conecte-se conosco



Política

Dilma defende Evo Morales e é retuitada por Maduro

Publicado

em

source
Maduro retuitou ex-presidente arrow-options
Reoprodução/Twitter

Maduro retuitou ex-presidente

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) defendeu nesta sexta-feira (21) em seu Twitter o ex-presidente da Bolivia Evo Morales, por esse ter sido proibido de disputar as eleições em seu país natal. O tuíte da petista rendeu o retuíte do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, considerado por muitos um líder autoritário.

Leia também: Bolívia ainda não decidiu se Evo Morales pode se candidatar às eleições

Evo desejava disputar uma vaga no Senado boliviano nas eleições que ocorrem no próximo três de maio no país latino, mas teve sua candidatura invalidada pela justiça que alegou que o ex-presidente não morava mais no estado de Cochabamba, por onde queria se candidatar, e dessa forma não cumpria o requisito de “residência permanente” necessário para participar das eleições. Dilma classificou a justiça do país como golpista.

“Agora, a justiça dominada pelos golpistas veta a candidatura de Evo ao Senado, alegando que ele não vive mais em Cochabamba. Como poderia, se foi expulso do país por um golpe ? Este veto mostra que a eleição promovida pelos que destruíram a democracia pode tornar-se uma farsa”, escreveu a ex-presidente, em uma leve referência ao seu processo de impeachment.

Evo está atualmente exilado na Argentina. Ele renunciou seu cargo em novembro de 2019 por pressão popular e das Forças Armadas bolivianas, depois de ter vencido as eleições em outubro, que foram considerada fraudadas. Se ele tivesse assumido, esse seria seu quarto mandato consecutivo, algo que também é questionado pelas leis do país. Na Bolívia, Evo sendo processado por “rebelião e terrorismo”  por suposta participação em protestos após ter renunciado.

Leia também: Evo Morales diz que, legalmente, continua sendo presidente da Bolívia

“Derrubado por um golpe de estado, e perseguido pelos golpistas, que tentavam prendê-lo, Evo foi obrigado a pedir asilo”, defendeu Dilma . Tanto a ex-presidente quanto outros são considerados políticos de esquerda. 

Comentários do Facebook

Política

Janaína Paschoal provoca Zambelli e chama clã Bolsonaro de “família de malucos”

Publicado

em

source

As deputadas Janaína Paschoal e Carla Zambelli, ambas do PSL, discutiram hoje no Twitter por conta das medidas defendidas pelo presidente Jair Bolsonaro para enfrentar o coronavírus. Em um post contundente, Janaína criticou políticos do PSL que apoiam o isolamento apenas das pessoas mais vulneráveis e não da população em geral: “Quero ver Eduardo [Bolsonaro], Flávio [Bolsonaro], Carlos [Bolsonaro], Gil Diniz, Douglas Garcia, Carla Zambelli e cia, distribuindo cestas básicas nas comunidades! Eles não estão no grupo de risco, defendem isolamento vertical! Bora provar que é só uma gripezinha! Ficar no computador chamando carreata é fácil!”, postou. Dos políticos citados por Janaína apenas Flávio Bolsonaro se desfiliou do PSL.

Leia também: Jair Bolsonaro desobedece normas de isolamento e provoca aglomeração no DF

Janaina Paschoal arrow-options
Reprodução/TV Cultura

Janaina Paschoal participou do Roda Viva, da TV Cultura



Leia também: Mandetta cobra Bolsonaro e diz: “Estamos prontos para caminhões levando corpos?”

Ela ainda fez outro post falando para os parlamentares saírem da frente do computador e ajudar nom atendimento nos hospitais: “Gente, vocês que acham que estamos enfrentando uma gripezinha, saiam da frente do computador, parem de seguir e xingar quem pensa diferente. Vão trabalhar como voluntários nos hospitais, auxiliando na triagem dos doentes!

Leia também: Em vídeo, Eduardo Paes rebate acusações de corrupção passiva e fraude

A deputada Carla Zambelli reagiu às provocações dizendo que não incentivou carreatas e que apoia o governo por acreditar “nas pessoas que o conduzem” e ainda falou que está trabalhando em uma PEC que reduza temporariamente salários de servidores para usar na crise.

Em resposta ao post de Carla, Janaína fez referência ao clã Bolsonaro como uma família de malucos.  “Carla, sabe o tanto que gosto de você. Mas não votei em uma Deputada para dizer amém a uma família de malucos. Votei em alguém para me representar. Eu apoio os Ministros, cujo trabalho vem sendo prejudicado pelo chefe”, escreveu. 






Comentários do Facebook
Continue lendo
Internacional11 minutos atrás

Novo embaixador dos Estados Unidos chega ao Brasil

. O novo embaixador dos Estados Unidos chegou ao Brasil. Todd Chapman foi indicado pelo presidente do país, Donald Trump,...

Nacional11 minutos atrás

‘Todos nós iremos morrer um dia’, diz Bolsonaro sobre Covid-19

arrow-options Isac Nóbrega/PR Presidente Jair Messias Bolsonaro O presidente Jair Bolsonaro voltou a se posicionar contra o isolamento social e...

Estadual58 minutos atrás

Secretaria da Saúde divulga 31º boletim da Covid-19

. O Espírito Santo tem 71 casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) até este domingo (29). Um novo caso, que...

Internacional1 hora atrás

China prepara defesa contra segunda onda de coronavírus

. Um número crescente de casos de coronavírus importados na China pode provocar uma segunda onda de infecções no momento...

Entretenimento2 horas atrás

Stenio Garcia é demitido da TV Globo após 47 anos de contrato

Neste domingo, 29, a Rede Globo confirmou que Stenio Garcia não faz mais parte do elenco fixo de sua programação....

Internacional2 horas atrás

Papa Francisco critica governos que colocam economia na frente da saúde

arrow-options Gabriel Andrés Trujillo Escobedo Papa Francisco afirma estar preocupado com trabalhadores informais que passam fome durante a pandemia Em...

São Mateus2 horas atrás

Covid-19: São Mateus tem o primeiro caso confirmado; 11 novos casos foram confirmados no ES neste domingo; número subiu para 72

Subiu para 72 o número de casos confirmados do Novo Coronavírus no Espírito Santo. A informação foi divulgada no início...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana