conecte-se conosco


Variedades

DNA confirma que professora de 35 anos teve filho com aluno de 13

Publicado

em

ROMA (ITA) – A Promotoria da cidade italiana de Prato (centro) abriu uma investigação contra uma professora de 35 anos depois que um teste de DNA demonstrou que o filho ao qual deu à luz há alguns meses é de um ex-aluno adolescente.

A professora dava aulas particulares de inglês para jovem no final de 2017 e um ano depois teve um filho que agora o DNA provou ser do menor, que na época tinha 13 anos, segundo indicou a Promotoria.

A mulher, que deu à luz no outono (hemisfério norte) de 2018, foi interrogada na segunda-feira (11) durante três horas para dar sua versão dos fatos.

A família se deu conta de que o adolescente vivia momentos de inquietação e nervosismo e este acabou reconhecendo que tinha mantido relações sexuais com a professora e que ela tinha informado que o filho ao qual deu à luz era seu.

Foi então quando a família do menor decidiu denunciar a docente, com a qual mantinha uma relação de amizade.

A Promotoria dessa cidade toscana abriu uma investigação pelo possível crime de “atos sexuais com menores”, que pode acarretar em penas de entre três e seis anos de prisão.

A mulher pediu para falar com os promotores e no fim de semana passado aceitou submeter seu filho a um exame genético que certificou a paternidade do adolescente, de acordo com as mesmas fontes.

Agora as autoridades tratam de reconstruir todos os fatos, entre outras coisas, com o material que recuperem de seus respectivos telefones celulares.

A professora deu seu testemunho acompanhada pelo seu atual companheiro, que reconheceu o bebê como o seu filho.


(*R7 e Folha do ES)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Jovem é morta a pedradas em distrito de Alegre
publicidade

Variedades

Cobrador poliglota vira Assessor de Relações Internacionais do Rio

Publicado

em

Um brasileiro de 44 anos, que é poliglota e trabalhou durante 10 anos como cobrador de ônibus para sustentar a família, viu sua história mudar do dia para a noite.

Edmilson Antonio da Silva conseguiu a oportunidade que precisava e agora é o novo Assessor de Relações Internacionais da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro.

Tudo graças a um post que uma amiga dele, chamada Bárbara Costa, fez no Facebook. Ela contou que Edmilson fala 10 línguas e as habilidades que desenvolveu ao longo da vida.

“Edmilson, um cara de origem humilde, superou muitas dificuldades no seu caminho hoje é poliglota e formado em Relações Internacionais pela Universidade Catolica de Petrópolis, trabalhando de cobrador de ônibus com maior orgulho, mas merece muito mais. VAMOS JUNTOS OPORTUNIZAR UMA CHANCE PARA ESSE GUERREIRO”, escreveu Bárbara no post.

A história do morador de Petrópolis viralizou nas redes sociais no mês passado.

A publicação chegou até a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro.

Edmilson foi chamado para uma entrevista de emprego foi contratado para o cargo de Assessor de Relações Internacionais.

Ele assumiu o posto na última quarta-feira, dia 15, todo feliz.

“Isso que é o legal, é o momento de aproveitar. O trabalho todo tem tudo a ver com o que eu estudei. Fui muito bem recebido pelo pessoal, show de bola!”, disse Edmilson.

E ele dá o toque: não perca a esperança, nem deixe de acreditar nos seus sonhos

“Eu acreditei, né, cara?! Eu estudei, me preparei, se não fosse isso, eu teria desistido. A pessoa tem que estar preparada e focar naquilo que ela quer. Agregar valores ao currículo. Quando a porta abre, você tem que estar qualificado. Sempre acreditei que estudar me levaria a altos patamares”, afirma.

E ele não para por aí.

Agora Edmilson sonha em “Chegar ao Itamaraty”.

Edmilson e Bárbara no ônibus - Foto: reprodução Facebook
Edmilson e Bárbara no ônibus – Foto: reprodução Facebook

História

De início, Edmilson começou a trabalhar aos 8 anos de idade como vendedor de mariolas, um doce feito de banana, caju ou goiaba.

Com 14, estudava e trabalhava entregando folhetos de propaganda na Rua Teresa, para ajudar a sustentar a família.

Quando terminou o ensino médio e aprendeu inglês. Aos fez 21 anos, fluente autodidaticamente em inglês, começou a cursar gratuitamente japonês.

Em 2000, terminou o curso e ganhou uma bolsa de estudos para o Kumon de japonês.

Ao mesmo tempo, cursou espanhol e inglês (outra vez), ao passo que trabalhava como cobrador de ônibus em Petrópolis.

Depois trabalhou como zelador na Universidade Católica de Petrópolis (UCP), onde ganhou uma bolsa de estudos na graduação de Relações Internacionais.

Conciliava as salas de aula com as limpezas dos corredores da faculdade. Mais: ainda dava aulas de japonês nas horas vagas.

Em 2010, foi o único negro a se formar no curso, realizando o sonho de graduar-se no ensino superior.

Infelizmente, após a graduação, seus esforços e currículos não foram suficientes para garantir-lhe um bom emprego e o pai de família poliglota voltou a trabalhar como cobrador de ônibus na Linha 10 de Petrópolis.

cobrador-amiga


(*Noticia Boa)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Caminhão tomba e deixa dois feridos na BR-101
Continue lendo
Nacional33 minutos atrás

Vizinho dava biscoito para estuprar menina de 10 anos

Os abusos aconteciam no quintal da casa da menor quando a mãe dela ia trabalhar. O vizinho levava biscoitos e...

Nacional37 minutos atrás

Homem joga cadeira em ladrão para proteger família durante assalto e é morto.

Família estava jantando em casa quando foi abordada por dupla armada que fez todos reféns. Sogro do homem que foi...

Esportes10 horas atrás

Com um a menos, Atlético-MG vence Flamengo e assume vice-liderança

Divulgação O jogador Cazares, do Atlético-MG, fez um dos gols no Flamengo nesta noite de sábado (18) Em uma noite...

Esportes10 horas atrás

Palmeiras domina, goleia o Santos e se isola na liderança do Brasileiro

Cesar Grego/ Ag. Palmeiras/ Divulgação Deyverson fez um dos gols do Palmeiras no jogo contra o Santos neste sábado (18)...

Nacional10 horas atrás

Simulação de evacuação em Barão de Cocais tem menos de 30% do público esperado

Divulgação/Vale Existe a previsão de que a barragem de Barão de Cocais pode se romper a qualquer momento entre os...

Nacional10 horas atrás

Acumulou! Prêmio da Mega-Sena pode pagar R$ 12 milhões na quarta-feira

iG São Paulo Para concorrer ao prêmio da Mega-Sena, é preciso escolher pelo menos seis números entre os 60 disponíveis...

Estadual10 horas atrás

Chuvas fortes causam alagamento e deixam 70 desabrigados em Vila Velha

Reprodução/Twitter Chuvas fortes na madrugada e manhã de sábado (18) causaram alagamentos e deixaram 70 desabrigados Fortes chuvas na madrugada e...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana