conecte-se conosco


Nacional

“É questão de física”, diz Covas sobre enchente que já dura 7 dias na zona leste

Publicado

em


Prefeito Bruno Covas afirmou estar preparado para mobilizar equipes a fim de resolver problemas de alagamentos em SP
Reprodução/TV Globo
Prefeito Bruno Covas afirmou estar preparado para mobilizar equipes a fim de resolver problemas de alagamentos em SP

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), alegou que as enchentes provocadas nos bairros da zona leste da capital são “uma questão habitacional e de física”. A declaração foi dada ao G1
depois que fortes chuvas atingiram a região da Vila Itaim, na manhã desta terça-feira (12), e fizeram com que os alagamentos que afetam o bairro há sete dias piorassem.

Leia também: Viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros será reaberto para carros já em março

“A Prefeitura está lá tentando fazer a ação o mais rápido possível, mas é uma questão de física que a água escorre para lá mesmo”, explicou Covas
. Nesta terça-feira, uma equipe da Defesa Civil esteve no local, a fim de ajudar crianças do bairro da zona leste de São Paulo a chegarem às suas creches, já que os pais tentam evitar que as crianças tenham contato com a água e sejam contaminados.

O problema sobre o qual prefeito de São Paulo
se pronunciou foi causado depois que a chuva que atingiu a região na semana passada fez com que o nível da água do Rio Tietê aumentasse e transbordasse, inundando e tornando intransitáveis diversas vias da região. Além disso, a população ainda enfrenta situações de água suja no nível do joelho e acumulação de lixo.

Os trens da linha 12-Safira da CPTM chegaram a ter a circulação interrompida entre as estações Engenheiro Manoel Feio, Jardim Romano e Itaim Paulista, no período da manhã. Os trens da linha 11-Coral também andaram com velocidade reduzida e maior tempo de espera entre as estações Guaianases e Estudantes. Ambas as situações foram normalizadas.

Leia mais:  Decreto das armas de Bolsonaro é derrotado na CCJ do Senado

Leia também: Prefeitura de São Paulo interdita ponte que liga Marginal Tietê à Dutra

Com o agravamento das enchentes
, os moradores do bairro aproveitaram ainda para protestar contra a atuação da Defesa Civil em relação à situação que se prolonga há uma semana. Um trecho da Avenida Marechal Tito, que passa sobre o rio, foi bloqueada com pedaços de madeira e caixas pelos manifestantes.

Leia também: MP quer multar prefeitura de São Paulo por falta de manutenção em viadutos

Covas 
ainda destacou ao G1
que está preparado para mobilizar equipes e tomar medidas a fim de atenuar os problemas das inundações em São Paulo. A previsão é de que a aproximação de uma frente fria na capital traga mais chuvas fortes para a cidade, que podem agravar a situação da zona leste e provocar alagamentos em outras regiões da cidade.

Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Unicef: 32 crianças são assassinadas por dia no Brasil

Publicado

em

Em 2017, foram 11,8 mil mortes de crianças e adolescentes de 10 a 19 anos. Vítimas, em sua maioria, são meninos negros e pobres

Relatório sobre os direitos da criança apresentado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) nesta terça-feira (12/11/2019) mostra que, por dia, 32 crianças e adolescentes de 10 a 19 anos são assassinadas no Brasil.

Em 2017, foram 11,8 mil mortes. As vítimas, em sua maioria, são meninos negros, pobres, que vivem nas periferias e em áreas metropolitanas das grandes cidades desprovidas de serviços básicos de saúde, assistência social, educação, cultura e lazer.

De acordo com o relatório do Unicef, que reúne dados de 10 capitais brasileiras, 2,6 milhões de crianças vivem em áreas diretamente afetadas pela violência armada.

Nos últimos 10 anos, o número de homicídios entre adolescentes brancos vem caindo, enquanto o de negros apresenta crescimento. Somente em 2017, os negros representavam 82,9% dos 11,8 mil casos de assassinato entre crianças e adolescentes de 10 a 19 anos no país.

“Reverter esse quadro é urgente. É preciso investir nos territórios mais vulneráveis, com políticas públicas de qualidade, voltadas a cada criança e a cada adolescente, em especial os mais excluídos. Temos que oferecer a eles um ambiente seguro em que possam desenvolver plenamente o seu potencial”, afirmou Florence Bauer, representante do Unicef no Brasil.

Saúde e educação
O relatório do Unicef ainda mostra que, atualmente, há quase 2 milhões de crianças fora da escola. Grande parte delas vem de família de baixa renda.

Além disso, há também crianças que estão na escola, mas com alto índice de reprovação. Em 2018, 3,5 milhões de estudantes de colégios estaduais e municipais foram reprovados ou abandonaram os estudos.

Na área de saúde, o documento chama atenção para a má nutrição. Por um lado, a desnutrição crônica caiu maciçamente, com exceção das crianças indígenas, que registraram uma taxa média de 30% entre os menores de 5 anos, índice que chega a quase 80% entre os Ianomâmis. De outro lado, o Unicef aponta que uma em cada três crianças brasileiras de 5 a 9 anos está com sobrepeso.


(*Metropoles)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Joice Hasselmann apagaposts criticando a ditadura depois de comemorar golpe
Continue lendo
Internacional27 minutos atrás

Brics avançam na cooperação em Ciência e Tecnologia

Na extensa agenda da Cúpula dos Bric que ocorre esta semana em Brasília, os temas de Ciência, Tecnologia & Inovação...

Entretenimento40 minutos atrás

Júlio passa por cirurgia em “Éramos Seis” e deixa sua família preocupada

Em “Éramos Seis”, a saúde frágil de Júlio (Antonio Calloni) deixará toda a sua família preocupada. Depois de ter tido...

Mulher40 minutos atrás

Qual o signo mais buscado na web? Veja ranking e motivos para tanta curiosidade

Qual é o seu signo? Se você é aquele tipo de pessoa que se preocupa com astrologia, costuma ler o...

Mulher40 minutos atrás

Horóscopo do dia: previsões para 13 de novembro de 2019

arrow-options Marcelo Dalla As mandalas são uma representação do mapa astral Veja também: Em que nível de evolução do seu...

Economia3 horas atrás

Tudo sobre o DPVAT:  o que é, quem utiliza e porque Bolsonaro vai acabar com ele

arrow-options Edson Lopes Jr/A2AD Todos os proprietários de veículos do Brasil pagam o seguro DPVAT, extinto pelo presidente por Medida...

Economia3 horas atrás

Desconto no seguro-desemprego pode chegar a 8,14% com novo programa do governo

arrow-options Divulgação Programa Verde Amarelo visa aumentar a abertura de vagas para jovens de 18 a 29 anos O governo...

Economia3 horas atrás

Senado aprova saque do FGTS de R$ 998 e texto segue para sanção de Bolsonaro

arrow-options Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Texto que amplia saque precisa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro O Senado aprovou, em...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana