Connect with us

Política

Em reunião, PSDB eleva pressão para Doria desistir de candidatura

Published

on

source
Em reunião, PSDB eleva pressão para Doria desistir de candidatura
Reprodução: commons – 08/04/2022

Em reunião, PSDB eleva pressão para Doria desistir de candidatura

Em reunião realizada na noite desta treça-feira em Brasília, a maioria da Executiva Nacional do PSDB decidiu fazer uma investida para tentar convencer o  ex-governador de São Paulo João Doria a abrir mão de sua pré-candidatura à Presidência da República pelo partido. A cúpula da sigla vai chamar o correligionário para um encontro ainda hoje com o objetivo de demovê-lo do projeto de disputar o Palácio do Planalto.

O plano uniu o presidente da legenda, Bruno Araújo, e o deputado mineiro Aécio Neves. Embora sejam contrários à candidatura de Doria, ambos vinham trocando farpas públicas recentemente.

O nó que amarra Doria e grande parte do PSDB passa pelo caminho a ser trilhado pelos partidos da chamada terceira via — PSDB, MDB e Cidadania. As três siglas marcaram para hoje o anúncio do nome que encabeçaria a chapa presidencial apoiada pelo grupo. Doria, porém, dá sinais de que não está disposto a deixar o páreo para apoiar quem quer que seja, mesmo que essa fosse a decisão da maioria do bloco. O ex-governador se fia no fato de o PSDB ter aprovado em prévias o nome dele para representar o partido na corrida pela Presidência.

Diante do impasse, então, a Executiva do partido resolveu agir. Para Bruno Araújo, não é possível “dar nenhum passo” em relação ao candidato único da terceira via sem um “diálogo interno” com Doria.

“Isso passa por um processo de diálogo e construção em que ele (Doria) tenha também a percepção das dificuldade políticas, mas também o poder político que ele tem como pré-candidato”, disse Araújo.

Em contraste ao tom cauteloso adotado pelo presidente do partido, Aécio foi mais incisivo nas reais intenções da “convocação” de amanhã. O deputado mineiro é inimigo político declarado de Doria, que já trabalhou, sem sucesso, para expulsá-lo do PSDB.

“(Será) Uma convocação, mais do que um convite, para ouvirmos o governador João Doria. E darmos a oportunidade a ele de ouvir a realidade, que a sua candidatura traz prejuízos aos estados. Dar a ele a oportunidade de sair desse processo. Eu tenho a expectativa ainda de um gesto de desprendimento e grandeza do próprio governador”, disse Aécio.

Anúncio adiado

Em outra frente de ação, os tucanos vão trabalhar junto aos caciques de MDB e Cidadania para adiar o anúncio do candidato único da terceira via.

“Não estamos na fase de avaliar qual candidatura deve seguir. A percepção nossa é primeiro ter um diálogo com Doria. E, com a participação dele, chegarmos a um entendimento definitivo que possa unir parceiros como o MDB”, justificou Bruno Araújo.

O GLOBO apurou que, ao saber do resultado da reunião ocorrida em Brasília, Doria indicou a aliados que aceitaria se sentar a portas fechadas com um quórum reduzido a dez correligionários: cinco indicados por ele e outros cinco escalados por Araújo.

Antes de deliberar sobre o chamado ao ex-governador para uma reunião, tanto o grupo de Araújo quanto o de Aécio repudiaram a carta, divulgada nesta semana, em que Doria ameaça recorrer à Justiça se não for lançado como candidato do PSDB após ganhar as primárias no ano passado.

Mesmo apoiadores de Doria concordaram que a referida carta, na qual ele se colocava como vítima de um “golpe” foi um “equívoco”.

“Não se discute eleições juridicamente, mas no diálogo, na política”, disse o líder do PSDB no Senado, Izalci Lucas (DF).

Na reunião, o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), que chefia o jurídico da sigla, também se posicionou contrário ao teor da carta. Tanto Sampaio como Izalci apoiaram a candidatura de Doria nas prévias do PSDB.

Aliados de Araújo acreditam, porém, que Doria tende a conseguir decisões favoráveis na Justiça, visto que o estatuto tucano prevê que o vencedor das prévias deve ter sua candidatura homologada na convenção nacional. Nesse cenário, a resposta seria uma asfixia financeira —na prática, um boicote ao ex-governador. Cabe a cada legenda estabelecer os critérios para a distribuição interna dos recursos do fundo eleitoral, desde que cumpridos todos os requisitos definidos pela legislação, como, por exemplo, a cota de gênero de 30%.

“Se a maioria da Executiva decidir não transferir recurso algum para Doria, está decidido, o partido tem essa liberdade”, explica o advogado Michel Bertoni, especialista em direito eleitoral , que complementa: “Um eventual “boicote” financeiro só poderia ser verificado a partir do final de julho, quando os partidos devem começar a enviar as regras de distribuição do fundo eleitoral ao TSE. Até que isso ocorra, a sigla fica sem o dinheiro do fundo para campanha”.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comente Abaixo
Polícia Federal7 minutos ago

PF combate crimes ambientais na terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau em Rondônia

Ji-Paraná/RO – A Polícia Federal, com apoio da Funai, Ibama e Polícia Militar, deflagrou nesta terça-feira (28/06) a segunda fase...

Saúde7 minutos ago

Covid-19 mata duas crianças menores de 5 anos por dia no Brasil

A covid-19 matou duas crianças menores de 5 anos de idade, por dia, no Brasil, desde o início da pandemia....

Internacional8 minutos ago

Trump sabia que apoiadores portavam armas durante invasão do Capitólio

Reprodução/Twitter Donald Trump A ex-assessora de Mark Meadows, último chefe de gabinete do presidente Donald J. Trump, disse que Trump...

Internacional13 minutos ago

Corpos de 50 imigrantes são encontrados em caminhão no Texas

Cinquenta pessoas foram encontradas mortas dentro de um caminhão abandonado em uma rodovia da cidade de San Antonio, no estado do Texas,...

Estadual33 minutos ago

Condenado por morte de jornalista no ES é preso após 33 anos do crime

Maria Nilce foi foi morta com três tiros quando chegava em uma academia. Matérias que escrevia sobre tráfico de drogas...

Internacional38 minutos ago

Vídeo: Cruzeiro norueguês bate em iceberg no Alasca e cancela viagem

Wiki Images – 28.06.2022 Cruzeiro Norwegian Sun O cruzeiro norueguês Norwegian Sun foi obrigado a cancelar uma viagem de nove...

Internacional40 minutos ago

Duas mulheres são presas com 109 animais vivos dentro de malas em aeroporto

Duas mulheres foram presas no Aeroporto de Bangkok, na Tailândia, acusadas de contrabando depois que 109 animais vivos foram encontrados...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana