conecte-se conosco


Nacional

“Eles ganharam. Não me meto mais na política brasileira”, diz Olavo de Carvalho

Publicado

em


Olavo de carvalho
Reprodução/TV Globo
Olavo de Carvalho disse que o ‘Brasil escolheu o seu caminho’ e que irá ficar ‘quietinho’ agora; entenda a polêmica

Conhecido por ser o guru intelectual do presidente Jair Bolsonaro, o escritor Olavo de Carvalho avisou nesta quarta-feira (15) que vai se ausentar, pelo menos temporariamente, do debate político brasileiro. A decisão se dá logo após intensas discussões entre o filósofo, apoiado pelos filhos do presidente, e integrantes da ala militar que apoia o governo Bolsonaro.

Leia também: Desocupado é o ânus do Olavo, que foi substituído pela boca, diz general Chagas

Para Olavo de Carvalho
, o debate político no País “se tornou uma coisa absolutamente insustentável”. Além disso, o Brasil teria “escolhido seu caminho” ao não apoiá-lo integralmente e, por isso, o filósofo teria decidido por se calar – pelo menos, por enquanto. 

“Eles querem me tirar da parada? Tiraram. Eu vou ficar quietinho agora, não me meto mais na política brasileira. O Brasil
escolheu o seu caminho. Escolheu confiar em pessoas que não merecem a sua confiança e, agora, vai se danar”, disse. “Evidentemente, vai virar um entreposto da China. É esse o sonho de todos eles. Cortar relações com os Estados Unidos e Israel e ficar do lado chinês. É isso que eles querem”, afirmou.

As declarações de Olavo
foram feitas durante uma entrevista a um site de direita. Na ocasião, o filófoso ainda criticou militares que atuam no Planalto, como o ministro da Secretaria de Governo Santos Cruz, e disse que eles “ganharam”. “Podem ficar com o Brasil. O Brasil é seu”, disse.

Leia também: Ex-comandante do Exército rebate ataques de Olavo: “Trótski de direita”

Apesar das polêmicas envolvendo seu nome e pontuando seus apoiadores, o chamado guru intelectual do presidente negou que exista um grupo “olavista” dentro do governo. “Esses generais loucos como o Santos Cruz
e esses jornalistas loucos inventaram o grupo olavista. E dizem que o grupo olavista está dentro do governo e tem poder. Ora, eu não tenho contato nenhum com essas pessoas”, declarou.

Leia mais:  Irã executa ex-servidor acusado de atuar como espião para os EUA

O escritor acredita ainda que “taparam” a boca dele e, por isso, o Brasil será governado por Santos Cruz. Nos últimos dias, Carvalho publicou uma sequência de postagens no Twitter ofendendo e criticando o ministro de Bolsonaro
– inclusive chamando-o de “merda”. 

Ainda nessa sequência recente, suas críticas à ala militar de Bolsonaro respingaram sobre o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e o ex-comandante do Exército e assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) general Eduardo Villas Bôas.

Sobre esse último, Olavo de Carvalho
afirma não tê-lo ofendido, apesar de tê-lo chamado de ” doente preso a uma cadeira de rodas
“. “Ora, dizer que um homem doente paralisado na cadeira de rodas está doente paralisado na cadeira de rodas é ofendê-lo? Ora, que porcaria é essa?”, indagou o filósofo.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Pronunciamento de Macron sobre Amazônia irrita apoiadores de Bolsonaro

Publicado

em

source
Emmanuel Macron arrow-options
Reprodução/Twitter/emmanuelmacron
Emmanuel Macron

Neste sábado (24), o presidente francês, Emmanuel Macron, pediu a “mobilização de todas as potências” em prol da Amazônia . Segundo ele, essa parceria entre os países é importante para combater o desmatamento e investir no reflorestamento. O pronunciamento foi feito antes da reunião anual da cúpula G7, que acontece neste fim de semana em Biarritz, litoral da França.

LEIA MAIS: Forças Armadas iniciam combate ao fogo na Amazônia neste sábado

O pronunciamento do presidente foi motivo de polêmica entre os apoiadores de Bolsonaro, que logo colocaram a hashtag #MacronLiar ( Macron mentiroso) nos Trending Topics do Twitter. “Vai cuidar do que lhe pertence! O Brasil cuida bem da floresta”, publicou um usuário, junto de uma foto da Catedral de Notre Dame em chamas. “Covarde, que não quer ajudar, só criticar”, disse outro. Confira mais tweets abaixo:

A cúpula G7 é composta pelas sete economias mais avançadas do mundo: Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido. “A Amazônia é nosso bem comum. Estamos todos envolvidos, e a França está provavelmente mais do que outros que estarão nessa mesa, porque nós somos amazonenses. A Guiana Francesa está na Amazônia”, afirmou Macron.

LEIA MAIS: Macron pede “mobilização de potências” durante o G7

No discurso, destacou que a Amazônia “é um tesouro de biodiversidade e um tesouro para o nosso clima, graças ao oxigênio que ela emite e ao carbono que ela captura”. O presidente da França comprometeu-se a defender o oceano e as florestas. “Temos que responder a isso de maneira concreta. Nestes assuntos, o tempo não é mais para palavras, e sim para ações”, disse Macron .

Leia mais:  Irã executa ex-servidor acusado de atuar como espião para os EUA

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Agricultura56 minutos atrás

Feira da Agricultura Familiar leva otimismo para produtores

Considerada pelos produtores como a colheita do ano, a 21ª Feira da Agricultura Familiar na Expointer, que começou neste sábado...

Agricultura56 minutos atrás

Conclusão das Negociações do Acordo de Livre Comércio entre o MERCOSUL e a EFTA – Nota Conjunta dos Ministérios das Relações Exteriores, da Economia e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Foram concluídas nesta sexta-feira (23/08), em Buenos Aires, as negociações do acordo de livre comércio entre o MERCOSUL e a...

Entretenimento2 horas atrás

Fotos! Conheça Gabriela Valadares, vencedora de concurso de ‘tatoo’ e musa do Atlético-MG

Mineira, de 25 anos, vem fazendo sucesso nas Internet Minas Gerais – Dona de um belo corpo, Gabriela Valadares tem...

Esportes3 horas atrás

CBF e clubes definem novo modelo de fair play financeiro para 2020

arrow-options reprodução / Twitter Leila Pereira, presidente da crefisa, e Mauricio Galiotte, mandatário do Palmeiras A CBF e os clubes...

Nacional3 horas atrás

Pronunciamento de Macron sobre Amazônia irrita apoiadores de Bolsonaro

arrow-options Reprodução/Twitter/emmanuelmacron Emmanuel Macron Neste sábado (24), o presidente francês, Emmanuel Macron, pediu a “mobilização de todas as potências” em...

Nacional3 horas atrás

Forças Armadas iniciam combate às queimadas na Amazônia neste sábado

arrow-options Fernando Frazão/ABr Queimadas na Amazônia subiram 82% neste ano O governo federal anunciou que as ações das Forças Armadas...

Entretenimento3 horas atrás

Confira as principais novidades de Disney, Marvel e Lucasfilm na D23 Expo

As atenções dos fãs de cultura geek apontam para o D23 Expo, festival que acontece na Califórnia (EUA) e conta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana