conecte-se conosco


Regional

Empresário é preso acusado de estuprar a filha com deficiência em Aracruz, Norte do ES

Publicado

em

A adolescente de 14 anos tem síndrome de Down. Ela contou na escola sobre os abusos sofridos e o caso foi denunciado na delegacia. Em depoimento, o suspeito negou o crime. Ele está no Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha

Um empresário de 56 anos foi preso em Aracruz, Região Norte do Estado, acusado de abusar sexualmente da própria filha. A adolescente, de 14 anos, tem síndrome de Down. O pai foi detido na última sexta-feira (1º).

A mãe da vítima, que é professora, disse que foi chamada para uma reunião na escola. A menina havia contado para a professora auxiliar sobre os abusos sofridos. Os nomes dos envolvidos e o local onde o crime aconteceu não serão informados para não identificar a vítima.

Segundo a mãe, ela foi orientada a fazer a denúncia na delegacia. Professoras da adolescente prestaram depoimento e ajudaram a família a denunciar o empresário para a Polícia Civil.

“Minha filha é muito inocente, ela não tem o discernimento de maldade. Foi um choque tremendo, porque ele ser violento comigo a vida toda, me agredir, foi muito difícil. Mas ele fazer isso com a filha, não tenho nem palavras. Ele conseguiu destruir a família inteira”, lamentou.

PAI BUSCAVA A FILHA

A professora e o empresário ficaram casados por 27 anos. O casal se separou há cinco anos e o pai passava alguns dias com a filha. “No princípio, ele levava nossa filha a encontros da família dele em feriados. Mas, de um tempo para cá, o pai começou a buscá-la com mais frequência e eu sempre permiti. Ele separou de mim, não queria que o pai se separasse da filha”, explicou.

A mãe disse que agora espera que agora quer justiça. “Não quero vingança, não quero nada, só quero justiça. Eu espero que o Ministério Público tenha sensibilidade para dar continuidade a esse caso e que meu ex-marido não venha a ficar solto. Se ele é solto, como vou fazer? Como posso deixar minha filha nas mãos dele de novo?”, disse, aos prantos.

Ela ainda afirmou que percebeu algumas mudanças no comportamento da filha nos últimos dois meses. “Ela parou de brincar com as bonecas e queria ir sozinha à academia, pois dizia que agora é adolescente. Não me atentei porque ela tem 14 anos e imaginei que seria coisa da adolescência mesmo. Estou tão arrasada que até agora nem consegui voltar a trabalhar. É muito difícil. Eu não sei quando vou conseguir me recuperar”, finalizou a mãe da vítima.

PRISÃO

O suspeito está detido no Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha. A prisão temporária tem validade de 30 dias, podendo ser prorrogada por mais 30, por ser crime hediondo. 


(*TV Gazeta Norte)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Homem é assassinado com oito tiros em Linhares
publicidade

Regional

Pescador tem casa destruída por mar em Povoação

Publicado

em

Na semana passada, a Defesa Civil foi ao local avaliar a estrutura do imóvel e orientou que a família deixe o imóvel. Mesmo destruída, ele e a família continuam morando na casa.

O mar está destruindo a casa de um pescador no distrito de Povoação, no litoral de Linhares. A destruição começou no último mês. Na semana passada, a Defesa Civil foi ao local avaliar a estrutura do imóvel e orientou que a família deixe a residência.

Há três meses, o fenômeno vem se acentuando na praia de Povoação e a erosão que a maré tem causado no local preocupa os moradores. Um deles é a casa do pescador Simião Barbosa dos Santos ainda não tinha sido atingida.
No último mês, as ondas destruíram a base da casa, as paredes racharam e foram levadas pelo mar, a sala e o banheiro não existem mais. A parte da residência que ainda está de pé é usada por ele que, apesar de sentir medo, alega não ter para onde ir.
“A gente dorme preocupado com essa zoada do mar, porque ele pode agitar de uma hora para outra e começar a bater na parede. Ele já comeu por baixo da base da casa e qualquer coisa pode cair mais um pedaço. O medo é derrubar uma parede e o telhado cair em cima da gente. Mas eu não tenho para onde ir, então eu vou ficar aqui”, relata o aposentado.
O morador contou que a Defesa Civil esteve no imóvel na última semana para fazer uma vistoria e elaborar um relatório. Esse documento vai definir se a casa será interditada ou não.
“Eu não sei o que vai acontecer. Estou lutando e não tive apoio de ninguém. Eu tenho um terreno em uma ilha no rio, mas que não tenho condição de construir uma casa lá agora”, explicou Simião.
Defesa Civil
A Defesa Civil do município disse que a família foi orientada a não permanecer no local porque o imóvel tem risco de desabar.
O relatório de vistoria foi finalizado e deve ser retirado pelo morador na sede do órgão. Com esse documento em mãos, o aposentado pode requerer o aluguel social na Secretaria de Assistência Social da Prefeitura, que vai analisar se ele tem o perfil para receber o auxílio.

(*G1)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Empresa investirá R$ 2 BI em refinaria em Aracruz
Continue lendo
Nacional34 minutos atrás

Oficial da PM é espancado por não pagar programa com travestis no Rio

arrow-options PMERJ Tenente da Polícia Militar foi espancado por travestis por não pagar programa PMs do 9º BPM (Rocha Miranda)...

Nacional34 minutos atrás

Homem é preso após ameaçar ex-mulher com boneco de vodu

O Juizado Especial Criminal e da Violência Doméstica contra a Mulher de Tubarão, no litoral de Santa Catarina, condenou um...

Mulher35 minutos atrás

Não quer fazer sexo? Não tem orgasmo? Culpa pode estar na falta de sono; entenda

Conseguir dormir bem à noite é fundamental para ter energia e disposição no dia seguinte e conseguir realizar as tarefas...

Internacional2 horas atrás

Tiroteio nos Estados Unidos deixa 5 mortos, incluindo 3 crianças

arrow-options Reprodução/New York Times/John Wilkens Tiroteio ocorreu em uma área residencial da cidade do estado da Califórnia Três crianças e...

Política4 horas atrás

Doria lança campanha de turismo para atingir 350 milhões de pessoas no mundo

O governador de São Paulo, João Doria, lançou nesta sexta-feira 15 a mais audaciosa campanha internacional de turismo já feita...

Internacional5 horas atrás

Michelle Bachelet condena uso excessivo da força policial na Bolívia

A alta comissária da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, condenou hoje (16) o uso...

Esportes5 horas atrás

Time feminino do Corinthians encerra temporada histórica

Quase 29 mil pessoas proporcionaram à Arena Corinthians neste sábado (16) o maior público de um jogo entre clubes no futebol feminino...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana