Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
conecte-se conosco


Nacional

‘Dispenso os votos de quem pratica violência contra a oposição’, diz Bolsonaro

Publicado

em


Jair Bolsonaro tem campanha centrada na internet e teve que engrossar seu discurso sobre a violência política
Reprodução/Youtube

Jair Bolsonaro tem campanha centrada na internet e teve que engrossar seu discurso sobre a violência política

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, afirmou, na noite desta quarta-feira (10), que é contra qualquer ato de violência política contra pessoas que não pretendem votar nele no segundo turno das eleições 2018 . Segundo o presidenciável, quem adota tais atitudes pelas ruas pode deixar de dedicar seus votos a ele, pois a campanha do PSL ‘dispensa estes votos’.

“Dispensamos voto e qualquer aproximação de quem pratica violência contra eleitores que não votam em mim”, escreveu Bolsonaro nas redes sociais, frente aos episódios de violência política . “A esse tipo de gente, peço que vote nulo ou na oposição por coerência, e que as autoridades tomem as medidas cabíveis, assim como contra caluniadores que tentam nos prejudicar”, completou.

A declaração de Bolsonaro vem depois de uma sequência de relatos de violência atribuídos, principalmente, a seus apoiadores. No último domingo (7), um mestre de capoeira foi morto, na Bahia, por um apoiador de Bolsonaro , após uma discussão política. 

Na última terça-feira (9), perguntado sobre o episódio, o candidato havia dito que lamentava o fato, mas afirmou que não tinha responsabilidade pelos atos dos seus seguidores. “Quem tomou a facada fui eu, pô! O cara lá que tem uma camisa minha, comete lá um excesso. O que eu tenho a ver com isso? Eu lamento” disse o candidato. “Peço ao pessoal que não pratique isso, mas eu não tenho controle sobre milhões e milhões de pessoas que me apoiam”, disse.

Leia mais:  Pedestre morre atropelado por carreta na BR-101

Cerca de 50 episódios de violência política 


Violência política em Porto Alegre: jovem é agredida por apoiadores de Bolsonaro,  que gravaram o símbolo do nazismo na pele da vítima
Reprodução

Violência política em Porto Alegre: jovem é agredida por apoiadores de Bolsonaro, que gravaram o símbolo do nazismo na pele da vítima

Na noite desta segunda-feira (8), uma jovem de 19 anos registrou um boletim de ocorrência em Porto Alegre . Ela, que usava uma camiseta com a estampa “#Elenão”, em repúdio ao presidenciável, afirmou ter sido agredida por três homens que se indentificavam como  apoiadores de Bolsonaro .

Eles a agrediram e, com um estilete, gravaram uma suástica – o símbolo do nazismo – em sua pele. A polícia a acompanhou em um exame de lesão corporal, e a jovem passa bem.

Frente à continuação destes episódios, o discurso de Bolsonaro teve que endurecer. De acordo com a Agência Pública, apoiadores do presidenciável realizaram pelo menos 50 ataques em todo o País desde as eleições.

O primeito turno foi realizado no domingo (7), com 13 candidatos. Bolsonaro venceu com 46,03% dos votos válidos. Haddad terminou com 29,28%. Ambos vão disputar a corrida presidencial no segundo turno.

Leia também: Bolsonaro ainda não pode ir a debate ou fazer campanha, dizem médicos

Apesar da recomendação médica de evitar um ritmo mais acelerado de atividades, Bolsonaro convocou um ato político no Rio nesta quinta-feira (11). Por meio de interlocutores, o candidato convocou os eleitos pelo PSL e partidos coligados para o evento, às 14h, no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca. A expectativa, segundo apoiadores, é reunir 380 pessoas.

No evento, será transmitido um discurso do candidato destacando a importância do engajamento no segundo turno. Espera-se que ele fale também a respeito da escalada de violência política após o primeiro turno e que critique aqueles que estão agredindo a oposição na rua.

