conecte-se conosco



Nacional

Divididos, caminhoneiros anunciam greve nacional para o próximo dia 26

Publicado

em

Reprodução: Internet

A categoria cobra promessas não cumpridas por Bolsonaro, como a redução do preço dos combustíveis

Cinco meses após a tentativa mal-sucedida de uma paralisação, os caminhoneiros anunciam greve nacional a partir da meia-noite da próxima segunda-feira (26/7). A categoria cobra promessas “não cumpridas” pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que recebeu muitos votos dos motoristas de caminhão nas eleições de 2018.Dentre as cobranças, estão a redução do preço dos combustíveis, a efetivação do piso mínimo e a liberação de pedágio para veículos sem carga.

Em fevereiro, o movimento de greve não vingou porque entidades de classe próximas ao governo e caminhoneiros simpatizantes de Bolsonaro encararam a proposta como protesto político. Segundo a reportagem do UOL, a divisão da classe continua, mas a expectativa é que a adesão agora seja maior.

“Temos muitas entidades que na outra oportunidade foram contra a paralisação e dessa vez estão a favor”, diz José Roberto Stringasci, presidente da Associação Nacional do Transporte no Brasil. “Viram que se não fizermos algo, a categoria do caminhoneiro autônomo será extinta”.

Pelas mensagens em grupos de WhatsApp, rede social que serve como principal meio de mobilização da categoria, os organizadores apostam que o movimento será grande, pois a insatisfação dos caminhoneiros com o governo só aumenta.

“Tivemos uma reunião no dia 29 com o presidente da Petrobras, general Silva e Luna, para mostrar nossa preocupação com o preço dos combustíveis”, conta Plinio Dias, presidente do Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Carga (CNTRC).

“O que tivemos desde então foi um novo aumento”. Para Dias, os motoristas não veem sentido na argumentação do presidente Bolsonaro, que culpa os tributos cobrados por governadores pelo aumento do preço dos combustíveis.

“Quem manda na Petrobras é o presidente, ele pode acabar com o preço de paridade internacional”, argumenta o presidente da CNTRC. “Bolsonaro disse que ia apoiar os caminhoneiros, mas nunca fez nada por nós. Muitos motoristas se arrependem de ter apoiado ele”.

Junior Almeida, presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga de Ourinhos e Região, por sua vez, acredita que a paralisação não vai vingar.

“Não há união nem para ajudar um companheiro na estrada, como vão falar em greve?”, criticou ele, em vídeo publicado no Instagram.

Apoiadores do presidente Bolsonaro infiltrados nos grupos de mensagem dos profissionais enviam textos desencorajando a paralisação.

“A gente está calejado, já sabemos quem está vendido e quem está comprado”, garante Gilson José da Cruz, o Mazzaropy, diretor da Cooperativa de Transportadores Autônomos de Carga do Brasil.

“A maior parte da categoria sabe que daquilo que o presidente prometeu ele não fez nada. Tenho colegas que estão com o caminhão parado porque não têm dinheiro para manutenção”.


(*Metrópoles)

Comente Abaixo
Saúde14 minutos atrás

Rio: 24 cidades estão sem mortes por covid-19 há duas semanas    

Dos 92 municípios do estado do Rio, 24 estão há duas semanas sem registrar mortes por covid-19. O levantamento é...

Nacional14 minutos atrás

Avião retorna a aeroporto após passageira se recusar a usar máscara durante voo

reprodução / Twitter Passageira se recusou a usar máscara de proteção contra a Covid-19 durante voo Na madrugada desta sexta-feira...

Nacional14 minutos atrás

Deputados do PT protocolam notícia-crime contra Bolsonaro

Reprodução/Youtube Presidente Jair Bolsonaro fala durante sua live Um grupo de deputados federais do Partido dos Trabalhadores (PT) protocolou uma...

Internacional45 minutos atrás

Em caso raro, bebê nasce com feto não desenvolvido do irmão gêmeo no estômago

Kaique Lima Bebê nasce com feto não desenvolvido do irmão gêmeo dentro do estômago Um caso extremamente raro aconteceu com...

Mulher45 minutos atrás

Candidíase: excesso de roupas no inverno pode favorecer a infecção

Reprodução: Alto Astral Candidíase: excesso de roupas no inverno pode favorecer a infecção Muito se fala sobre os problemas íntimos...

Saúde49 minutos atrás

Fiocruz entrega 2,2 milhões de doses de vacinas ao PNI

O Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) entregou 2,2 milhões de doses da vacina contra...

Estadual1 hora atrás

Justiça Estadual inicia na próxima terça-feira (03/08) júri popular do caso Gerson Camata

O julgamento de Marcos Venício Moreira Andrade terá início às 9h, no Fórum Criminal de Vitória. Começa na próxima terça-feira,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!