conecte-se conosco



Política

Deputados prestam homenagens ao Dia do Agricultor

Publicado

em


.

Parlamentares exaltaram o trabalho dos agricultores, mas também lamentaram os diversos problemas enfrentados pelos trabalhadores do campo. O Dia do Agricultor, comemorado em 28 de julho, foi tema de vários pronunciamentos na sessão ordinária virtual desta terça-feira (28).

O deputado Pastor Marcos Mansur (PSDB) parabenizou os agricultores pela data e citou números sobre o desempenho da agricultura brasileira em 2020. “No primeiro semestre o Brasil obteve superávit na balança comercial com mais de US$ 28 bilhões. Ultrapassou a marca do mesmo período do ano passado em aproximadamente US$ 1,5 bilhão. Isso mostra a pujança da agropecuária, a força dos agricultores”, afirmou.

Para Enivaldo dos Anjos (PSD), apesar da data festiva, os agricultores têm pouco a celebrar. “O agricultor brasileiro trabalha, enfrenta as intempéries do tempo e não é justamente remunerado, não tem a proteção devida. Muitos deles são usados para atender o agronegócio, que explora sua mão de obra, muitos fazendo com que os empregados apliquem veneno nas lavouras e fiquem com câncer e várias doenças”, revelou.

Ele apontou a necessidade de mais políticas públicas para ajudar os agricultores, não apenas os empresários do setor. “Não são todos, mas a maioria (dos empresários) explora, maltrata e não beneficia quem dá o suor, alimenta a nação, que mantém o Brasil na exportação em primeiro lugar. Quem faz isso é o trabalhador, não é o produtor. O governo federal tem de criar leis para proteger o agricultor, que está totalmente desamparado”, cobrou.

A deputada Iriny Lopes (PT) saudou os trabalhadores da agricultura familiar e camponesa. De acordo com a petista, são os pequenos produtores que abastecem as casas das famílias brasileiras, não os empresários do agronegócio. “São eles que põem alimentos saudáveis na mesa, sem veneno e agrotóxico, que desenvolvem métodos para alimentação limpa, saudável e nutritiva através da agroecologia e de outros métodos”, ressaltou.

Os deputados Torino Marques (PSL) e Marcos Garcia (PV) também abordaram as dificuldades que os homens e as mulheres do campo passam em suas falas. O primeiro pediu agilidade em processos de regularização fundiária; já o segundo solicitou políticas públicas para manter os trabalhadores rurais no interior e assim evitar o êxodo rural para as cidades.

Adilson Espindula (PTB) recordou que o Dia do Agricultor foi instituído em 1960 pelo presidente Juscelino Kubitschek como forma de comemorar os 100 anos do Ministério da Agricultura, criado por Dom Pedro II em 1860. “Meu desejo que é nosso bondoso Deus dê muita saúde aos agricultores para exercer esse trabalho fundamental para a vida de todos nós”, salientou.

Outros parlamentares que parabenizaram os agricultores pela data foram o Coronel Alexandre Quintino e o Delegado Danilo Bahiense, ambos do PSL, e Dary Pagung (PSB), que lembrou que o governo do Estado lançou na semana passada o Plano Safra 2020/21, que tem previsão de liberar R$ 200 milhões em financiamento para os produtores rurais. 

Comentários do Facebook

Política

Carlos Bolsonaro comprou imóvel por valor venal 70% menor

Publicado

em


source
carluxo
IG – Último Segundo

Carlos Bolsonaro diz não ser ‘covarde’ e assume uso das redes do pai


O filho do presidente Jair Bolsonaro (Sempartido) e vereador do Rio de Janeiro,  Carlos Bolsonaro (Republicanos) comprou um imóvel por valor 70% menor do que é avaliado pela prefeitura. O jornal O Estado de São Paulo apurou as informações em uma reportagem.


O imóvel comprado por Carlos Bolsonaro fica em Copacabana, zona sul do Rio, e custou R$ 70 mil ao vereador, sendo que o valor venal (valor definido pelo prefeitura para cobrar impostos) era de R$ 256 mil no momento da compra.

O Estadão diz que o negócio foi fechado em 2009 e que o escritório responsável pelos trêmites legais foi o mesmo que lavrou a escritura de outro apartamento comprado pelo verador, que custou R$ 150 mil e foi pago em dinheiro vivo. Este imóvel, na verdade, é avalido em R$ 213 mil pela prefeitura, diz o jornal.

Carlos Bolsonaro é alvo de investigação do Ministério Público sobre a prática de rachadinha e a contratação de funcionários fantasmas em seu gabinete.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Mulher11 minutos atrás

Semana Criativa de Tiradentes ganha edição online em 2020

Valorização da cultura, do artesanato, das nossas raízes. Estes são alguns dos objetivos da Semana Criativa de Tiradentes que, desde...

Carros e Motos11 minutos atrás

Conheça detalhes da Yamaha XS 650, a motocicleta incompreendida

Acervo pessoal Esta Yamaha XS 650 é uma XS-1B, de 1971, com o freio dianteiro da XS-2 de 1972 Antes...

Política26 minutos atrás

Carlos Bolsonaro comprou imóvel por valor venal 70% menor

IG – Último Segundo Carlos Bolsonaro diz não ser ‘covarde’ e assume uso das redes do pai O filho do...

Economia26 minutos atrás

Ministro garante que plano de privatização dos Correios irá ao Congresso em 2020

Diuvlgação Fábio Faria, ministro das Comunicações, garante que os Correios terão projeto de privatização enviado pelo governo ao Congresso neste...

Internacional26 minutos atrás

Mulher grávida salva marido de ataque de tubarão pulando no mar

Facebook Margot se jogou no mar para salvar o marido Um mergulhador de 30 anos identificado como Andrew Charles Eddy...

Esportes26 minutos atrás

Organizadores de Tóquio propõem redução de funcionários nos Jogos

. Os organizadores da Olimpíada de Tóquio propuseram nesta sexta-feira (25) reduzir o número de funcionários nos Jogos do próximo...

Entretenimento26 minutos atrás

Silvio Santos será investigado pelo MPF por falar de sexo com criança

O apresentador Silvio Santos começará a ser investido pelo Ministério Público Federal por conta de um programa exibido em 2016....

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!