Leia mais:  Resultados do Fies 2018 serão divulgados hoje; saiba como garantir sua inscrição

* Com informações da Agência Brasil.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Bolsonaro nega que Michelle queira remover obras sacras: “Querem nos desgastar”

Publicado

em


Segundo informações repercutidas, a esposa de Jair Bolsonaro teria pedido para retirar obras sacras do Palácio da Alvorada
Reprodução/Flickr

Segundo informações repercutidas, a esposa de Jair Bolsonaro teria pedido para retirar obras sacras do Palácio da Alvorada

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, negou nesta terça-feira (18), em sua conta do Twitter, que sua esposa, Michelle Bolsonaro, retiraria imagens sacras do Palácio da Alvorada, a futura residência dos dois em Brasília. 

Leia também: Casa Branca informa que Trump não virá para a posse de Bolsonaro como presidente

Jair Bolsonaro é católico, enquanto Michelle é evangélica. Em seu Twitter, o presidente eleito disse que a “acusação” não é verdade e que “criam narrativas” para desgastá-lo a todo o custo. A informação de que a futura primeira-dama tiraria imagens católicas da residência oficial foi obtida pelo jornal Folha de S.Paulo , que conversou com funcionários do local. 

Segundo os relatos de três funcionários, Michelle teria pedido a transferência das obras para o Palácio do Jaburu. Hoje, a residência oficial tem cinco peças de simbologia católica, um par de anjos barrocos tocheiros, na biblioteca, e quatro estátuas de santos nas salas de música e de estado.

Uma delas é uma representação em madeira de Santa Bárbara. Segundo a Folha , o vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, teria confirmado que a obra seria transferida. “Uma imagem de Santa Bárbara irá para o Palácio do Jaburu. Ela é, inclusive, padroeira da artilharia”, disse. 

Leia também: “Tem como explorar”, diz Bolsonaro sobre reserva indígena Raposa Serra do Sol

Leia mais:  Skaf ultrapassaDoria, mas empate técnico persiste, aponta Ibope

As denominações evangélicas não costumam adorar imagens de santos porque seguem o mandamento bíblico de não fazer “imagem de escultura” do que “há em cima nos céus”.  O presidente Michel Temer também fez modificações na decoração da residência oficial. No caso dele, quando assumiu, pediu a troca dos sofás por cores mais claras.

Após a repercussão da reportagem sobre a mudança das obras com motivos sacros, o Palácio do Planalto informou, por meio de nota, que “não há pedido sobre a transferência de local”.

Hoje, a 15 dias da cerimônia de posse de  Jair Bolsonaro , agendada para o dia 1º de janeiro de 2019, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, o Palácio do Planalto divulgou a sua estimativa de público. Segundo o governo, são esperadas entre 250 mil e 500 mil pessoas no evento. 

Continue lendo
Entretenimento8 minutos atrás

Claudia Raia e Miguel Falabella são condenados a pagar indenização milionária

Na última quarta-feira (12), o Superior Tribunal de Justiça negou o recurso dos atores Claudia Raia e Miguel Falabella em...

Entretenimento8 minutos atrás

Giovanna Ewbank posa de bumbum empinado e faz sucesso nas redes sociais

Giovanna Ewbank compartilhou um registro de seu bumbum empinadinho nesta manhã de terça-feira (18) em sua conta do Instagram , e...

Política8 minutos atrás

Diplomação em SP é marcada por briga entre Alexandre Frota e filiado do PSOL

Reprodução Alexandre Frota e Jesus dos Santos trocaram empurrões durante diplomação A diplomação do governador eleito João Doria (PSDB), seu...

Economia15 minutos atrás

Com reajuste de salário mínimo, México pretende “quitar dívida histórica”; veja

Divulgação/Twitter México anunciou reajuste do salário mínimo, e ministra fala em “quitar dívida histórica” com os trabalhadores O governo, empresários...

Esportes26 minutos atrás

Conmebol divulga calendário da Copa América 2019; Confira horários e partidas

Reprodução Copa América do Brasil, em 2019, começa no dia 14 de junho e vai até 07 de julho Nesta...

Nacional27 minutos atrás

Bolsonaro nega que Michelle queira remover obras sacras: “Querem nos desgastar”

Reprodução/Flickr Segundo informações repercutidas, a esposa de Jair Bolsonaro teria pedido para retirar obras sacras do Palácio da Alvorada O...

Carros e Motos37 minutos atrás

Loja para quem gosta de carros clássicos é inaugurada em São Paulo

Se você é fã da linha retrô automobilística , não pode perder a oportunidade de visitar a Cia 66 Motorsports,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana