conecte-se conosco


Mulher

Especialista afirma o verão é a época mais propensa para a traição; veja motivos

Publicado

em

O verão é aquela época do ano em que as pessoas costumam sair mais para se divertir, flertar e, segundo a especialista em relacionamentos Louanne Ward, trair. Isso mesmo, Louanne afirma que os meses mais quentes são os mais propensos para a traição.

Leia também: Pesquisa aponta que a diversão é a principal motivação para as pessoas trairem


Alguns fatores fazem com que o verão seja a época do ano mais propícia para que as pessoas cometam a traição
shutterstock

Alguns fatores fazem com que o verão seja a época do ano mais propícia para que as pessoas cometam a traição

Em entrevista ao Daily Mail,  Louanne conta que os meses de calor são os mais movimentados no seu trabalho, tanto com pessoas em busca de amor quanto outras relatando casos de traição . A especialista em relacionamento fala que, no geral, são diversos os motivos que podem levar alguém a trair, mas, quando falamos do verão, alguns fatores específicos podem favorecer o adultério. 

Entre esses fatores, está o fato de que a serotonina aumenta e, consequentemente, a confiança e o sentimento de liberdade. Além disso, as pessoas usam menos roupa e há uma tensão sexual rolando no ar.

Leia também: o que é considerado infidelidade para os casais? Estudo responde

Traição é mais comum no verão


Alguns fatores associados ao verão podem fazer a libido aumentar e, consequentemente, aumentar o desejo de traição
shutterstock

Alguns fatores associados ao verão podem fazer a libido aumentar e, consequentemente, aumentar o desejo de traição

Louanne listou e detalhou os principais motivos que fazem o verão ser uma época mais propensa para trair. Veja quais são eles:

  • Aumento de seratonina

De acordo com Louanne, o verão costuma aumentar a libido das pessoas e o principal motivo pelo qual isso acontece é que provavelmente se passa mais tempo exposto ao sol durante o verão. Ela explica que a luz solar tem uma ligação direta com a serotonina, um neurotransmissor associado ao prazer. “A medida que a serotonina é liberada, você se sentirá mais feliz e, quanto mais feliz você se sentir, maior a sua libido”, explica a especialista em relacionamentos .

  • Mais calor, menos roupas
Leia mais:  Casa do idoso: confira dicas para decorar o canto de quem está na terceira idade

Quanto mais as temperaturas aumentam, menos roupas as pessoas costumam usar e, consequentemente, mais pele fica exposta. De acordo com a especialista em relacionamentos, a pele exposta significa deixar a imaginação viajar e o desejo aumentar. Afinal, tanto homens quanto mulheres são estimulados visualmente. Nesse sentido, é possível observar um cenário favorável para a traição.

  • Liberação de feromônios

Além de estar com a pele mais exposta, as pessoas transpiram mais durante o verão. Quando se transpira, o corpo libera feromônios que, segundo Louanne, podem desencadear os desejos mais primitivos nas pessoas, levando à infidelidade . Segundo a especialista em relacionamentos, há uma série de estudos que mostram que os feromônios, um tipo de “sinal” transmitido pelo cheiro, liberados no suor masculino podem despertar o desejo nas mulheres. Ou seja, a transpiração dos homens exala um cheiro que faz com que as mulheres se sintam atraídas por eles.

  • Diminuição da melatonina

Durante o verão há uma maior exposição à luz solar, o que pode afetar a produção de melatonina, hormônio associado ao sono. “Essa não é uma informação boa para as suas noites de sono, mas é uma boa notícia para a sua libido”, fala Louanne. Segundo ela, a melatonina pode alterar os hormônios sexuais (testosterona, estrogênio e progesterona), dessa forma, a libido pode aumentar e a, consequentemente, a vontade de “pular a cerca”. “Quanto menos melatonina, maior a probabilidade de você querer fazer sexo com mais frequência”, diz.

  • Mais exercício físico

Com mais luz natural durante o verão, os dias parecem ficar mais longos e as pessoas com mais energia. Por isso, é comum que durante essa época do ano as pessoas gostem de se movimentar e praticar mais atividades físicas. Surpreendentemente, isso também tem influência na libido. “Quando você se exercita, há a liberação de dopamina, que é o hormônio que faz você se sentir bem. E quanto melhor você se sente, mais confiante se sente”, fala. Isso faz com que as pessoas se sintam mais confiantes para trair.

  • Sentimento de liberdade
Leia mais:  Mulher tem reação alérgica ao depilar o buço e fica com ‘bigode’ no rosto

O verão costuma ser associado a uma época de momentos e memórias felizes. Para Louanne, as pessoas tendem a se sentir mais “soltas” durante os meses de temperatura elevada. A especialista em relacionamentos acredita que esse é um sentimento ligado às memórias em que as pessoas se sentiram mais livres e menos sobrecarregadas de responsabilidades. Isso pode fazer com que as pessoas sintam como se fosse possível viver aventuras sexuais sem compromisso. “Quanto mais feliz você está, mais amigável você é. Você sorri mais e isso pode te tornar mais atraente para o outro”, fala.

Leia também: Mulheres brasileiras buscam traem mais do que homens; veja perfil dos infiéis

Por que as pessoas traem?


A diversão é o principal motivo para a traição e no verão isso fica ainda mais intenso, já que as pessoas se sentem mais soltas
shutterstock

A diversão é o principal motivo para a traição e no verão isso fica ainda mais intenso, já que as pessoas se sentem mais soltas

Trair e buscar prazer fora do namoro ou do casamento é algo mais comum do que se imagina. Mas, o que leva as pessoas a fazerem isso? De acordo com uma pesquisa feita no início de 2019 pelo site de relacionamentos extraconjugais “shley Madison,  a principal motivação para a traição é a diversão. Para 27% dos usuários, trair é algo divertido e por isso eles continuam com as relações extraconjugais. As pessoas também costumam trair porque estão “viciadas” em fazer isso (13%), porque essa é a melhor fase que estão vivendo (13%) ou porque a traição mantém o casamento mais forte (8%). 

Para a diretora de comunicação da Ashley Madison, Isabella Mise, as pessoas buscam relacionamentos fora do namoro ou do casamento, pois a monogamia não é algo inato a elas. “As pessoas crescem, mudam e buscam continuamente novas e diferentes experiências, e a monogamia frequentemente age como uma restrição contra nossos desejos naturais”, fala em entrevista prévia ao Delas .

Além disso, o fato de não estarem mais satisfeitas com o seu relacionamento atual pode ser um fator que leva as pessoas a trair. Muitas delas estão em relações desgastadas, mas ainda amam os parceiros. Por isso, não querem terminar, mas querem buscar novas formas de prazer. Nesse sentido, a traição mostra-se como uma saída. E, de acordo com Louanne, o verão intensifica tudo isso, podendo aumentar os números de adultério por aí.

Leia mais:  Primavera/verão 2019: o que vai fazer sucesso nesta temporada de moda?

Comentários do Facebook
publicidade

Mulher

Mulher descobre noivo no Tinder e cancela casamento 48 horas antes da festa

Publicado

em

Depois de sete anos de namoro, a australiana Tiana – que só teve o primeiro nome revelado -, estava eufórica com a proximidade do tão sonhado casamento. No entanto, o grande dia nunca chegou. Isso porque 48 horas antes da data escolhida para ambos dizerem “sim”, ela terminou o noivado depois que descobriu que seu parceiro a enganava e mantinha um perfil no Tinder.

Leia também: Mulher descobre mensagens de namorado com amante e expõe traição no Twitter


Após descobrir que o noivo tem um perfil no Tinder, a mulher decidiu cancelar o casamento; veja detalhes
shutterstock

Após descobrir que o noivo tem um perfil no Tinder, a mulher decidiu cancelar o casamento; veja detalhes

Ao site “9Honey”, Tiana conta que no  perfil no Tinder , o ex-namorado, Matt, se descrevia como um homem solteiro e à procura de relacionamentos com outras mulheres. A descoberta deixou a australiana arrasada, já que, depois de tantos altos e baixos durante quase uma década, ela não esperava que o rapaz faria algo desse tipo com ela.

Ela afirma que apesar de eles terem tido alguns desentendimentos relacionados a lista de convidados, festa nupcial e local do casamento, nada indicava uma traição – ou tentativa disso.

“Minha melhor amiga Anne me chamou de lado e disse que precisava falar comigo”, detalha Tiana. “O que ela me mostrou me chocou tanto que ainda não consigo acreditar”, conta.

Ela admite que no começo não reconheceu Matt no aplicativo, mas depois de passar por várias fotos, ficou claro que era ele. “A maneira como ele se descreveu foi como se ele fosse um homem jovem e solteiro, em busca de novidade”, diz a mulher.

Sem escolha, ela não via mais motivo de continuar com o


casamento


e precisou cancelar tudo dois dias antes da festa. A responsabilidade de explicar o motivo do término ficou para Matt: “Pedi que todos perguntassem a ele a razão pela qual cancelamos o casamento”. 

Leia mais:  Fingir orgasmo é prática comum entre mulheres que namoram

Leia também: Pesquisa aponta que a diversão é a principal motivação para a traição

Perfil no Tinder é comum entre pessoas comprometidas


Dá para acreditar que perfil no Tinder entre pessoas comprometidas é mais comum do que se pode imaginar?
shutterstock

Dá para acreditar que perfil no Tinder entre pessoas comprometidas é mais comum do que se pode imaginar?

Casos como o da australiana são mais comuns do que se imagina. Uma pesquisa realizada no Reino Unido em setembro de 2017 revelou as estatísticas dos que admitem usar um aplicativo de namoro enquanto estão em um relacionamento.

A pesquisa ouviu 2.100 pessoas entrevistadas pela empresa britânica de advocacia Slater e Gordon Lawyers, depois que a companhia citou o uso de aplicativos de namoro em processos de divórcio.

Os dados mostraram que 35% dos entrevistados admitiram usar um aplicativo de namoro mesmo estando em um relacionamento, sendo que os homens eram os mais propensos a terem esse tipo de atitude do que as mulheres.

O público masculino citava o tédio, a vida sexual e as discussões como razões para buscar novas aventuras, enquanto as mulheres diziam que a falta de atenção frequente fazia com que elas se interessassem por aplicativos do tipo.

Leia também: Especialista afirma o verão é a época mais propensa para a traição; veja motivo

Quando questionados sobre o que eles fariam se descobrissem que o parceiro ou parceira tem um perfil no Tinder , 74% respondeu que consideraria o divórcio, enquanto 51% afirmou que abandonaria o namorado ou namorada imediatamente. E você, o que faria? Deixe sua opinião nos comentários.

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana