conecte-se conosco


Nacional

Do Recife a Brasília: 2 mil quilômetros de histórias e luta feminista

Publicado

em

Mulheres marcham de Recife a Brasília arrow-options
Inês Campelo/MZ Conteúdo
Mulheres marcham de Recife a Brasília

No final de julho deste ano, quando a cobertura da Marcha das Margaridas , em Brasília, era apenas uma possibilidade que estávamos articulando na Marco Zero com a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Pernambuco (Fetape), eu escutei da diretora de Política para as Mulheres da entidade, Adriana do Nascimento, a frase: “a viagem em si já é uma peleja”. Na hora, eu concordei, mas não me detive àquela afirmação. Continuei perguntando sobre os detalhes que estavam sendo orquestrados para a mobilização e seguimos a entrevista.

De lá para cá, as conversas foram muitas, as pautas definidas e decidimos que o especial dessa cobertura seria acompanhar as mulheres e vivenciar a 6ª Marcha das Margaridas desde o percurso do Recife até o Distrito Federal e o ato na Esplanada dos Ministérios, que acontecerá na manhã da quarta-feira (14). Planejamos um diário de bordo e embarcamos no ônibus 3, do Recife em direção ao Agreste Meridional, em que a maioria das passageiras vinha dos municípios de Bom Conselho e Caetés. Passamos cerca de 45 horas na estrada percorrendo 2.272 quilômetros, entre uma parada e outra, para comer, tomar banho e seguir o caminho.

Foi na terceira parada, em um posto do município de Paulo Afonso, na Bahia, que senti o primeiro estalo na minha mente e a fala de Adriana passou a fazer ainda mais sentido. Eu e a fotógrafa Inês Campelo começamos a viver o cansaço e o desconforto de quem dorme e acorda em um ônibus e, junto às companheiras de viagem, tem que escolher a prioridade naquele momento, já que o tempo é curto e a demanda, intensa. O nosso ônibus fazia parte de um comboio com mais três veículos que levavam em média 40 pessoas cada um.

Entre o enjoo e a dor de cabeça, a necessidade de fazer uma refeição em vez de um lanche, eu entrevistava mulheres agricultoras de luta rumo à maior mobilização feminista da América Latina. E, justamente nesses momentos, eu conseguia virar uma chave dentro do meu coração e viver o instante presente que me contava sobre uma peleja de fato real. Não escutei reclamação alguma dessas mulheres. Pedi que elas definissem a Marcha das Margaridas em uma palavra e elas me disseram: resistência, força, igualdade e esperança. Elas se sentem mais fortes, mesmo diante do desmonte das políticas públicas que interferem diretamente no dia a dia de cada uma.

Leia mais:  Decreto sobre porte de armas permite criança praticar tiro sem aval judicial

Falo da dificuldade de acesso das agricultoras à Previdência Pública, como elas me relataram nesses últimos dois dias. Falo também da falta dos médicos cubanos, que não mais atuam nas zonas rurais mais distantes da capital, ou em comunidades quilombolas, por exemplo. O difícil acesso ao Pronaf Mulher e ao Pronaf Jovem, que são programas de financiamento voltados para agricultoras e jovens agricultores.

A situação tem piorado dessa forma desde o golpe que depôs a ex-presidenta Dilma Rousseff (PT). As margaridas, esse ano, trazem uma plataforma política dirigida à sociedade brasileira, diferente das cinco marchas anteriores quando as reivindicações foram feitas ao governo federal. Como disse a diretora de Organização e Formação da Fetape, Janusi Marques, durante ato pela soltura do ex-presidente Lula (PT), no município de Águas Belas, no sertão pernambucano, “a marcha desse ano é de pressão e denúncia”. Denúncia da falta de diálogo com o governo Jair Bolsonaro, denúncia do desmonte da agricultura familiar no país e sobre a importância da liberdade de Lula no processo de resgate da democracia brasileira.

Marcha das Margaridas arrow-options
Inês Campelo/MZ Conteúdo
Pessoas de todas as regiões do país já ocupando o pavilhão do Parque da Cidade

Ao final do percurso, quando chegamos no Parque da Cidade, em Brasília, reencontrei Adriana e contei rapidamente como foi a viagem. Ela me respondeu sorrindo e afirmando que já estava “calejada” depois de tantas marchas. Encontrei também Rani de Mendonça, uma amiga feminista e jornalista, que na semana passada me explicou como a Reforma da Previdência de Bolsonaro é também um golpe de desmobilização nos movimentos sindicais dos meios urbanos e rurais e me fez entender melhor sobre como o governo se utiliza de meios rasteiros e covardes para tirar os direitos do povo.

Leia mais:  Damares diz temer ativismo do STF e avisa: “Aborto é tema do Congresso”

Com calma, acabo de ler o texto publicado pela Marco Zero em parceria com o SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia e reafirmo o quanto é histórico o que estamos vivendo essa semana. Escrevo enquanto converso com Inês e mais uma vez ela me conta o quão emocionante foi a ciranda do Agreste pernambucano que aconteceu no município de Barreiras (BA), na tarde da última segunda, durante uma parada para esticar as pernas.

Eu sinto que somos todas uma força-tarefa. Pela primeira vez, eu piso em Brasília , e é com as pessoas certas. Dedico esse diário de bordo a todas elas.

Mulheres seguram a bandeira da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Pernambuco (Fetape) arrow-options
Inês Campelo/MZ Conteúdo
Mulheres seguram a bandeira da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Pernambuco (Fetape)


Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Suspeito de roubos na Estrada dos Bandeirantes neste sábado é preso pela PM

Publicado

em

source
Celulares em cima de carro arrow-options
Reprodução

Suspeito foi preso após roubar vários celulares

Foi preso neste sábado um suspeito de realizar vários assaltos na Estrada dos Bandeirantes , em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. Ele foi conduzido por policiais militares do 31º BPM (Barra da Tijuca) para a 16ª DP, onde o caso foi registrado. As vítimas também compareceram à delegacia.

Segundo a PM, o suspeito teria assaltado pessoas em ponto de ônibus ou caminhando pela rua junto com outros dois homens, que conseguiram fugir. O trio teria saído da Cidade de Deus.

O ladrão estava em um carro, que foi apreendido, assim como os aparelhos celulares que estavam no interior do veículo.

Leia também: Tiroteio fecha a Rodovia Rio-Santos na altura de Angra dos Reis

Em nota, a Polícia Militar informou que uma equipe do 31º BPM foi acionada para uma ocorrência de roubos na Estrada dos Bandeirantes. Após realizar um cerco tático, os PMs localizaram e abordaram um veículo com as mesmas características ditas pelas testemunhas.

Mais um suspeito de roubos foi preso em Jacarepaguá

Também em Jacarepaguá, outro suspeito de assalto foi preso neste sábado. A ocorrência foi na comunidade Gardênia Azul. Com ele, foram apreendidos quatro celulares e uma réplica de pistola.

Após realizarem um cerco tático, policiais militares do 18º BPM (Jacarepaguá) levaram o homem à 32 ª DP (Taquara), onde verificaram que ele já tinha duas anotações criminais.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Damares diz temer ativismo do STF e avisa: “Aborto é tema do Congresso”
Continue lendo
Tecnologia40 minutos atrás

De graça! Veja 17 aplicativos e games gratuitos para Android por tempo limitado

arrow-options Unsplash/Luke Porter Confira aplicativos e jogos gratuitos para Android Os aplicativos permitem que os smartphones façam as tarefas mais...

Tecnologia40 minutos atrás

O que é Deepfake? Saiba como funciona e porque tecnologia pode afetar a política

arrow-options Reprodução/Youtube/Bruno Sartori Políticos como Jair Bolsonaro são alvos constantes de deepfake Jair Bolsonaro cantando Xibom Bombom. Mark Zuckerberg admitindo...

Estadual40 minutos atrás

Governador visita evento de inovação e empreendedorismo em Vitória

O governador do Estado, Renato Casagrande, visitou, neste sábado (7), o Circuito Startup Summit, um evento sobre inovação, empreendedorismo e...

Entretenimento53 minutos atrás

Festival: Wesley Safadão reúne grandes nomes com edição de Garota Vip em SP

O fim de ano se aproxima e a contagem regressiva para o festival Garota Vip , em São Paulo, não...

Entretenimento53 minutos atrás

Arte indígena ganha destaque no Tomie Ohtake em São Paulo

Começou, na última sexta-feira (06), a 2ª edição da mostra “Matriz Brasileira”, que traz para São Paulo produtos artesanais desenvolvidos...

Política2 horas atrás

Patacoadas presidenciais: entre falácias e teorias, Bolsonaro coleciona críticas

arrow-options Antonio Cruz/Agência Brasil Desde o início do governo Bolsonaro, os brasileiros assistem a um aparelhamento ideológico descontrolado. Desde o...

Internacional5 horas atrás

Irã e Estados Unidos trocam prisioneiros após meses de tensão

O Irã e os Estados Unidos (EUA) fizeram neste sábado (7) uma troca de prisioneiros, em um avanço diplomático raro...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana