conecte-se conosco


São Mateus

Dezenas de mutuários levam calote no Minha Casa Minha Vida em São Mateus

Publicado

em

SÃO MATEUS (ES) – Cento e oitenta famílias que um dia sonharam em ter a sua casa própria estão há quase dez anos somente sonhando. É que o empreendimento que vislumbravam um dia morar, até agora é só problema. Pior: chegaram a pagar um sinal de R$ 24 mil e assinar contrato com a Caixa Econômica Federal, o agente financiador do Programa do Governo Federal da era Lula-Dilma. Mas ficou só nisso: o sonho. Trata-se do Residencial Moradas do Vale, próximo ao prédio do Ministério Público Estadual na chegada do Bairro Cohab.

Logo nos primeiros meses que a obra que se constitui na construção de prédio com direito a área de serviço e piscina, teve início muitos dos mutuários não viam a hora de entrar para o imóvel, mas com o passar dos anos os problemas foram acumulando e o sonho ficando mais distante. E o drama da Casa Própria é ainda maior para quem tem que passar em frente aos prédios com construção inacabada, e que um dia pensou que não demoraria a pegar as chaves do seu apartamento e curtir uma vida melhor com a família.

É o caso do corretor de imóveis Paulo Paiva que em 2010 tornou-se um mutuário e acreditou que estava fazendo um grande negócio. Como a obra até hoje não foi concluída e a Caixa Econômica diz que não tem qualquer responsabilidade, embora tenha assinado contrato com os mutuários como agenciador, o corretor vive na saudade. Emocionado ele conta que “é triste passar todos os dias em frente aos prédios e perceber que estão ficando deteriorados com o passar dos tempos”.

Material publicitário feito pela Construtora Verti na época do lançamento do empreendimento

A Justiça Federal já foi acionada em São Mateus, porém o juiz federal em sua decisão não incluiu a Caixa Econômica como corresponsável na ação, segundo o mutuário Ubirajara Negreiros, alegando que não possui condições de penalizar a Instituição Financeira por meios legais, por entender que há brechas no contrato de financiamento que não a penaliza.

O mutuário Wesley Tavares da Costa, um dos líderes do movimento informou que no município vizinho de Linhares existe uma situação parecida com a de São Mateus e, em uma decisão o juiz federal entendeu que a Caixa é responsável e inclusive vem arcando com os alugueis dos mutuários que não possuem residência própria.

“Pretendemos colocar nos autos do nosso processo essa decisão obtida pelos mutuários vizinhos”, disse, acrescentando que não consegue entender porque a empresa Juiz de Fora, contratada pela Caixa Econômica Federal prestar serviço de vigilância na agência, e a mesma que trabalha na segurança dos prédios, o que comprova seu vínculo.

 

Leia mais:  Motociclista morre ao colidir em vaca em estrada de São Mateus

 

Vídeo produzido pelos mutuários que circula nas redes sociais:

Comentários do Facebook
publicidade

São Mateus

Professoras são agredidas por aluno de 12 anos em escola de São Mateus

Publicado

em

adolescente agrediu três educadoras dentro da escola, com socos e unhadas. Boletim de ocorrência foi registrado

A Polícia Militar foi acionada para conter um conflito entre um aluno e três professoras na Escola Estadual de Ensino Fundamental “Dr. Emílio Roberto Zanotti”, localizada no Centro de São Mateus, no Norte do Estado. A ocorrência foi registrada nesta quinta-feira (22).

De acordo com o boletim de ocorrência, o aluno, de apenas 12 anos, agrediu a professora com socos no rosto e unhadas nos braços. Outras duas professoras, que tentaram conter a agressividade do estudante, também foram agredidas. Os pais do menor foram chamados até a escola e, de lá, seguiram para a delegacia da cidade, junto com as educadoras.

Segundo a Polícia Civil, o adolescente assinou um Boletim de Ocorrência Circunstanciado por ato infracional análogo ao crime de lesão corporal, e foi reintegrado à família.

O QUE DIZ A SEDU

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) confirmou a ocorrência de agressão ocorrida na tarde desta quinta-feira (22). Segundo a Sedu, a Polícia Militar, o Conselho Tutelar e a família do estudante foram acionados pela Superintendência Regional de São Mateus, que acompanhará os desdobramentos junto aos envolvidos.


(*G1)

 

 

Comentários do Facebook
Leia mais:  Caminhão dos Correios atropela mulher no centro de Montanha
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana