conecte-se conosco



Estadual

ES recebe alerta máximo de chuva para os próximos dias; Sul e Grande Vitória serão afetados

Publicado

em

Segundo o Corpo de Bombeiros, é grande o risco de novos desastres.

O Espírito Santo recebeu, na tarde desta terça-feira (21), um sinal de alerta máximo para tempestades, que deverão começar a partir desta quarta-feira (22) e se estender até a sexta (25). O temporal deverá atingir principalmente as cidades do Sul do Espírito Santo – que já sofrem com as perdas provocadas pela chuva da última sexta-feira (17) – e a Grande Vitória.

Esta é a primeira vez que o Estado recebe esse tipo de alerta. O informativo foi emitido pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), após orientação conjunta do Instituo Nacional de Metereologia (Inmet), do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais(Cemaden) e do Serviço Geológico Brasileiro (CPRM), além da Defesa Civil Nacional.

De acordo com o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Carlos Wagner, os efetivos da corporação já foram distribuídos pelas áreas mais críticas, assim como os cães, que poderão auxiliar em casos de soterramento. Também vai chover no Norte e do Noroeste do Estado, mas de forma mais moderada.

“A previsão é de chuvas intensas, bastante fortes, altos acumulados de precipitação para o estado do Espírito Santo a partir de amanhã até sexta-feira. Ventos muitos fortes no litoral capixaba formam um sistema tipo um ciclone tropical, que traz as nuvens do oceano para dentro da cidade”, explicou Carlos Wagner.

ICONHA: 20/01/2020 - Ruas inteiras ficaram cobertas de lama — Foto: Reprodução/ TV GazetaICONHA: 20/01/2020 – Ruas inteiras ficaram cobertas de lama — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Prevenção

Para receber informações sobre a possibilidade de fortes chuvas e de desastres em sua região, os moradores de todo o Estado devem enviar um SMS para o número 40199 com o CEP de sua rua. A partir disso, será feito um cadastro automático.

Em função das fortes chuvas que atingiram o Sul do Estado na última sexta-feira, o governo estadual já decretou estado de calamidade pública para os municípios de Iconha, Alfredo Chaves, Vargem Alta e Rio Novo do Sul, que foram os mais afetados.

Até o momento, oito comunidades de Vargem Alta, assim como 120 famílias de Rio Novo do Sul permanecem isoladas, segundo o Corpo de Bombeiros. Em função dos deslizamentos, soterramentos e da força da água, sete pessoas morreram.


(*G1)

Comentários do Facebook

Estadual

Moradora de Ibatiba deve ser reembolsada por empresa de intercâmbio esportivo

Publicado

em

A autora afirmou que firmou contrato com a requerida, mas, antes do início da prestação dos serviços, comunicou a impossibilidade de cumprimento em razão de uma lesão sofrida por seu filho.

Uma moradora de Ibatiba deve ser reembolsada em R$ 3.709,43 por uma empresa de intercâmbio esportivo, que também deve indenizá-la em R$ 3 mil pelos danos morais. A sentença é do magistrado do Juizado Especial Cível da Comarca.

A requerente afirmou que pactuou um contrato esportivo de intercâmbio com a requerida, contudo antes do início da prestação dos serviços, comunicou a impossibilidade de cumprimento em razão de uma lesão sofrida por seu filho, pedindo, assim, o reembolso dos valores pagos através de cartão de crédito, além da condenação da requerida ao pagamento de danos morais.

Já a empresa, disse não haver praticado nenhuma irregularidade, uma vez que prestou todos esclarecimentos necessários, e alegou a inexistência de dano moral, uma vez que não teria ocorrido a prática de ato ilícito, devendo, desta forma, o pedido inicial ser julgado improcedente.

Ao julgar o caso, o magistrado entendeu que está clara a responsabilidade do requerido e os danos causados à requerente, diante da má prestação dos serviços, pois, uma vez informada a impossibilidade da prestação por causa superveniente não teve seus valores ressarcidos, conforme previsto em contrato entabulado entre as partes.

“No mais, claro ficou demonstrado o transtorno e constrangimento sofridos pela requerente, todavia, registro que foi estornado, após inúmeras tentativas de acordo apenas o valor de R$ 1720,00 (hum mil, setecentos e vinte reais)”, diz a sentença.

Dessa forma, o juiz afirmou ser incabível as alegações apresentadas na contestação e incabível, sobretudo, o afastamento do dever à indenização, ao determinar o cancelamento do contrato, o reembolso à requerente do valor de R$ 3.709,43, e o pagamento de R$ 3 mil a título de danos morais face ao dano sofrido.

Processo nº 5000094-02.2019.8.08.0064

Vitória, 17 de fevereiro de 2020

 

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Elza Silva | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional2 horas atrás

Chuvas de verão marcam esta terça em São Paulo

arrow-options Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo Deve chover no final da tarde em São Paulo Temperatura máxima de 32ºC e mínima...

Entretenimento6 horas atrás

Núbia Oliiver fala sobre ser boa de cama: “não precisa ser um filme erótico”

Falando sempre abertamente sobre sexualidade e relacionamento, Nubia Oliiver abordou recentemente um tema polêmico: “ser boa de cama”. A modelo...

Estadual6 horas atrás

Moradora de Ibatiba deve ser reembolsada por empresa de intercâmbio esportivo

A autora afirmou que firmou contrato com a requerida, mas, antes do início da prestação dos serviços, comunicou a impossibilidade...

Estadual6 horas atrás

Cliente atingida por estrutura do teto de supermercado deve receber R$4 mil em indenização

De acordo com o juiz, o estabelecimento deixou de zelar pela segurança do ambiente e, assim, garantir a integridade física...

Estadual6 horas atrás

Presidente do Tribunal de Justiça participa da solenidade de inauguração da nova sede do TRT-ES nesta segunda-feira (17/2)

O edifício foi inaugurado pelo presidente do TST, ministro João Batista Brito Pereira e pela presidente do TRT-ES, desembargadora Ana...

Nacional6 horas atrás

Policial vê prefeita com carro oficial em outlet, tenta detê-la e é preso; veja

arrow-options Arquivo pessoal Placa do automóvel foi danificada pelo policial civil. Um policial civil foi preso após dar voz de...

Política6 horas atrás

Weintraub provoca gestão Doria por não aderir escolas cívico-militares

arrow-options Carolina Antunes/PR – 29.5.19 Ministro da Educação Abraham Weintraub O ministro da Educação Abraham Weintraub criticou indiretamente nesta segunda...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana