conecte-se conosco



Estadual

ES teve 4 mil jovens assassinados últimos 10 anos, diz relatório da Unicef

Publicado

em

Isso representa mais de uma morte por dia. As informações são do relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Proteger crianças e adolescentes da violência é um grande desafio. Um relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostra que em 27 anos o número de homicídios de adolescentes mais que sobrou no Brasil. Todos os dias, em média, 32 meninos e meninas de 10 a 19 anos são assassinados no país. No Espírito Santo foram 4 mil vítimas em 10 anos.

No final de semana uma criança de cinco anos foi baleada na cabeça, vítima de bala perdida em Guarapari. No dia 9 de novembro, um adolescente de 16 anos e um amigo foram assassinado a tiros após um baile funk, em Vitória.

“Enquanto o Brasil não priorizar nas políticas públicas a infância e a adolescência, os desafios vão continuar. Outro importante fator que nós cada vez mais estamos nos deparando no Brasil são as desigualdades, que afetam drasticamente a infância e a adolescência”, explicou Luciana Phebo, coordenadora do Unicef no Sudeste. Ela ainda avalia que após 30 anos da convenção sobre os Direitos da Criança, ainda há muito o que fazer.

Luciana defende que é preciso investir em políticas específicas para as crianças e adolescentes, em todas as áreas. Ela explicou que na educação, o Espírito Santo conseguiu reduzir o número de crianças fora da escola. Em 1992 eram 20%. Esse percentual caiu para 4% no ano passado.

“Tem que se pensar também na qualidade de ensino e aí também a gente vê expressos números que falam sobre essa qualidade, que são o abandono escolar, a distorção idade-série, o atraso na vida escolar”, diz a coordenadora.

Estado Presente

O governo do Estado diz que desde a implantação do programa Estado Presente o número de mortes de jovens no Espírito Santo tem diminuído. De janeiro a outubro de 2017, 300 crianças e adolescentes foram assassinadas. Em 2018 foram 189 e este ano, nesse mesmo período, foram 176.

“Nós temos 37 programas de proteção social na área de educação, ampliando a oferta de creches, ampliando a oferta de escolas em tempo integral, dando também oportunidades no contra-turno escolar, com atividades esportivas, com atividades de cultura, lazer, trabalhando a habilidade desses jovens”, afirma o Secretário de Estado de Planejamento, Alvaro Duboc.

E há muitos jovens e adolescentes mobilizados para cobrar seus direitos. Blenda Amanda Lima, que tem 16 anos e é de Vila Velha, escreveu uma carta, junto de outros 50 adolescentes. O documento foi lido no Congresso Nacional, em Brasília.

“A gente pretende que esses direitos sejam exercidos e que as gerações futuras recebam o que estamos recebendo hoje: essa oportunidade de estar vindo, de mostrar para vários adolescentes do mundo e do Espírito Santo especialmente que eles podem correr atrás que eles conseguem”, pontua a jovem.

 

Comentários do Facebook

Estadual

Veja oito dicas do Bandes sobre logística para as empresas se adaptarem ao cenário atual

Publicado

em


.

A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) impactou no funcionamento do mercado e nos hábitos de consumo. Devido às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), grande parte da população está em casa seguindo o distanciamento social, o que ocasionou o aumento das compras on-line e nas mudanças de logística das empresas.

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em março, houve um aumento de cerca de 35% nas compras on-line, em comparação com o mesmo período de 2019. Muitos dos consumidores preferem comprar pela internet, não só para evitar saírem de casa, mas também pela facilidade e rapidez no processo de venda, além do conforto em receber tudo em casa.

Nesse período, é ainda mais necessário que as empresas procurem métodos para aumentar a eficiência produtiva, com o objetivo de desenvolver vantagens sobre os concorrentes. “O investimento no processo de vendas on-line envolve planejamento, execução, controle da distribuição de produtos, além de armazenamento. Ou seja, é estratégico, porque é a área da empresa que pensa como os produtos e serviços chegam ao consumidor final”, explica Sávio Caçador, economista e gerente de Planejamento do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

Para ajudar os empresários a organizar melhor este processo, o economista enumerou oito dicas valiosas, confira:

Organização e agilidade: Quanto mais informações e números sobre a empresa disponíveis, melhor e mais rápidas as demandas serão atendidas. É importante manter um bom acompanhamento de todo o processo para evitar possíveis problemas. A equipe de vendas e de produção deve atuar de forma bem próxima.

Cadeia de suprimentos: A falta de produtos em estoque é um problema, tanto quanto o excesso deles. Para evitar os prejuízos, uma boa solução é compartilhar o sistema da cadeia de suprimentos com os fornecedores. Dessa forma, eles podem entregar os produtos de acordo com a necessidade. Ou seja, a quantidade de matéria-prima que a empresa tem em estoque para atender às demandas dos clientes deve ser bem planejada.

Previsões de demandas: Para evitar faltas ou desperdícios, é importante ter uma previsão das demandas do mês. Esse controle pode ser feito com base nas demandas do mês anterior, fazendo ajustes condizentes ao mês atual.

Parceiros inovadores: Procure por parceiros e fornecedores entre os quais você enxerga a capacidade de inovação e eficiência, contribuindo para o crescimento da empresa.

Integração da equipe: A equipe da empresa deve estar integrada e informada sobre os processos de produção, para que as operações sejam alinhadas e tudo funcione com mais eficiência e rapidez.

Softwares: Pesquise e escolha o software que melhor atende às demandas da empresa. Essa escolha é essencial para que a gestão permaneça organizada, minimizando os possíveis erros humanos e situações inesperadas.

Desempenho: Vale a pena estar sempre monitorando as atividades dos fornecedores e dos colaboradores da empresa, para garantir que estejam todos alinhados. Os ambientes interno e externo devem estar equilibrados para que as demandas da empresa sejam atendidas com efetividade.

Bom atendimento: o bom atendimento, prestado com cordialidade e clareza das informações, continua sendo um diferencial competitivo importante. Ele deve ser feito on-line (telefone, SMS, Whatsapp, site) ou off-line (vendedor, motoboy, entregador, etc.).

Texto: Julia Ronchi

Informações à imprensa:
Gerência de Comunicação Institucional do Bandes
Bárbara Deps Bonato / Wilson Igreja Campos
(27) 3331-4352/ (27) 98131-6987 / (27) 3331-4424
[email protected]
www.facebook.com/bandesonline

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política3 minutos atrás

TSE recebe R$ 2 bilhões em verbas de fundo eleitoal para eleições de 2020

reprodução Eleições municipais vão receber R$ 2 bilhões em fundo eleitoral O Tribunal Superior Eleitoral recebeu os recursos do Fundo...

Policial12 minutos atrás

Adolescentes são apreendidos com réplica de fuzil em Vitória

. Na noite desta segunda-feira (01), a Força Tática da 12ª Companhia Independente apreendeu dois adolescentes portando uma réplica de uma arma...

Tecnologia13 minutos atrás

Anel com inteligência artificial prevê sintomas de Covid-19

Divulgaçao/PMG Anel pode identificar sintomas de pessoas infectadas pelo novo coronavírus Um dos maiores desafios no combate ao novo coronavírus...

Entretenimento27 minutos atrás

Filha da atriz Silvia Pfeifer perde 63 kg; confira antes e depois

Manuela Pfeifer já eliminou 63 quilos. Manu segue mostrando os resultados de seu emagrecimento em seu perfil no Instagram. Quando fez...

Variedades31 minutos atrás

Menina presa em elevador fica pendurada por guia de segurança

Uma cena dramática foi registrada na semana passada num prédio em Huangshi (China). Uma menina de 2 anos, que estava com uma...

Nacional32 minutos atrás

Leitos de UTI estão completamente ocupados em Guarulhos

Reprodução Twitter Taxa de ocupação de UTIs em Guarulhos atinge 100% Os leitos municipais das unidades de tratamento intensivo (UTIs)...

Polícia Federal32 minutos atrás

PF prende falso médico que atuava nem hospital do interior de São Paulo

. Guarulhos/SP – A Polícia Federal prendeu na noite do domingo (31/5) um brasileiro que atuava como médico, usando documentos de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!