conecte-se conosco


Economia

Dia dos pais deve movimentar quase R$ 14 bilhões no varejo, projeta CNDL/SPC

Publicado

em


A crise econômica que o país atravessa é o principal motivo pelo qual os compradores estão mais cautelosos neste Dia dos Pais
Shutterstock
A crise econômica que o país atravessa é o principal motivo pelo qual os compradores estão mais cautelosos neste Dia dos Pais

Embora os brasileiros ainda estejam sensíveis aos efeitos da lenta recuperação econômica e do desemprego, 61% dos consumidores devem ir às compras neste Dia dos Pais. A expectativa é de que quase 93 milhões de pessoas façam alguma compra no período, o que deve movimentar aproximadamente R$ 13,9 bilhões nos setores do comércio e serviços.

Leia também: Percentual de famílias endividadas sobe pela primeira vez em 2018

O levantamento foi feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em todas as capitais brasileiras. Ainda segundo as entidades, o valor desembolsado com o total de presentes de Dia dos Pais
será de R$ 149,27, em média – que diminui para R$ 139,36 quando considerados somente os consumidores das classes C, D e E.

A maior parte dos entrevistados (50%) pretende comprar somente um presente para a data. Os que vão adquirir dois presentes somam 34% da amostra.

A crise econômica
que o país atravessa é o principal motivo pelo qual os compradores estão mais cautelosos. Mais de um terço (34%) dos que pretendem gastar menos dizem passar por uma situação de aperto financeiro e 24% querem apenas economizar com os presentes. Outros 16% devem priorizar o pagamento de contas atrasadas.

Os dados corroboram com a situação da maior parte dos brasileiros. Segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) divulgada na última quinta-feira (2) pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), a porcentagem de famílias endividadas no Brasil cresceu um ponto percentual em julho, passando de 58,6% para 59,6%.

Leia mais:  Empresa aluga mulheres para encenarem choro em velórios de desconhecidos

Presentes e presenteados


Neste Dia dos Pais, as pessoas mais presenteadas devem ser os pais (64%), os maridos (21%), os pais dos filhos dos entrevistados (11%), os sogros (7%) e os avôs (5%)
iStock
Neste Dia dos Pais, as pessoas mais presenteadas devem ser os pais (64%), os maridos (21%), os pais dos filhos dos entrevistados (11%), os sogros (7%) e os avôs (5%)

Em 2018, as roupas (50%) devem ser os itens mais procurados para agradar os pais. Em seguida aparecem os perfumes e cosméticos (32%), calçados (28%) e acessórios (27%), como cintos, carteiras e relógios.

Leia também: Cartão de débito populariza e lidera transações eletrônicas em 2017

Neste Dia dos Pais, as pessoas mais presenteadas devem ser os pais (64%), os maridos (21%), os pais dos filhos dos entrevistados (11%), os sogros (7%) e os avôs (5%). Além disso, 5% das pessoas consultadas pretendem se “auto presentear”.

Formas de pagamento


Entre os que vão parcelar o valor da compra, a média será de quatro prestações. Isso significa que muitos brasileiros só quitarão o presente de Dia dos Pais na época do Natal
Shutterstock
Entre os que vão parcelar o valor da compra, a média será de quatro prestações. Isso significa que muitos brasileiros só quitarão o presente de Dia dos Pais na época do Natal

A maioria dos entrevistados prefere pagar o presente de Dia dos Pais à vista, seja em dinheiro (53%) ou cartão de débito (22%). O pagamento com o cartão de crédito
, em parcela única ou não, será a escolha de 16% e 25% dos consumidores, respectivamente.

As porcentagens não surpreendem. Apesar da popularização dos cartões magnéticos, o dinheiro ainda é a forma preferida pelo brasileiro para pagar suas compras. Segundo pesquisa do próprio BC divulgada no último dia 19 de julho, 60% dos entrevistados utilizam cédulas e moedas com mais frequência.

O percentual é significativo, mas já é menor do que o verificado em 2013, quando correspondia a 78%. O cartão de débito
aparece na sequência, sendo a modalidade de pagamento favorita de 22% dos brasileiros; há cinco anos, a fatia era de apenas 9%.

Leia mais:  Black Friday Brasil tem ‘saldão de memes’ na internet; confira os melhores

Entre os que vão parcelar o valor da compra, a média será de quatro prestações. Isso significa que muitos brasileiros só quitarão o presente na época do Natal. “Em um momento em que os trabalhadores estão inseguros com relação ao futuro da economia e da política, comprar à vista e em dinheiro pode ser uma alternativa sensata para fugir do endividamento”, orienta Roque Pellizzaro Junior, presidente do SPC Brasil.

Lojas físicas X e-commerce


Para a escolha do lugar onde comprarão o presente de Dia dos Pais, mais da metade (53%) das pessoas consultadas leva em consideração a atratividade do preço, enquanto 42% dão mais valor à qualidade dos produtos
Shutterstock
Para a escolha do lugar onde comprarão o presente de Dia dos Pais, mais da metade (53%) das pessoas consultadas leva em consideração a atratividade do preço, enquanto 42% dão mais valor à qualidade dos produtos

Com 37% da preferência dos entrevistados, os shoppings são o principal local de compra de presentes para o Dia dos Pais. As lojas on-line (33%) aparecem em segundo lugar, seguidas pelas lojas de departamento (20%) e shoppings populares (14%).

Leia também: Nada de ‘bola de neve’! Saiba como usar o cartão de crédito sem se enrolar

Para a escolha do lugar, mais da metade (53%) das pessoas consultadas leva em consideração a atratividade do preço, enquanto 42% dão mais valor à qualidade dos produtos. Outros 38% se preocupam com as opções de promoções e descontos e 25% dão preferência a locais com maior diversidade de produtos.

Dia dos Pais com economia


No geral, a maior parte das pessoas consultadas (60%) avalia que os preços dos presentes de Dia dos Pais estão mais altos em relação ao ano passado
iStock
No geral, a maior parte das pessoas consultadas (60%) avalia que os preços dos presentes de Dia dos Pais estão mais altos em relação ao ano passado

Para tentar gastar um pouco menos com os presentes, a maioria dos consumidores vai fazer uma pesquisa de preço. Segundo o levantamento, oito em cada dez compradores admitem que vão buscar por melhores ofertas antes de finalizar a compra do Dia dos Pais – e a internet será a principal aliada nessa pesquisa para 82% dos entrevistados.

Leia mais:  Preço da gasolina nas refinarias é reduzido pelo segundo dia pela Petrobras

No geral, a maior parte das pessoas consultadas (60%) avalia que os preços dos presentes estão mais altos em relação ao ano passado. Outros 34% acreditam que não houve variação de preços e somente 6% acham que ele diminuiu.

Uma das estratégias para não deixar o presente pesar no bolso será dividir o valor da compra com algum familiar. Do total de entrevistados, 8% vão adotar essa alternativa, sendo que em 40% dos casos os custos serão compartilhados com o cônjuge, em 31% das vezes com os irmãos e em 17% com a mãe.

Leia também: 44% dos empresários de varejo e serviços estão otimistas para o segundo semestre

“É preciso ter autocontrole e usar a criatividade para surpreender neste Dia dos Pais
”, diz Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil. “É importante respeitar o tamanho do próprio bolso, planejar os gastos e fazer muita pesquisa de preço, dando prioridade ao pagamento à vista”. E completa: “Para quem está inadimplente, mesmo que os valores dos presentes pareçam inofensivos, todo o esforço deve ser direcionado para o pagamento das dívidas”.

Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Após demissão de Levy e embates entre Maia e Guedes, dólar opera instável

Publicado

em

O dólar comercial voltou a operar de forma instável nesta segunda-feira (17). A moeda americana abriu os negócios em alta, mas agora opera com queda de 0,25%, a R$ 3,89.

Joaquim Levy
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Demissão de Joaquim Levy da presidência do BNDES colabora para instabilidade no mercado financeiro

O comportamento da divisa é influenciado pelos recentes acontecimentos envolvendo o cenário doméstico, como as críticas entre o ministro da Economia e o presidente da Câmara, além da recente  demissão de Joaquim Levy da presidência do BNDES.

“O embate entre Maia e Guedes segue repercutindo no mercado. Somou-se a isso a saída do presidente do BNDES neste domingo. Os  nomes cogitados para assumir a presidência do banco são bem vistos pelo mercado, mas não pegou muito bem o comentário de que a permanência de Levy estava por um fio”, destacou Álvaro Bandeira, economista-chefe do banco Modalmais.

Além das questões políticas, a semana será mais curta por conta do feriado de Corpus Christi e com uma agenda bem densa de indicadores econômicos. Haverá reuniões tanto do Banco Central do Brasil (BC) quanto do Federal Reserve (o BC dos Estados Unidos).

“A semana será curta e pesada, com muitas reuniões e divulgações econômicas. É possível que haja surpresas sobre a taxa de juros tanto nos EUA quanto aqui no Brasil. Mas, inicialmente, a expectativa é de que as taxas de juros sejam mantidas”, disse Bandeira.

Os economistas destacam que, mesmo em meio a estes recentes acontecimentos, é possível que o quadro positivo em relação ao câmbio continue ao longo o pregão nesta segunda. Mas pontua, entretanto, que a qualquer novo atrito a situação pode ser invertida e o dólar voltar a subir.

Leia mais:  Pela primeira vez, Brasil fica fora da lista de países confiáveis para investir

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional57 minutos atrás

PMs são alvos de operação contra quadrilha de sequestradores no Rio

Reprodução/TV Globo Para a polícia, PMs envolvidos se organizam como uma verdadeira “empresa do crime de sequestro” Um PM foi...

Nacional57 minutos atrás

Fugitivo sofre roubo, procura polícia e acaba preso com ladrão no interior de SP

Divulgação/Polícia Civil Ao consultar os antecedentes criminais da vítima de roubo, policiais constataram que se tratava de um fugitivo Ladrão...

Nacional57 minutos atrás

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce

Fred Loureiro/Secom/ES – Arquivo Imagem aérea mostra a lama no Rio Doce, na cidade de Resplendor, Minas Gerais Universidades de...

Nacional57 minutos atrás

Uso de simulador para obtenção de CNH passa a ser facultativo

Divulgação/Ministério das Cidades Aulas em simuladores deixarão de ser obrigatórias para a obtenção da carteira de motorista Resolução do Conselho...

Nacional57 minutos atrás

Motorista de aplicativo morre atingido por bloco de concreto arremessado no Rio

Reprodução Delegacia de Homicídios apura o caso; bloco de concreto atingiu motorista em cheio no peito Era madrugada de sexta...

Nacional57 minutos atrás

Vaticano propõe que homens casados possam ser padres na Amazônia

Agência Ansa Papa Francisco O Vaticano divulgou nesta segunda-feira (17) o documento preparatório para o Sínodo dos Bispos sobre a...

Economia2 horas atrás

Após demissão de Levy e embates entre Maia e Guedes, dólar opera instável

O dólar comercial voltou a operar de forma instável nesta segunda-feira (17). A moeda americana abriu os negócios em alta,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana