conecte-se conosco



São Mateus

Drama da Casa Própria: donos de apartamentos ficam a ver navios em São Mateus

Publicado

em

Há dez anos famílias que apostaram em um dia morar no que é seu vivem o drama protagonizado com a construção de prédios do Programa Minha Casa Minha Vida no condomínio Morada do Vale, no Bairro Jaqueline, em São Mateus, região onde está localizado o Fórum da Cidade e o Ministério Público Estadual.

As obras foram iniciadas há dez anos com a garantia da imobiliária de que estaria pronto treze meses depois, mas já se passaram este prazo e o que se vê até agora é frustração de quem pensou que ficaria livre do aluguel, conforme relata Paulo Paiva, um dos que acreditaram que um dia sairia do aluguel e passaria a morar no apartamento que adquiriu, mas que até hoje vive da expectativa de ver o problema resolvido.

Pensar em morar no que é seu, neste caso, acabou levando famílias a perderem as esperanças, mas ainda lutam junto à Caixa Econômica Federal que foi o agente financeiro, à seguradora que teria dado garantia do investimento, e até o Ministério Público, mas nada de solução até agora, conforme revelou Kátia Frias.

Segundo ela, foi criada uma Associação para lutar junto às autoridades no sentido de que a obra seja retomada e os imóveis entregues pronto para morar, mas até agora tudo está na esperança. “Nossa esperança é uma solução mais breve possível para que nossos imóveis sejam liberados”, afirmou. 

 

Comentários do Facebook

São Mateus

Câmara emite voto de pesar aos familiares da ex-vereadora Marluce Pestana Daher

Publicado

em

Manifestando solidariedade aos familiares da procuradora aposentada e ex-vereadora, Marluce Pestana Daher, falecida na última terça-feira (02), o plenário da Câmara de São Mateus aprovou a Moção de Pesar 006/2020, de autoria do vereador Jerri Pereira, assinada pelos demais parlamentares, a ser expedida à família enlutada.

Marluce Pestana Daher foi a única mulher vereadora na História do Município a presidir o Poder Legislativo mateense. Além de ingressar na vida pública e no magistério, se destacou também no Direito, como defensora pública e promotora de justiça, atuando em várias comarcas no Espírito Santo.  Amante da literatura, notabilizou-se como escritora, poetiza, ocupando cadeira na Academia Feminina Espírito-santense de Letras- AFESL.

Considerada uma cidadã notável, deixou sua contribuição e seu legado nas mais diversas áreas onde atuou.

“Através dessa Moção, levamos nossas condolências aos familiares de Dona Marluce Daher neste momento de pesar.   Ela foi e sempre será um exemplo de vida que devemos seguir. Honrou o nome dela, o de sua família e o nome do nosso município, por onde passou. Uma pessoa iluminada que viveu para servir ao próximo. Vamos lembrá-la para sempre, com muito carinho, como pessoa muito querida, uma cidadã ilustre e notável”, disse o vereador Jerri Pereira.

Conduta ilibada

Ao fazer a leitura da Moção de Pesar, o vereador Carlos Alberto ressaltou virtudes de um ser humano de conduta ilibada. “Ela era maravilhosa, foi minha professora de português. Sabia ser brava quando tinha que ser e meiga com a gente ao mesmo tempo. E ela foi a segunda vereadora eleita, aqui desta Casa de Leis e foi também presidente desta Casa, braço de ferro. Vereadores tinham que andar na linha, pois ela  era muito séria, muito certa, muito honesta e muito competente, não é porque faleceu não,  é a verdade.”

Luto oficial

Em decorrência do falecimento da ex-vereadora Marluce Daher, a Mesa Diretora da Câmara de São Mateus decretou Luto Oficial por três dias. Período no qual as bandeiras permaneceram hasteadas a meio-mastro na sede do Legislativo.

A Moção de Pesar foi aprovada por unanimidade na sessão de terça-feira (07).

Biografia

Nascida em São Mateus, Marluce Daher cresceu na Rua do Alecrim, local em que brincava de roda em noites de luar. Foi professora de Língua Portuguesa, advogada, defensora pública e se aposentou como promotora de justiça. Foi a primeira mulher vereadora no município e primeira presidente da Câmara de São Mateus.

Uma de suas grandes paixões era a literatura, foi escritora, poetisa. Em 2019 se tornou membro da AFESL -Academia Feminina Espirito-santense de Letras, titular da “Cadeira 33 – Patrona Argentina Lopes Tristão”, bem como era membro da Academia Mateense de Letras, onde ocupava a “Cadeira 09 – Patrona Cora Coralina”, se destacando como  uma das fundadoras dessa Instituição a qual Marluce Daher presidiu desde a sua fundação até janeiro de 2019. Foi freira por alguns anos, deixando o apostolado para auxiliar a mãe com os irmãos por ocasião do falecimento do se pai.

Foi professora da Rede Estadual de Ensino em São Mateus, de 1970 a 1991, na Escola Ceciliano Abel de Almeida, lecionando Língua Portuguesa. Era graduada em Letras na Faculdade de Filosofia – FAFI, em Vitória, mesmo período em que atuava como advogada, uma vez que se graduou em Direito pela faculdade UNESC de Colatina. Atuou como Defensora Pública em São Mateus de 1978 a 1982.

Em 1991, ingressou no Ministério Público Estadual, exercendo em caráter de provimento efetivo, o cargo de promotor substituto e designada para responder pela Promotoria de Justiça do Grupo de Trabalho da Casa de Detenção. No ano de 1992, foi promovida por antiguidade para o cargo de Promotor de Justiça, atuando nas Comarcas de Dores  do Rio Preto, Baixo Guandu, Cachoeiro de Itapemirim, Domingos Martins, Jaguaré, Nova Venécia, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, São Mateus, Serra, Viana e na Capital do Estado, período em que atuou como Titular do Conselho Estadual do Meio Ambiente (CONSEMA).

Era Conselheira da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Vitória, produtora e apresentadora do programa “Cinco Minutos Com Maria”, na Rádio América de Vitória.

Vida Pública

Tornou-se vereadora na Câmara Municipal de São Mateus, ocupando com excelência a função que o povo mateense lhe outorgou nas urnas, tendo sido eleita para o mandato de 1977 a 1981, estendido até dezembro de 1983, haja vista a prorrogação dos mandatos dos prefeitos e vereadores por mais dois anos, em cumprimento de decisão federal.

Primeira presidente

Foi a única mulher eleita a responder como Chefe do Poder Legislativo, ocupando o posto de Presidente nos anos de 1981 a 1983, “o que o fez com maestria, tamanha sua envergadura moral e postura ilibada como mulher, que sempre se posicionou defensora dos fracos e oprimidos”, ressaltam os membros da Mesa Diretora em suas considerações no Decreto de Luto Oficial.

Minuto de silêncio

Na abertura da sessão desta terça, os vereadores fizeram um minuto de silêncio pela morte de Marluce Pestana Daher e também pelo falecimento da esposa do ex-vereador  Valdemar Morares (Tutu), do distrito de Santa Maria. Maria Lila Pereira faleceu na segunda-feira (06), vítima do coronavírus. Ela é sogra do vereador Doda Mendonça.

“Foram perdas grandes para a nossa cidade. Que Deus conforte o coração dos familiares da ex-vereadora Marluce e da família do ex-vereador Tutu”, disse o presidente da Câmara, Jorginho Cabeção.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Carros e Motos28 minutos atrás

Hyundai lança Creta Limited com motor 1.6 e itens exclusivos

Divulgação Hyundai Creta Limited 2021: nova versão do SUV compacto vem com boa lista de equipamentos de série entre os...

Agricultura28 minutos atrás

Produtores que contrataram seguro rural com o apoio do governo federal receberam R$ 323 milhões em indenizações em 2019

. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou o resultado das indenizações pagas pelas seguradoras para os produtores...

Política28 minutos atrás

Garcia propõe doação de celulares a alunos

. A doação de celulares, tablets e notebooks aos alunos da rede pública de ensino para acompanhamento das aulas virtuais...

Policial28 minutos atrás

Homem é detido com plantação de drogas durante cumprimento de mandado em Marataízes

. Nesta tarde de quarta-feira (08), policiais militares da 9ª Companhia Independente cumpriram mandado de busca e apreensão, expedido pela...

Policial28 minutos atrás

Polícia Militar apreende drogas em Vila Velha

. Durante policiamento realizado nesta quarta-feira (07), militares do 4º Batalhão apreenderam entorpecentes no bairro Cobi de Cima.   Ao...

Entretenimento28 minutos atrás

Atriz de Glee desaparece em passeio de barco na Califórnia

Reprodução Naya Rivera está desaparecida desde a última quarta-feira (8) Na última quarta-feira (8), policiais da Califórnia, nos Estados Unidos,...

Regional55 minutos atrás

Homem é morto com 5 tiros na frene da mãe em Jaguaré

Um assassinato com características de acerto de contas levou ao pânico a mãe de um homem identificado pelas iniciais I.C.M.,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!