conecte-se conosco



Agricultura

Estão disponíveis as agromensais de março/2020

Publicado

em

.

Cepea, 08/04/2020 – Neste mês, confira:

AÇÚCAR: O Indicador do Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ (estado de São Paulo) acumulou baixa de 6,50% em março, fechando a R$ 75,64/saca de 50 kg no dia 31. Leia mais.

ALGODÃO: Os valores internacionais do algodão foram pressionados de forma expressiva em março. Leia mais.

ARROZ: Durante praticamente todo o mês, os preços do arroz em casca operaram acima dos R$ 49,00/sc – patamar significativamente alto para este período de colheita. Leia mais.

BOI: Em meio a tantas incertezas relacionadas ao operacional da cadeia e ao comportamento da demanda – seja interna ou externa –, para curto e médio prazos, o mercado pecuário esteve instável no correr de março. Leia mais.

CAFÉ: Os preços do café arábica avançaram em março, impulsionados pelas altas dos valores externos da variedade e do dólar, além da maior demanda e da retração vendedora. Leia mais.
 

ETANOL: O cenário de incertezas ao longo do mês – devido ao avanço da pandemia de coronavírus e das consequentes medidas adotadas pelo governo de restrição na mobilidade – diminuiu a demanda por etanol. Leia mais. 

 
FRANGO: Em março, o mercado de frango registrou fortes demandas externa e doméstica por carne. Leia mais.

MILHO: As cotações de milho continuaram subindo em março, devido ao maior interesse de compradores e à forte retração vendedora. Leia mais.
 

OVINOS: As negociações tanto do cordeiro vivo quanto da carcaça estiveram limitadas em março, devido ao avanço da pandemia de covid-19 no Brasil, que gerou fortes incertezas quanto ao andamento da economia mundial. Leia mais.

SOJA: Mesmo com a finalização da colheita de soja em muitas regiões brasileiras, a disputa entre compradores domésticos e externos esteve mais acirrada no mês de março, cenário que elevou com força os preços de soja no País. Leia mais.

 
TRIGO: Os preços do trigo estão em movimento de alta desde outubro do ano passado, influenciados pelo dólar elevado, por dificuldades na importação e, mais recentemente, pela firme demanda interna. Leia mais.

Fonte: CEPEA

Comentários do Facebook

Agricultura

Pecuaristas usam ultrassonografia para selecionar animais de alto padrão e avaliar a qualidade da carne em MT

Publicado

em


.
Para avaliar a produção bovina, qualidade da carne e identificar os animais elite, o Eng Agrônomo e pecuarista Raul Almeida Moraes Neto, recorreu a tecnologia de avaliação de carcaças em animais vivos, por meio de ultrassonografia bovina, com o propósito de acompanhar a evolução do rebanho da raça Araguaia, criado no interior de Mato Grosso, na fazenda Santa Rita, em Torixoréu, a 550 km de Cuiabá.

A raça de gado de corte, Araguaia, apresenta grande capacidade produtiva e reprodutiva, foi desenvolvida pelo pecuarista e tem o acompanhamento do geneticista, Gismar Silva Vieira e agrega características genéticas de três origens, sendo a fusão entre a francesa blond d’aquitaine, a indiana nelore e a brasileira caracu. O parceiro e sócio-proprietário da Origem Premium, Alexander Estermann ressalta, que a meta é multiplicar os animais mais produtivos e com aptidão para carnes especiais, com qualidade superior.

“Essa técnica do ultrassom, permite acelerar a seleção de animais com maior rendimento de carcaças, melhor rendimento frigorífico e mais aderência aos parâmetros de maciez e de baixo teor de gordura que caracterizam os produtos da Origem Premium”.

O exame é de aplicação no melhoramento genético e indica as dimensões da área de olho de lombo (AOL), de gordura intramuscular da carne e maciez. A ultrassonografia de carcaça permite selecionar animais com alto potencial produtivo e de carne mais macia ao fornecer um levantamento detalhado, sobre as características do rebanho.

“A técnica de ultrassonografia de carcaça é uma tecnologia não nociva, o ultrassom é passado entre as duas últimas costelas, sendo a técnica mais atual. Com esse recurso, a gente consegue prever como o animal vai ser no abate. Identificamos àqueles que produzem maior volume de carne na carcaça e com maior ou menor teor de gordura e maciez e antes, isso só seria possível determinar após o abate. Desse modo, encurtamos e potencializamos o caminho do melhoramento genético, apuramos a quantidade e a qualidade de carne que o bovino vai deixar na indústria frigorífica”, explica o zootecnista, Caio Zacarias.

A 17 anos na criação da raça Araguaia, o pecuarista adotou pela primeira vez a tecnologia para avaliação de carcaças. Com base nos exames de imagem, o criador poderá verificar o desempenho individual dos animais, e determinar por meio do mapeamento genético a classificação de touros, matrizes de maior rendimento e qualidade que possam fornecer carnes no padrão premium.

“Com essa avaliação eu consigo apurar se o animal é mais produtivo, se produz mais carne ou não. Outro resultado é com relação a marmoreio, nós queremos uma carne com menor teor de gordura intramuscular, low fat, e que ofereça uma carne mais macia. Iremos separar os animais mais produtivos e com essas informações, ofertaremos no mercado uma genética superior em produtividade, e uma carne com baixo teor de gordura, mas com extrema maciez. Os melhores animais, multiplicaremos por meio de transferências de embriões, para atender o nosso programa de carne Origem Prêmium/ Raça Araguaia”, avalia o pecuarista.

De acordo com o especialista, os exames apresentaram índices expressivos quanto aos padrões de maciez e baixo teor de gordura. “Os resultados apontaram que os animais apresentam um diferencial, produzem muita carne e baixo teor de gordura, características de carne mais saudável, que classificamos como light”, avalia Zacarias.

As coletas dos exames de maciez da carne serão processados e analisados em laboratório especializado nos EUA , trata-se de uma ferramenta inovadora para aplicação no melhoramento genético dos rebanhos.

 

Assessoria de Imprensa

Comentários do Facebook
Continue lendo
Agricultura6 minutos atrás

Pecuaristas usam ultrassonografia para selecionar animais de alto padrão e avaliar a qualidade da carne em MT

. Para avaliar a produção bovina, qualidade da carne e identificar os animais elite, o Eng Agrônomo e pecuarista Raul...

Economia11 minutos atrás

Dólar fecha em  R$ 5,08, menor nível em dez semanas

MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL Dólar tem menor valor em 10 semanas Em mais um dia de alívio nos mercados internacionais,...

Esportes11 minutos atrás

Fórmula 1: GP Brasil aguarda nova data após confirmação de 8 etapas

. Apesar de ainda não ter data confirmada, o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 deve fazer parte das...

Internacional36 minutos atrás

Madeleine McCann: pedófilo alemão identificado como novo suspeito

Reprodução Madeleine desapareceu em 2007 em uma cidade de Portugal Detetives que investigam o desaparecimento de Madeleine McCann estão convencidos...

Política46 minutos atrás

Secom ataca jornal que divulgou anúncios do governo em sites de Fake News

Agência Brasil Chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten Secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten negou, na noite desta...

Nacional51 minutos atrás

Governo de SP repassará respiradores à cidade de Guarulhos

Reprodução Guarulhos atingiu 100% de sua capacidade de atendimento em unidades de terapia intensiva (UTI) O governo do estado de...

Estadual56 minutos atrás

Idaf prorroga prazos de processos administrativos até final de agosto

. Em virtude da pandemia do novo Coronavírus, o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) criou uma nova...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!