conecte-se conosco



Estadual

Emes promove palestra remota sobre equidade de gênero no próximo dia 18 de agosto

Publicado

em

 

.

Evento acontece no próximo dia 18 de agosto, por meio de videoconferência.

A Escola da Magistratura do Estado do Espírito Santo (Emes), em parceria com Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão do Poder Judiciário do Estado do Espírito Santo (PJES), promove, no próximo dia 18 de agosto (terça-feira), das 9 às 10h30, a palestra Equidade de Gênero.

O tema será apresentado pela doutora em Ciência Política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Anna Carolina Venturini, por meio de videoconferência, com transmissão ao vivopara integrantes da Justiça estadual. As vagas são limitadas de acordo com as especificidades da plataforma eletrônica que será utilizada. Para se inscrever, clique no link a seguir:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeAd7kdG4sP_8mx7lRm1NwbKVwZUNvejJMRtPuCkEAsAvLLaw/viewform

O objetivo do evento é incentivar a igualdade de gênero no ambiente institucional, especialmente a participação feminina, pois constitui expressão de democratização, cidadania e dignidade da pessoa humana, como fomentado e priorizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), especialmente pela Resolução 255/2018 e pela Portaria 88/2020.

Para tanto, serão abordados tópicos como equidade de gênero, identidade e interseccionalidade, além de dados recentes sobre a participação das mulheres em diversos setores e atividades.

Comentários do Facebook

Estadual

Juíza Patrícia Neves ministra curso online sobre comunicação não violenta e cura do trauma

Publicado

em


A capacitação online é destinada a membros do MPES e vai até o próximo dia 02 de outubro.

Até o próximo dia 02 de outubro, a coordenadora da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, juíza Patrícia Neves, ministra o curso online: Fundamentos da Comunicação Não Violenta e Reconhecimento e Cura do Trauma. A capacitação, que acontece das 09h às 12h pela plataforma Zoom, é voltada para servidores e membros do Ministério Público Estadual.

De acordo com a magistrada, que é titular da 1ª Vara da Infância e da Juventude de Vila Velha e coordenadora do Programa Reconstruir o Viver, o objetivo do curso é contribuir para a humanização do atendimento e solução pacífica de conflitos, seja na esfera judicial ou extrajudicial.

“Ao utilizar ferramentas de construção de paz e criar espaços de diálogo, é possível melhorar a qualidade dos relacionamentos, do atendimento ao público, além de fortalecer vínculos e promover a pacificação social”, ressaltou a juíza.

A capacitação é promovida pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional e pelo Núcleo de Incentivo à Autocomposição de Conflitos do MPES.

Vitória, 30 de setembro de 2020

 

Informações à imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Tais Valle | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!