conecte-se conosco



Nacional

Decreto de Bolsonaro pode liberar compra de fuzil por qualquer cidadão; entenda

Publicado

em


fuzil
Divulgação/Polícia Civil

Casa Civil,ligada ao Palácio do Planalto, disse que o decreto não enquadra o fuzil T4 como arma de uso permitido

Fabricante brasileira de armas, a Taurus informou, nesta segunda-feira (20), que o decreto de armas sancionado recentemente pelo presidente Jair Bolsonaro permite que qualquer cidadão brasileiro compre um fuzil, o T4 semiautomático de calibre 5,56. A declaração, no entanto não é confirmada pela Casa Civil, ligada ao Palácio do Planalto. 

Segundo a Taurus, o decreto de armas que facilitou o acesso de civis a esses equipamentos, também inclui essa categoria de armamento. A empresa ainda afirmou, à  Rede Globo
, que aguarda a entrada em vigor da regulamentação para “imediatamente atender os clientes” que já mostraram interessados na compra do fuzil
.

“Temos uma fila de 2 mil clientes”, informou a empresa. “Estamos preparados para atender em até três dias as demandas”, declarou a Taurus. Ou seja, se a permissão for realmente comprovada, assim que a regulamentação entrar em vigor, mais de 2 mil armas deverão ser entregues a cidadãos por todo o País.

Apesar da preparação e das declarações da fabricante, a Casa Civil
disse ao jornal O Estado de S.Paulo
que o decreto
não enquadra o fuzil T4 como arma de uso permitido. Afinal, de acordo com o órgão, essa arma “é de uso restrito e, por isso, o cidadão comum não consegue adquiri-la”. “A informação não procede”, declarou.

Esse decreto aumentou ainda o limite da energia cinética das armas permitidas para 1.620 joules. Segundo a Taurus
, a energia cinética do seu T4 é de 1.320 joules. Ou seja, ela se enquadraria na nova lei.

Em seu site, a empresa apresenta a arma como “ideal para o uso militar e policial”. “O fuzil T4 é baseado na consagrada plataforma M4/M16, amplamente empregada pelas forças militares em todo mundo e principalmente pelos países membros da OTAN, por ser considerada uma arma extremamente confiável, leve, de fácil emprego e manutenção”, complementa.

decreto de armas
de Bolsonaro vem sendo contestado pelo Ministério Público Federal na Justiça Federal e por dois partidos no Supremo Tribunal Federal (STF). O texto facilita a concessão de portes e posse de armas, libera a importação de armamento e dá direito a proprietários rurais usarem a arma em toda a propriedade. Porém ele já se tornou polêmico por também flexibilizar o acesso de menores de idade a clubes de tiro. 

Antes do decreto, menores de 18 anos precisavam ser autorizados judicialmente para frequentar aulas de tiro
. Com as novas regras, a prática de tiro esportivo por menores poderá ser autorizada por um dos responsáveis legais.

Comentários do Facebook

Nacional

Bolsonaro ameaça tirar Brasil de OMS por “viés ideológico”

Publicado

em


source
o presidente jair bolsonaro fala em coletiva
Agência Brasil

“Não precisamos de gente de fora dando palpite aqui dentro”, diz Bolsonaro sobre OMS


Nesta sexta-feira, 5, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que pode seguir exemplo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e retirar Brasil da Organização Mundial da Saúde ( OMS ). Segundo o brasileiro, organização age com viés ideológico.

Leia também

“Adianto aqui: os Estados Unidos saíram da OMS. A gente estuda no futuro, ou a OMS trabalha sem o viés ideológico ou a gente vai estar fora também. Não precisamos de gente lá de fora dar palpite na saúde aqui dentro”, afirmou no Palácio da Alvorada.

Decisão aconteceu após acusações de que OMS favorece a China.

Bolsonaro também se posicionou contra a decisão da organização de interromper testes de cloroquina para tratamento da Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus.

Tanto Bolsonaro como Trump defendem o medicamento. Vale lembrar que Trump chegou a fazer tratamento com o remédio , mesmo sem aval do médico da Casa Branca.

No entanto, diversos estudos apontam que a cloroquina não é eficaz contra a Covid-19.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento16 minutos atrás

Além de “Madeleine”, outras cinco séries que narram crimes reais

Treze anos depois,  a polícia alemã identificou um novo suspeito  pelo desaparecimento de Madeleine McCann . Com o novo desdobramento...

Entretenimento16 minutos atrás

SBT anuncia volta de “Chiquititas” e contraria internautas

No início da noite desta sexta-feira (5), a hashtag “Fora Chiquititas ” esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter....

Regional16 minutos atrás

MPES pede afastamento do prefeito e secretário de Conceição da Barra por improbidade

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Conceição da Barra, ajuizou...

Nacional21 minutos atrás

Bolsonaro ameaça tirar Brasil de OMS por “viés ideológico”

Agência Brasil “Não precisamos de gente de fora dando palpite aqui dentro”, diz Bolsonaro sobre OMS Nesta sexta-feira, 5, o...

Saúde26 minutos atrás

Estado do Rio registra menos de 150 mortes por covid-19 em 24 horas

. O número de óbitos registrados nesta sexta-feira (5) por covid-19 no estado do Rio de Janeiro caiu reduziu em...

Esportes26 minutos atrás

Futebol: Federação enviará a governo de SP nova proposta para retorno

. A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou nesta sexta-feira (5) que encaminhará novamente aos governos do estado de São Paulo...

Política30 minutos atrás

Bolsonaro defende atraso nos dados da Covid-19: “Ninguém tem que correr”

Agência Brasil Bolsonaro brincou com demora do Ministério da Saúde em divulgar informações O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!