro da meta de 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%, estipulada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para este ano. No início deste ano, a primeira edição do relatório Focus estimava inflação de 4,01% – 0,14 ponto percentual acima do que prevê hoje.

O boletim também divulgou as expectativas para os próximos anos. Para 2020, 2021 e 2022, a previsão para o IPCA segue a mesma da semana passada: 4%, 3,75% e 3,75%, respectivamente. As estimativas para os dois anos que vêm estão no centro da meta estipulada pelo CMN e também têm tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. A meta de inflação para 2022, porém, ainda não foi definida.

Taxa Selic


Os analistas financeiros estimam que a Selic deve permanecer em 6,5%, seu mínimo histórico, até o fim de 2019
Thinkstock/Getty Images

Os analistas financeiros estimam que a Selic deve permanecer em 6,5%, seu mínimo histórico, até o fim de 2019

O mercado financeiro também divulgou suas projeções para a taxa Selic , o principal instrumento utilizado pelo Banco Central para controlar a inflação. Os analistas estimam que a Selic deve permanecer em 6,5% ao ano, seu mínimo histórico, até o fim de 2019. Para o final de 2020, 2021 e 2022, a estimativa é de 8% ao ano.

Leia também: Na primeira reunião de 2019, Banco Central mantém Selic em 6,5% ao ano

Leia mais:  No limite do orçamento: Governo anuncia corte de mil servidores DT's em 2017

A Selic, que serve de referência para os demais juros da economia, é a taxa média cobrada nas negociações com títulos emitidos pelo Tesouro Nacional registradas diariamente no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic). A manutenção da Selic, como prevê o mercado financeiro neste ano, indica que o Copom (Conselho de Política Monetária) considera as alterações anteriores nos juros básicos suficientes para chegar à meta de inflação.

Ao reduzir os juros básicos, a tendência é diminuir os custos do crédito e incentivar a produção e o consumo. Para cortar a Selic, o BC precisa estar seguro de que os preços estão sob controle e não correm risco de ficar acima da meta de inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços, uma vez que juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

PIB e câmbio


Segundo os analistas consultados pelo BC, a cotação do dólar deve fechar 2019 em R$ 3,70 e 2020 em R$ 3,75
Reprodução/Pixabay

Segundo os analistas consultados pelo BC, a cotação do dólar deve fechar 2019 em R$ 3,70 e 2020 em R$ 3,75

Leia também: Tabela do frete e aumento do diesel tiraram R$ 20,3 bilhões do PIB em 2018

Tanto a projeção para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) quanto a da cotação do dólar frente ao real permaneceram iguais às da semana passada. Para este e os próximos três anos, a economia brasileira deve crescer 2,50%. A moeda norte-americana, por sua vez, deve fechar 2019 em R$ 3,70 e 2020 em R$ 3,75.


*Com informações da Agência Brasil

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
publicidade

Economia

AGU tenta recuperar mais de R$ 2 bilhões em fraudes no INSS

Publicado

em


Previdência
Agência Brasil

AGU tenta recuperar mais de R$ 2 bilhões em fraudes no INSS

A Advocacia-Geral da União (AGU) está cobrando na Justiça o pagamento de R$ 2,1 bilhões em 659 ações movidas somente nos últimos três anos em defesa de autarquias e fundações prejudicadas por atos de improbidade administrativa. Cerca de 80% das ações dizem respeito a casos de fraudes previdenciárias e utilização indevida de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Leia também: Operação contra fraudes em benefícios do INSS é realizada no Rio de Janeiro

“No INSS , a gente vê uma série de situações, que vão desde a falsificação de documentos para obter benefícios até a utilização de dublês para participar das perícias médicas em nome dos reais requerentes daqueles benefícios”, conta o procurador federal Rafael Nogueira, coordenador da Equipe de Trabalho Remoto de Ações de Improbidade Administrativa da Procuradoria-Geral Federal (ETR-Probidade/PGF).

Desde que a equipe de sete procuradores foi criada, em 2016, ajuíza em média mais de 200 ações por ano. Somente em casos envolvendo o FNDE , a AGU obteve até o momento 67 liminares para bloquear R$ 229,3 milhões em bens dos acusados.

Em uma dessas atuações, a equipe obteve junto à Justiça Federal em Alagoas a condenação de ex-prefeito de Barra de São Miguel (AL) a ressarcir os cofres públicos em R$ 209,6 mil. O gestor não prestou contas de quase 60% da verba recebida do FNDE para investir na compra de merenda escolar.

“Não havia uma demonstração clara de que o volume contratado de insumos para a merenda escolar havia sido o recebido. Também não havia uma correspondência entre as marcas que foram oferecidas na proposta vencedora e aquelas que foram constatadas lá na escola. E eram produtos de primeira necessidade, como macarrão, açúcar, sal, fubá”, explica o procurador federal Alessander Jannucci, que atuou no caso.

Leia mais:  Leilão de aeroportos trará R$ 3,5 bilhões e maior empregabilidade, diz Bolsonaro

Leia também: Bolsonaro assina medida provisória para fazer pente-fino em benefícios do INSS

Para o coordenador da ETR-Probidade, Rafael Nogueira, o melhor jeito de combater a corrupção é evitar que ela aconteça. Por isso, o procurador federal destaca que a atuação da AGU não só auxilia a recuperar recursos utilizados indevidamente, mas a melhorar controles internos das entidades públicas e prevenir irregularidades.

“Com os padrões que a gente coloca, a partir dos casos que nos são enviados, nós conseguimos dar para as entidades, principalmente aquelas que têm mais ações, parâmetros para que eles aprimorem a prevenção”, conclui.

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Continue lendo
Direto de Brasília2 minutos atrás

Salles nomeia militares para acabar com “arcabouço ideológico” no Ministério

Jorge William/Agência O Globo O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não comentou nomeação de militares Seguindo orientação do presidente...

Direto de Brasília2 minutos atrás

Alan García deixou carta de despedida onde nega subornos e diz que cumpriu dever

Alexandre Moreira/Brazil Photo Press/Agencia O Globo Alan García deixou carta de despedida onde nega subornos e diz que cumpriu sua...

Direto de Brasília2 minutos atrás

Explosão em casas deixa dois mortos e três feridos em Pernambuco

Reprodução/TV Globo A explosão atingiu três casas em Camaragibe e duas delas foram completamente destruídas Um vazamento de gás provocou...

Direto de Brasília2 minutos atrás

Acidente com ônibus que ia para enterro de ex-presidente do Peru deixa 8 mortos

Reprodução Acidente com ônibus que ia para enterro do ex-presidente do Peru deixou vários mortos e feridos Pelo menos oito...

Mulher2 horas atrás

‘Tinja o cabelo’: aluna de medicina faz lista com vezes que sofreu com machismo

Se você é mulher, certamente já ouviu frases como “Isso não é coisa de menina” ou “Você precisa se comportar...

Entretenimento2 horas atrás

Túlio Gadelha faz trocadilho e se derrete por Fátima Bernardes

Curtindo uma folga do “Encontro”, Fátima Bernardes está aproveitando s sexta-feira (19) ao lado de seu namorado, Túlio Gadêlha. Em...

Entretenimento2 horas atrás

Mulher que inspirou “Invocação do Mal” morre ao 92 anos

Na noite de quinta (18) para sexta-feira (19) Lorraine Warren, investigadora paranormal que inspirou a franquia de filmes “Invocação do...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana