Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
conecte-se conosco


Estadual

Detran começa a implantar placa modelo Mercosul na segunda-feira no ES

Publicado

em

VITÓRIA (ES) – A placa modelo Mercosul será implantada pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), a partir da próxima segunda-feira (10). Neste primeiro momento, a obrigatoriedade do uso da placa será para veículos que passarão pelo primeiro emplacamento e aqueles que necessitarem passar por procedimentos de transferências, seja de propriedade ou domicílio, no caso de mudança de município e estado, além de alteração de categoria e troca de placas danificadas.

De acordo com o diretor de Habilitação e Veículos do Órgão, José Eduardo de Souza Oliveira, a nova placa vai aumentar a segurança para os proprietários de veículos, evitando a possibilidade de clonagem. “O modelo Mercosul possui QR Code, portanto, esse código único inserido na confecção da placa conterá informações desde a identificação do fornecedor até o número, data e ano e modelo de fabricação do veículo. Assim, o agente de trânsito ou policial conseguirá identificar quem confeccionou a placa, a qual veículo pertence e, se por ventura, foi roubada ou extraviada. Caso as informações divirjam, a polícia poderá intervir na hora”, informa.

Oliveira destaca, ainda, que outro motivo para a necessidade da implantação do novo modelo da placa é que a combinação alfanumérica atual está no final. “Aqui no Estado, se fosse mantida a atual combinação, de três letras e quatro números, encerraríamos as combinações disponíveis no máximo até março de 2019”.

É importante ressaltar que os proprietários de veículos que não necessitam realizar qualquer um desses procedimentos não precisam fazer a troca das placas nas primeiras semanas de implantação do novo sistema.

Novo modelo

O QR Code é apenas um dos itens de segurança. O novo modelo tem marca d´água, que evita a falsificação e praticamente impossibilita a clonagem. Os novos itens inseridos na placa irão auxiliar o trabalho das polícias nas fiscalizações e fraudes.

A placa modelo Mercosul tem o fundo branco e uma faixa azul na parte superior. Além disso, possui quatro letras e três números.  Na parte superior, à esquerda, será impresso o logotipo do Mercosul e, logo abaixo, o QR Code. A placa ainda possui o distintivo BR, no lado direito.

A categoria dos veículos será indicada pela cor da combinação alfanumérica: particular (preta), comercial/aprendizagem (vermelha), oficial (azul), especial (verde), diplomático (amarela) e colecionador (prateada). O tamanho continua o mesmo, com 40 cm de largura e 13 de altura.

O Brasil é o terceiro país do Mercosul a adotar a placa. Uruguai (2015) e Argentina (2016) foram os dois primeiros. O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) determinou que todos os estados devem implantar o novo modelo até o dia 31 de dezembro deste ano.

Como solicitar

O proprietário do veículo deverá se dirigir ao Detran|ES do seu município para abrir o processo alusivo ao serviço que necessita realizar. Na sequência será emitido o Documento Único de Arrecadação (DUA) referente à taxa de serviço do Órgão. Realizado o pagamento, o Detran|ES encaminhará um SMS com um código que deverá ser apresentado à estampadora de placas que o dono do veículo escolher. Após a compra e instalação da placa, o cidadão retorna ao Detran|ES para a emissão do novo documento do veículo.

Leia mais:  Campanha de Bolsonaro quer acompanhar apuração na sala-cofre do TSE
publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estadual

Novos condomínios e loteamentos mudam a cara do balneário de Guriri

Publicado

em

De olho na alta procura por imóveis, empresas investem no setor imobiliário do balneário e impulsionam e economia local

SÃO MATEUS (ES) – Detentora do título de maior balneário do Norte do Estado, a Ilha de Guriri, em São Mateus, tem atravessado nos últimos anos um crescimento imobiliário acima da média, impulsionado principalmente pelo setor privado. Os empreendimentos vão desde loteamentos, condomínios fechados de casas, edifícios residenciais e casas espalhados de norte a sul do balneário.

De acordo com o empresário da Construção Civil, Joventino Bazoni, que já lançou três loteamentos na região, a busca constante por imóveis de veraneio é um dos motivos que torna o setor sempre dinâmico em Guriri. “Aqui é o final de um corredor viário que liga o leste de minas, Belo Horizonte, triângulo mineiro e Brasília, e por isso recebe anualmente uma quantidade muito considerável de turistas, que procuram imóveis para comprar”, ressalta.

De olho nesses turistas e também na implantação do Porto Petrocity em Urussuquara, anunciado para iniciar a construção já em 2019 e que vai atrair novos moradores a região, o empresário está com dois grandes empreedimentos em Guriri. O loteamento Praia do Bosque Residencial, com 1700 lotes a venda, e o condomínio Vila Verde, que terá 56 unidades de casas duplex, sendo que a primeira etapa de 22 casas será entregue no primeiro semestre de 2020.

Os empreendimentos ficam localizados na Praia do Bosque, uma região mais exclusiva e afastada cerca de três quilômetros do Centro de Guriri. Segundo o administrador da Bazoni Empreendimentos Imobiliários,Clebson Bazoni, o Bosque se tornou o novo xodó dos investidores e principal ramal de crescimento da malha urbana do balneário para os próximos anos.

“A Praia do Bosque está se tornando a melhor região para se morar em Guriri, com empreendimentos de alto padrão e infraestrutura pensada para evitar um problema crônico na ilha: os alagamentos”, afirma Bazoni. Segundo ele, os loteamentos Praia do Bosque Residencial e Soma Verano possuem um sistema chamado de Pulmões de Drenagem, que são caixas subterrâneas localizadas em todas as ruas, que tem a função de absorver 100% da água da chuva.

EDIFÍCIOS EM ALTA NA ILHA 

Outra empresa que está surfando na onda da explosão imobiliária em Guriri, é a JR Xavier Construtora e Incorporadora, que investe pesado no segmento de condomínios verticais. Atualmente a empresa está com mais de 60 unidades de apartamentos em obras, distribuídos em três edifícios, dois deles de frente para o mar. Além disso, desde 2017 a empresa já entregou outros dois prédios no balneário.

Conforme o proprietário José Xavier da Silva Júnior, a construtora já tem novos projetos para serem lançados pelos próximos quatro anos. “A construção de edifícios ainda está engatinhando e tem muito espaço em Guriri. Os investidores provenientes das grandes cidades que desejam comprar um imóvel aqui, estão acostumados com a vida em condomínios e prezam pela comodidade que os prédios proporcionam, além disso, até mesmo pessoas da região tem optado por este tipo de imóvel por questão de segurança”, diz

Contudo, o empresário diz que o Plano Diretor Municipal (PDM) de São Mateus limita a altura dos prédios em Guriri, o que prejudica a atração de novos empreendimentos. Segundo ele, a lei municipal permite construções de 16 metros de altura em algumas ruas e de no máximo 24 metros em algumas avenidas, o que possibilita a construção de prédios de até 6 pavimentos.

“A questão do PDM é bem limitada em Guriri.Se houvesse uma mudança para aumentar o gabarito, com certeza isso traria mais investimentos. As empresas gostam de fazer edifícios mais altos, por conta do custo-benefício. Como os terrenos estão muito valorizados, é preciso subir mais andares para ter um aproveitamento melhor do terreno. Claro que devemos levar em conta a questão ambiental, mas onde der para fazer mais andares, atrairia mais investimentos”, explica.

O empresário define o mercado imobiliário de Guriri como um “mercado a parte”, já que mesmo em período de crise, se manteve ativo. “Nos últimos anos o Brasil atravessou uma crise que afetou todo mundo, mas aqui em Guriri ainda tivemos obras andando, embora em ritmo mais lento”.

Além de clientes capixabas e de Minas Gerais, Júnior Xavier também tem clientes de fora do país, como Portugal, Inglaterra, Estados Unidos e Itália. “É gente que gosta daqui e quer ter um imóvel na praia”, diz.

ALGUNS EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

PRAIA DO BOSQUE RESIDENCIAL: Loteamento com 1700 lotes. O loteamento vai contar com infraestrutura completa, sendo utilizado piso intertravado e via de acesso pavimentada.

SOMA VERANOLoteamento Consórcio Soma Kajuzal, localizado na Praia do Bosque, com 203 lotes de 300m². O loteamento vai contar com total infraestrutura, com redes de água, esgoto, elétrica e drenagem pluvial, travessias para pedestres e via de acesso pavimentada.   

VILA VERDE RESIDENCIAL: Condomínio terá 56 unidades de casas duplex, divididos em duas etapas. A primeira fase, já em obras, conta com 22 casas que serão entregues no primeiro semestre de 2020. O condomínio terá área de lazer com piscina, quadras de esporte, espaço kids, academia e outras benfeitorias. Unidades nos tamanhos P, M e G.

EDIFÍCIO OCEÂNICO: Prédio da JR Xavier Construtora e Incorporadora Ltda, terá 38 apartamentos, sendo 3 coberturas de 204m², 160m² e 180m². Há apartamentos de 85m² até 110m². O prédio ainda terá área de lazer com espaço gourmet, espaço kids, academia e salão de festas.


GURIRI VAI GANHAR COMPLEXO TURÍSTICO PRAÇA MAR

A Bazoni Empreendimentos Imobiliários está programando para lançar, entre março e abril de 2019, o complexo empresarial Praça Mar, próximo a Praia do Bosque, na Ilha de Guriri. O empreendimento vai levar infraestrutura turística a região do Bosque, que tem atraído cada vez mais novos moradores e gerar novas vagas de emprego durante a obra e funcionamento.

De acordo com o administrador da empresa, Clebson Bazoni, o Praça Mar será construído em uma área de 750 metros quadrados, de frente para o mar, e vai contar com 8 pontos comerciais, sendo 4 quiosques, um restaurante e outros 3 pontos destinados a lojas. Além disso, o espaço também terá estacionamento para 150 carros, bicicletário, área de convivência, calçadão e paisagismo.

O empreendimento, que está em fase de aprovação de projetos, tem o desenho arquitetônico assinado pelo arquiteto mateense Humberto Franklin e segue um estilo rústico e colonial, que lembra empreendimentos de algumas praias famosas do Brasil, como Jurerê Internacional.Veja vídeos:

PROJETO PRAÇA MAR:

PROJETO VILA VERDE:

 

Leia mais:  Descoberto furto de energia elétrica em bares na orla de Praia Grande

Continue lendo
Direto de Brasília47 minutos atrás

João de Deus passa a ser considerado foragido pelo Ministério Público de Goiás

Divulgação/Casa Dom Inácio de Loyola MP de Goiás considera João de Deus como foragido João de Deus passou a ser...

Nacional2 horas atrás

Vereador investigado pede federalização do caso Marielle Franco

Reprodução/TV Globo Vereador Marcello Siciliano convocou entrevista coletiva na manhã deste sábado (15) para pedir a federalização das investigações da...

São Mateus2 horas atrás

Carro pega fogo no centro de São Mateus

SÃO MATEUS (ES) – Não é exagero nenhum afirmar que o centro da Cidade estava pegando fogo na manhã deste sábado...

Esportes2 horas atrás

Histórico! Aos 38 anos, Nicholas Santos conquista ouro no Mundial de Hangzhou

Após o ouro no revezamento 4x200m livre , o Brasil foi novamente representado no lugar mais alto do pódio no...

Entretenimento2 horas atrás

Kelly Key dá close no bumbum durante tarde na praia

Kelly Key começou o sábado (15) com uma visita a praia e aproveitou para fazer um registro sensual. Na imagem,...

Política3 horas atrás

Polícia italiana já está em São Paulo aguardando a prisão de Cesare Battisti

José Cruz/Agência Brasil O italiano Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua na Itália por ter cometido quatro assassinatos na década...

Internacional3 horas atrás

Polícia italiana já está em São Paulo aguardando a prisão de Cesare Battisti

José Cruz/Agência Brasil O italiano Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua na Itália por ter cometido quatro assassinatos na década...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana