conecte-se conosco


Nacional

Deputados usam som com latido de cachorro para abafar ato do PSOL por Marielle

Publicado

em


Deputados organizaram ato em memória de Marielle e cobraram investigações sobre mandante do assassinato
Reprodução/Twitter

Deputados organizaram ato em memória de Marielle e cobraram investigações sobre mandante do assassinato

Um ano após a morte de Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes, parlamentares do PSOL e de outros partidos de esquerda realizaram um ato nesta quinta-feira (14), no salão verde da Câmara, para cobrar investigações sobre o mandante do assassinato. Dez minutos depois, outro grupo de deputados entrou no local com sons de latidos de cachorro. 

Na última terça-feira (12), dia em que dois suspeitos de terem executado a vereadora foram presos , o PSOL convocou em suas redes sociais o ato para a tarde de hoje. “Nesta semana, prenderam quem apertou o gatilho, mas a gente ainda não sabe quem mandou apertar o gatilho”, disse Sâmia Bomfim (PSOL), enquanto outros deputados levantavam faixas com os dizeres “Quem matou Marielle?”. 

“Não existe milícia sem Estado. O Estado tem sangue nas mãos”, discursou Talíria Petrone, amiga e aliada de Marielle. Enquanto isso, outros oito parlamentares de partidos da direita se posicionaram a poucos metros do protesto, com caixas de som que emitiam latidos e faixas contra a violência animal. 

Leia também: Morte de Marielle completa um ano e viúva faz homenagem; veja atos pelo País


Ao lado do protesto por Marielle, deputados fizeram ato contra violência animal
Reprodução/Twitter

Ao lado do protesto por Marielle, deputados fizeram ato contra violência animal

Eles posaram para fotos e pediram maior pena para acusados de maus-tratos contra os animais. O protesto foi organizado por Fred Costa (Patriota-MG), que informou que convocou o ato na véspera, por conta do Dia Nacional do Animal, e pediu “um minuto de silêncio por todos os animais que lamentavelmente são maltratados ou sacrificados”. 

Entre os parlamentares 
que participavam do protesto contra a violência animal, estava Daniel Silveira (PSL), que aparece em uma foto rasgando uma placa em homenagem a Marielle no ano passado, com o deputado Rodrigo Amorim, também do mesmo partido. 

Leia mais:  João de Deus diz se entregar “à justiça divina e à Justiça da Terra”; veja vídeo

Ao jornal Folha de S.Paulo , Silveira disse que não sabia da homenagem à vereadora e que não há motivos para constrangimento. “Na verdade eu me senti incomodado porque eu sabia que eles iam distorcer o fato dos latidos como se estivéssemos zombando deles”, afirmou.

“Você vai me desculpar. Querer polemizar que estamos querendo desmerecer a morte de alguém, mesmo porque não atrapalhamos em nada. Queremos inclusive que seja apurado qualquer caso de assassinato a parlamentar ou não parlamentar e de maus-tratos a animais também. Somos contrários à violência “, disse Fred Costa.

Leia também: Delegado responsável pelo caso Marielle será afastado para intercâmbio na Itália

Em nenhum momento os deputados dos dois protestos interagiram. Para o deputado Ivan Valente (PSOL), que participava do ato em memória de Marielle, o outro protesto foi uma “provocação inútil”, que “mostra que eles não estão aguentando as investigações chegarem perto deles e as milícias próximas ao partido dele”, disse.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Google e WhatsApp devem remover imagens da boneca ‘Momo’

Publicado

em

Imagens da boneca têm sido utilizadas por criminosos da internet para convencer crianças e jovens a cometerem atos ilícitos e até suicídio

O Google e o WhatsApp foram notificados pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) para que removam das redes sociais conteúdos que exibam imagens da Boneca Momo.

Imagens da boneca têm sido utilizadas por criminosos da internet para convencer crianças e jovens a aplicarem golpes, como roubos de dados e extorsão,  além de tentarem incentivar que crianças e adolescentes cometam suicídio.

Momo é uma boneca com olhos esbugalhados, pele pálida e um sorriso sinistro. Ela ficou famosa em diversos países, depois de ser disseminada em um vídeo.

Na Bahia, a notificação ao Google e ao WhatsApp foi feita por meio do Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (Nucciber).


(*NAM)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Homem de 85 anos aposta US$ 5 em jogo de pôquer e ganha US$ 1 milhão, nos EUA
Continue lendo
Variedades3 horas atrás

Casados há mais de 7 décadas na BA, idoso de 104 e mulher de 94 anos

Casal mora em povoado de Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia, têm 5 filhos, 18 netos e 24...

Nacional3 horas atrás

Google e WhatsApp devem remover imagens da boneca ‘Momo’

Imagens da boneca têm sido utilizadas por criminosos da internet para convencer crianças e jovens a cometerem atos ilícitos e...

Estadual4 horas atrás

Detenta foge de hospital em Vitória e deixa filho de dois meses internado

Aline Barreto Alcântara cumpria pena no Centro Prisional Feminino de Cariacica por furto qualificado. Presa fugiu por uma báscula após...

Mulher4 horas atrás

Aline Riscado posa de biquíni na praia e ganha elogios: ‘Parece uma escultura’

Beldade divulgou foto nas redes sociais RIO DE JANEIRO (RJ) – Aline Riscado aproveitou o finalzinho da tarde de domingo...

Nacional4 horas atrás

Menina se mata com a arma do pai em São Paulo

Ele estava tomando banho quando ouviu o barulho do tiro SÃO CAETANO (SP) – Uma menina de 10 anos se...

Nacional6 horas atrás

Homem pega no pênis de menino de 13 anos e diz: “quero sentir endurecer”

CUIABÁ (MT) – Um homem, identificado como E.L.R., 47 anos, foi preso em flagrante por abusar sexualmente de um garoto...

Agricultura7 horas atrás

Em Washington, ministra ressalta importância da reaproximação com os EUA

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), que acompanha viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos, comentou nesta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana