conecte-se conosco



Economia

Endividamento das famílias cai em novembro e chega a 66%, diz CNC

Publicado

em

 

 

source

Agência Brasil

Família Endividada

Reprodução – Levantamento aponta que cartão de crédito é a principal dor de cabeça das famílias brasileiras

Após três quedas consecutivas, o número de famílias brasileiras com dívidas chegou em novembro ao mesmo patamar de fevereiro, antes dos impactos mais severos da pandemia de Covid-19. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada nesta terça-feira (1) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Segundo o estudo, 66% das famílias estão endividadas, o que representa uma queda de 0,5 ponto percentual em relação a outubro. A pesquisa considera como dívidas as despesas declaradas com cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, crédito consignado, empréstimo pessoal, prestação de carro e de casa, ainda que estejam em dia.

O levantamento aponta o cartão de crédito como a principal modalidade de endividamento das famílias, representando 77,8% dos casos. Em seguida, aparecem os carnês (16,1%) e o financiamento de veículos (10,7%), associados ao consumo de médio e longo prazos.

Renda

As famílias com renda de até 10 salários mínimos tiveram queda do endividamento pelo terceiro mês seguido, mas continuam acima da média, com 67,5%. Para as famílias com renda maior que 10 salários mínimos, o endividamento se manteve estável em 59,3%.

A confederação avalia que os indicadores recentes apontam para uma recuperação da economia mais robusta do que as estimativas indicavam, o que impacta, inclusive, em pressões inflacionárias. Ainda assim, o presidente da CNC, José Roberto Tadros, alerta a proporção de endividados no país é elevada e sublinha a necessidade de ampliar o acesso a recursos com custos mais baixos, possibilitando o alongamento de prazos de pagamento.

Dívidas em atraso

A inadimplência, que contabiliza as dívidas em atraso, também teve queda em novembro e chegou a 25,7%. No mês passado, o percentual era de 26,1%.

Da mesma maneira, o grupo de famílias que declararam não ter condições de pagar suas dívidas em atraso caiu de 11,9% para 11,5%.

Apesar da queda, a inadimplência continua acima dos patamares de 2019. Em novembro do ano passado, 24,7% das famílias eram inadimplentes e 10,2% declararam não ter condições de pagar suas dívidas em atraso.

O tempo médio de atraso na quitação das dívidas das famílias inadimplentes vem aumentando desde junho e atingiu o maior patamar, desde maio, no mês passado: 62,5 dias.

Também está em alta desde agosto o percentual de famílias que demoram mais de 90 dias para quitar as dívidas em atraso. Em novembro, o percentual chegou a 42,9%.


Fonte: IG ECONOMIA

Comente Abaixo
Estadual31 minutos atrás

Direito do consumidor em viagem de férias é tema do primeiro Just Talk do ano

O juiz Gustavo Procópio, do 2º Juizado Especial Cível de Colatina, é quem explica o assunto, com enfoque na pandemia....

Estadual31 minutos atrás

Estado e Município devem oferecer procedimento de reprodução assistida a moradora de Guarapari

Entes públicos devem custear fertilização in vitro e todo e qualquer medicamento, tratamento ou exame de que necessite a paciente....

Internacional31 minutos atrás

Biden diz que Trump escreveu uma carta “muito generosa” antes de sair

Reprodução: iG Minas Gerais Joe Biden O presidente dos EUA, Joe Biden , disse que seu antecessor, Donald Trump ,...

Política51 minutos atrás

Chanceler nega problema com a China; insumo em falta seria pela alta procura

Alan Santos/PR Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores O ministro das Relações Exteriores,  Ernesto Araújo , negou que nesta quarta-feira...

Economia51 minutos atrás

Após acidente com caçamba em BH, motociclista recebe indenização de 20 mil

Creative Commons/Wikimedia Uma caçamba em Belo Horizonte, Brasil. Imagem ilustrativa Um motociclista da cidade de Belo Horizonte  receberá R$20 mil...

Economia51 minutos atrás

TAP operará voo cargueiro em Curitiba

Guilherme Dotto TAP operará voo cargueiro em Curitiba Na próxima quinta-feira (21), a TAP Air Portugal realizará um voo cargueiro...

Economia51 minutos atrás

Liminar impedindo reajuste de ICMS para hospitais privados é suspensa

Victor Hugo Silva Reajuste faz parte do plano fiscal do governo de João Doria O presidente do Tribunal de Justiça...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!