conecte-se conosco



Esportes

Dois jogos marcam a volta do Campeonato Catarinense em meio à pandemia

Publicado

em


.

O Campeonato Catarinense está de volta. Depois de o Rio de Janeiro autorizar a realização de partidas de futebol, nesta quarta-feira (8) será a vez de Santa Catarina ver a bola rolar. Às 19h (de Brasília), o duelo entre Criciúma e Marcílio Dias, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), marca a volta do campeonato após 115 dias de paralisação, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Mais tarde, às 20h30 (de Brasília), tem Chapecoense x Avaí na Arena Condá, em Chapecó (SC). São os jogos de ida dos confrontos válidos pelas quartas de final.

Apesar de anunciada há cerca de um mês, a retomada só teve a liberação oficial na segunda-feira (6), com a publicação da portaria 466 no Diário Oficial do Estado. O decreto, assinado pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, autoriza a volta das competições profissionais de futebol, com restrições. Uma delas, que consta no artigo 8º, inciso 29, prevê o afastamento de “todos os atletas e trabalhadores confirmados covid-19, bem como as pessoas que tiveram contato com estes”.

O técnico do Marcílio Dias, Moisés Egert, foi diagnosticado, na segunda-feira, com o novo coronavírus. Em nota, o time de Itajaí (SC) afirmou que Egert estava afastado desde o último dia 28 de junho, quando apresentou “sintomas leves”, mesmo após o primeiro teste ter dado negativo. O clube informou que a equipe será comandada pelo auxiliar Carlos Alberto Teco e que, antes do embarque, o médico Felipe Zamboni “mediu a temperatura corporal e examinou os atletas e comissão técnica, seguindo os protocolos de saúde para o combate à covid-19. Todos os jogadores do elenco estão bem e aptos à prática do futebol”, completou o informe.

Em entrevista coletiva, o técnico do Criciúma, Roberto Cavalo, confirmou o time que irá à campo nesta quarta-feira. “Estamos preparados e treinamos para jogar. Até porque serão feitos exames nos atletas e na comissão técnica, tanto do Criciúma quanto do Marcílio Dias. Então, dá uma certa tranquilidade”, disse, embora demonstre preocupação com a volta da competição propriamente dita. “Hoje, a covid-19 está muito forte no estado, principalmente em Itajaí, Camboriú e Florianópolis. Sabemos do tamanho do vírus e vamos fazer um jogo que a federação definiu”, declarou.

Por um lado, Santa Catarina tem a segunda menor taxa de mortalidade pelo novo coronavírus do país (5,8/100 mil habitantes) e é um dos cinco estados com menor taxa de incidência (casos por 100 mil pessoas). É uma situação mais controlada que no Rio de Janeiro, onde a bola voltou a rolar há quase três semanas, apesar de a taxa de mortalidade (63/100 mil) ser o dobro da média nacional (31,8/100 mil), conforme dados do Ministério da Saúde desta quarta.

Não significa, de fato, que a pandemia esteja totalmente administrada. A semana entre 28 de junho e 4 de julho foi a que registrou mais mortes pela covid-19 em Santa Catarina, com 71 óbitos. A capital Florianópolis, que nem é a cidade com mais casos no estado, está com mais de 94% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados segundo o Covidômetro, plataforma da prefeitura com dados sobre o novo coronavírus na cidade. Ele indica que o município está na fase de “alto risco”, que permite o funcionamento limitado de algumas atividades.

Pela tabela do Covidômetro, a “prática esportiva ao ar livre” está proibida nesta etapa. A prefeitura, porém, emitiu um decreto, também na segunda-feira, autorizando “jogos de futebol profissional, sem a presença física de torcida, mediante testagem PCR negativa para SARS-CoV-2 de todos os profissionais antes das partidas”. A medida permite que os representantes da capital, Figueirense e Avaí, possam mandar seus duelos nos estádios Orlando Scarpelli e Ressacada, respectivamente.

A realização de jogos com portões fechados também é exigência da portaria estadual 466. O Criciúma, em nota, disse ter tentado viabilizar a presença de torcedores contra o Marcílio Dias, alegando ter feito “inúmeros procedimentos de segurança sanitária” e elaborado “um protocolo muito rígido de distanciamento nas arquibancadas”, mas, que o pedido foi indeferido. “Continuaremos buscando alternativas para que, nos próximos jogos, possamos receber nossa torcida no estádio Heriberto Hülse de forma segura e de acordo com as deliberações das autoridades”, completa o Tigre.

Para compensar as arquibancadas vazias, colecionadores ofereceram ao Criciúma camisas para ocuparem as cadeiras do estádio. Já a Chapecoense fechou parceria com uma empresa que instalará um telão de 60 metros quadrados na ala leste da Arena Condá, contra o Avaí. O telão projetará imagens, em tempo real, de torcedores acompanhando a partida de casa. O público terá acesso à tecnologia por meio de um link, que “será disponibilizado de forma gratuita para os sócios e para os torcedores em geral”, por ser a primeira experiência.

Reta final

A bola parou de rolar pelo Catarinense em 15 de março, quando foi disputada a última rodada da primeira fase. Pela ordem de classificação, Avaí, Brusque, Figueirense, Marcílio Dias, Criciúma, Juventus, Joinville e Chapecoense se classificaram para o mata-mata. Além das partidas desta quarta, teremos jogos na quinta-feira (9): às 15h (de Brasília), Juventus e Figueirense se enfrentam no estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC); às 19h (de Brasília), o Joinville recebe o Brusque, em sua arena. Os jogos de volta estão marcados para domingo (12). Em caso de igualdade nos duelos, a decisão da vaga sairá nos pênaltis.

Já Concórdia e Tubarão se enfrentam em dois jogos, marcados para os próximos dias 14 e 19 de julho, no playoff do rebaixamento. A equipe que obtiver melhor resultado nas partidas segue na elite estadual. Em caso de empate no saldo de gols, o Concórdia permanece na primeira divisão, já que fez campanha melhor que o rival na primeira fase.

Edição: Sergio du Bocage

Comentários do Facebook

Esportes

ATP e WTA anunciam cancelamento de competições na China

Publicado

em


.

A Associação de Tenistas Profissionais (ATP) e a Associação de Tênis Feminino (WTA) anunciaram nesta sexta (24) que cancelaram os campeonatos programados para acontecerem na China no ano de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Segundo nota divulgada pela ATP, a decisão foi tomada após o Governo da China decidir no início do mês que “nenhum evento esportivo internacional aconteça na China pelo restante do ano”.

Assim, eventos da ATP como o Shanghai Masters (único Masters 1000 da Ásia), o China Open (do ATP 500), e o Chengdu Open (do ATP 250) não ocorrerão em 2020.

O mesmo vale para competições da WTA como o China Open, o Jiangxi Open e o Guangzhou Open.

“É com pesar que anunciamos que os torneios ATP não serão disputados na China este ano”, disse o presidente da ATP, Andrea Gaudenzi.

“Nossa abordagem ao longo desta pandemia sempre foi seguir a orientação local ao realizar eventos. Respeitamos a decisão do governo chinês de fazer o melhor para o país em resposta à situação global sem precedentes”, conclui o dirigente.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários do Facebook
Continue lendo
Estadual5 minutos atrás

Estado iniciará nova fase do Inquérito Sorológico da COVID-19 na segunda-feira (27)

. O Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), dará início a fase 2 do Inquérito...

Economia5 minutos atrás

Netflix gera mais de US$2,34 milhões de receita por funcionário

Unsplash/freestocks.org Netflix tem maios rendimento por funcionário entre empresas de tecnologia A Netflix teve receita de mais de US$2,34 milhões...

Saúde5 minutos atrás

MPs para enfrentamento à covid-19 são prorrogadas por 60 dias

. Cinco medidas provisórias foram prorrogadas pelo presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), nesta sexta-feira (24). Na lista...

Estadual8 minutos atrás

ES iniciará nova fase do ‘Inquérito Sorológico’ da Covid-19 na segunda-feira

Ação vai acontecer em São Mateus e mais 12 municípios do Estado. O Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria...

Entretenimento20 minutos atrás

Conselho de Educação Física acusa Claudia Raia de exercício ilegal da profissão

Claudia Raia foi denunciada ao Conselho Regional de Educação Física (CREF1) por atuar irregularmente na função de educador físico em...

Mulher20 minutos atrás

Alunos criticam curso de Luccas, maquiador que viralizou na web com challenge

Reprodução/Instagram Luccas Luccas ficou muito conhecido nas redes sociais depois de viralizar o “Evoluiu Challenge”, no qual vários internautas mostravam o processo...

Economia20 minutos atrás

Ganhador da loteria divide R$ 86 milhões com amigo após promessa de 28 anos

    Um ganhador da loteria dos Estados Unidos , mais precisamente do estado de Wisconsin, irá dividir seus milhões...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!