conecte-se conosco


São Mateus

Eleitor não sabe em quem votou para vereador em São Mateus, revela pesquisa

Publicado

em

SÃO MATEUS (ES) – Passados apenas 2 anos e 9 meses da última eleição municipal, o eleitor de São Mateus, que elegeu prefeito, vice e vereadores, em sua grande maioria, diz não se lembrar em quem votou para vereador na eleição passada (2016).

O Instituto de Pesquisas Perfil, foi às ruas de São Mateus nos dias 25 e 26 de junho, e apurou que 67% da população eleitora do município, não se lembra em que candidato votou para vereador na última eleição.

A pergunta feita para uma resposta espontânea era… O Sr (a) se lembra em que vereador votou na última eleição municipal (2016)?

Quando o entrevistado respondia que sim, e dizia o nome do candidato, era computado como recall (lembrança).

Segundo o diretor do Instituto, Erasmo Lima, há alguns fatores a serem considerados nesta constatação: “O cidadão comum, que não tem nenhum tipo de envolvimento eleitoral, que é a sua imensa maioria, esse não é o tipo de assunto de sua preferência (política), portanto, ele vai lá, vota, e simplesmente deleta isso de sua mente, é como se fosse algo irrelevante para ele. Uma pena, porque é um assunto (política) que irá atingi-lo diretamente, o tempo todo de suas vidas. Enquanto o eleitor, não tomar esta consciência, ele não adquire uma maturidade eleitoral suficiente, que o ajude a tomar a decisão mais acertada na hora da sua decisão do voto”.

“Ele (este eleitor), tem muitas coisas para resolver em seu dia a dia, ele está preocupado com sua conta de energia que vai vencer, preocupado com o filho na escola (ou fora dela), com o gás que está pra acabar, até com futebol, com tudo, menos com o assunto…política. Ele não vivencia isso”.

Em suma, é um eleitor mais suscetível a ser ‘induzido’ em seu voto. Sintetiza o diretor.

A pesquisa recall (lembrança) aponta ainda, portanto, que apenas 1/3 (um terço) da população, consegue de fato lembrar-se em quem votou na vereança mateense (2016). Dentre estes 33% que acertaram a lembrança, Doda Mendonça foi o mais lembrado (6%) seguido por Temperinho e Paulo Chagas (3,5%), que empataram neste quesito. Dos candidatos que não foram eleitos, destacaram-se com boa lembrança, Isael do Saae, e Dr. Paulo Fundão.

Contudo o pesquisador Erasmo Lima, faz um último alerta… “Para que o público leitor, não confunda ‘lembrança’ com ‘intenção de voto’, são situações distintas, apesar de que, quem está sendo mais lembrado, obviamente que leva alguma vantagem, claro. Mas, não significa dizer que quem lembrou irá repetir o voto, nem que, quem não se lembrou não possa em outubro de 2020, repetir o voto dado em 2016″.

O Instituto esteve na ocasião em 30 bairros e/ou localidades do município, e foram ouvidas para tanto, 400 pessoas, em entrevistas feitas face a face.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Atleta mateense a um passo de Portugal, quer brilhar na Copinha em São Paulo
publicidade

São Mateus

STF nega reclamação contra vacância de cargos dos aposentados de São Mateus

Publicado

em

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, negou seguimento à Reclamação (RCL) 36983, na qual o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Mateus, norte do Espírito Santo, questionava decisão da Justiça estadual que declarou vagos os cargos de aposentados pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

Na origem, o sindicato ajuizou ação contra o município buscando manter nos cargos os servidores aposentados pelo RGPS que optassem por permanecer na ativa. O juízo da Segunda Vara Cível de São Mateus, no entanto, negou o pedido. O fundamento foi a lei municipal que rege a matéria, que determina que a vacância ocorre com a aposentadoria do servidor, sem especificar o tipo de aposentadoria, e que o regime previdenciário adotado pelo município é o RGPS, pois não foi instituído regime próprio.

Na reclamação, o sindicato sustentou que a decisão desrespeitaria a decisão do STF no julgamento das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) 1721 e 1770, em que a Corte fixou que a aposentadoria voluntária do trabalhador não extingue, de forma instantânea e automática, seu vínculo de emprego.

Em sua decisão, o ministro Fachin explicou que, no caso dos autos, a discussão está centrada no vínculo de servidor público municipal. Já nas ADIs apontadas como referência, o debate girou em torno da extinção do contrato de trabalhador avulso e de empregado de empresa pública e sociedade de economia mista. 

Assim, afastou a alegação de usurpação da competência do STF e de violação à autoridade de suas decisões, diante da ausência de pertinência estrita entre a decisão da Justiça estadual e o julgamento apontado como paradigma.

A reportagem do FA Notícias tentou entrar em contato com a direção do Sindicato dos Servidores, mas  o expediente já tinha encerrado.


(*Com informações do Século Diário)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Mãe diz que filho esquizofrênico, acusado pelas 'redes sociais', de atacar mulheres em São Mateus é inocente
Continue lendo
Internacional3 horas atrás

Jeanine Áñez se autoproclama presidenta da Bolívia em sessão sem quórum

arrow-options Reprodução/Twitter Senadora Jeanine Añez assumiu a presidência da Bolívia em sessão legislativa sem quórum nesta terça-feira (12). A senadora...

Internacional3 horas atrás

‘Golpe foi articulado por extrema direita racista’, diz chanceler da Bolívia

arrow-options Reprodução José Kinn Franco falou sobre a situação da Bolívia na Câmara dos Deputados O embaixador da Bolívia, José...

Estadual4 horas atrás

Inscrições abertas para vaga de estagiário conciliador no 3º Juizado Especial Cível de Serra

Estudantes de graduação em Direito podem enviar o currículo até o dia 22 de novembro. O 3º Juizado Especial Cível...

Estadual4 horas atrás

Negada indenização a gestante que havia optado por cesariana mas teve parto normal

Em análise do ocorrido, o magistrado verificou que não foi anexado aos autos qualquer laudo que indicasse a recomendação para...

Estadual4 horas atrás

Juiz de Vila Velha condena a mais de 26 anos de prisão os acusados de matar advogado

Latrocínio foi praticado, em julho de 2018, próximo à casa do criminalista e na frente de duas filhas e uma...

Estadual4 horas atrás

Justiça Estadual realizou mais de 3.400 audiências durante a Semana Nacional da Conciliação

Ao aderir à campanha do CNJ, o TJES preparou várias pautas concentradas, que aconteceram nas Varas e nos Centros Judiciários...

Entretenimento4 horas atrás

Ken Humano retira “tanquinho” falso e fica longe de parecer com boneco

Mesmo depois de já ter feito mais de 70 cirurgias, Rodrigo Alves, também conhecido como Ken Humano, decidiu se submeter...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana