conecte-se conosco


Entretenimento

De Foo Fighters a Lorde: Os 10 melhores shows de 2018!

Publicado

em

Grandes apresentações solos e em festivais marcaram o cenário da música no Brasil este ano. Muitos artistas internacionais visitaram as terras brasileiras e deixaram os palcos pequenos diante de tanto sucesso. Pensado nisso, veja os melhores shows na nossa retrospectiva 2018

Leia também: O rock não morreu, mas também já não é mais o mesmo

• Foo Fighters


Foo Fighters se apresentou em  fevereiro de 2018 no Brasil
Camila Cara

Foo Fighters se apresentou em fevereiro de 2018 no Brasil

Logo no início do ano, um dos melhores shows de 2018 já chegou com tudo! Comandada pelo vocalista Dave Grohl, o público brasileiro foi à loucura com a chegada de Foo Fighters ao Brasil em fevereiro. A banda fez um baita de um espetáculo com sua última turnê junto com a banda Queens of The Stone Age, que também exibiu uma excelente apresentação.

Leia também: Nem direita, nem esquerda! O rock é um movimento de resistência

Entre as músicas do Foo Fighters que fizeram parte do show estavam All My Life, Learn to Fly, My Hero, Walk, Best of You e Everlong . Dave foi tão maravilhoso que no show de São Paulo chegou a chamar um fã aniversariante para tocar bateria durante um cover de Under pressure , do Queen.

• Katy Perry


Katy Perry se apresentou em  março  de 2018 no Brasil
Reprodução/Instagram

Katy Perry se apresentou em março de 2018 no Brasil

Katy Perry chegou ao Brasil preparadíssima para arrebentar com a Witness: The Tour. Com abertura de Bebe Rexha e participação de Gretchen, que subiu ao palco para dançar parte de Swish Swish , a cantora fez uma apresentação radiante. Katy Perry usou figurinos maravilhosos e cantou alguns seus melhores sucessos como Teenage Dream, Hot N Cold e Last Friday Night .

• Pearl Jam


O frontman do Pearl Jam, Eddie Vedder, em ação no Lollapalooza Brasil
Flickr/Lollapalooza

O frontman do Pearl Jam, Eddie Vedder, em ação no Lollapalooza Brasil

Com uma representatividade e tanto no universo do rock’n’roll, Pearl Jam encerrou o segundo dia do Lollapalooza 2018. Entre as músicas que animaram a noite do festival estavam Wash, Corduroy, Do The Evolution, Why Go, Even Flow, Jeremy, Can’t Deny Me e Sirens . O grupo norte-americano, formado no ano de 1990, ostenta uma legião solida de fãs no Brasil.

Leia mais:  Fora do “Auto Esporte”, Millena Machado se dedica a projeto social

 • The Killers


O vocalista do The Killers, Brandon Flowers, em ação
Reprodução/Facebook

O vocalista do The Killers, Brandon Flowers, em ação

Intensidade, alegria e motivação são palavras que definem mais um dos melhores shows de 2018: The Killers no Lollapalooza. Com grande autonomia, a banda americana que foi uma das mais aguardadas do ano, encerrou o último dia do festival. Na voz de Brandon Flowersa o grupo trouxe com muito amor seus clássicos de indie rock aos palcos brasileiros como When you were young e Mr. Brightside .

• Lana Del Rey


Lana Del Rey sensualizando durante seu show em São Paulo
Flickr/Lollapalooza

Lana Del Rey sensualizando durante seu show em São Paulo

A presença de Lana Del Rey nos palcos brasileiros emocionou, surpreendeu e enlouqueceu o público. Dona de uma multidão de fãs, Lana esbanjou simpatia e mostrou seu vozerão em canções como  Born To Die, Scarborough Fairy, Pretty When You Cty, White Mustang e High By The Beach. Além de arrasar com uma forte presença musical, a cantora ainda esbanjou simplicidade e até pediu um cigarro para fumar no meio do palco.

• Red Hot Chili Peppers


Antonhy Kiedis, vocalista do Red Hot Chili Peppers, durante show na primeira noite do Lollapalooza 2018
Flickr/Lollapalooza

Antonhy Kiedis, vocalista do Red Hot Chili Peppers, durante show na primeira noite do Lollapalooza 2018

O Red Hot Chili Peppers é tão aclamado no Brasil que seus shows estão sempre lotados, fato facilmente perceptível no Lollapalooza. Marcando o encerramento da The Getaway Tour, Anthony Kiedis, vocalista do grupo, cantou grandes sucessos e até arriscou falar português.

Quem também surpreendeu foi o guitarrista Josh Klinghoffer que cantou em português a canção Menina Mulher Da Pele Preta , de Jorge Ben Jor. Entre os sucessos que fizeram o público vibrar estavam Can’t Stop , Snow , Otherside , Dark Necessities , Under The Bridge e By The Way.

• Harry Styles


Harry Styles
Reprodução/Instagram

Harry Styles

Harry Styles fez sua primeira apresentação solo no Brasil este ano e já conseguiu o posto de uma dos melhores shows de 2018 . Com um show que durou quase duas horas, o músico mostrou um carinho imenso pelos fãs e emocionou imensamente. Com uma intimidade visível em cima do palco, Harry cantou as músicas de seu álbum, além fazer covers. É claro que além de tudo isso, o músico também lembrou sua época de One Direction e cantou canções como Stockholm Syndrome, What Makes You Beautiful e If I Could Fly.

• Thirty Seconds to Mars


Thirty Seconds to Mars se apresentou com participação de Projota em São Paulo
Reprodução/Instagram

Thirty Seconds to Mars se apresentou com participação de Projota em São Paulo


Thirty Seconds to Mars conseguiu deixar todas suas apresentações extremamente lotadas no Brasil. A banda estadunidense colocou grande energia no palco e animou milhares de pessoas com os seus hits como This Is War, Hurricane , Walk on Water e Kill Me . Um dos fatos que também fez o público aplaudir foi a participação de Projota com a música Recue Me .

• Roger Waters


Roger Waters politizou em seu show
Reprodução/ Globo

Roger Waters politizou em seu show

O show de Roger Waters com toda certeza foi um dos mais prestigiados e mais polêmicos de 2018. O músico que ostenta um reinado de fãs por ser um dos fundadores da banda de rock Pink Floyd, na qual atuou como baixista e vocalista, fez uma apresentação maravilhosa que fez o público viajar.

Apesar de um show solo, o músico conseguiu expor no palco o que seria uma grandiosa apresentação do Pink Floyd. Contudo, além de ter feito um excelente show, Roger politizou no mesmo e aderiu ao movimento “Ele Não” fazendo um posicionamento contra o fascismo.

Leia também: Shows de Shakira e Camila Cabello agitam cenário musical brasileiro em outubro

• Shakira


Shakira em São Paulo
Divulgação/Allianz Parque

Shakira em São Paulo

Após sete anos sem aparecer nas terras brasileiras, depois do final da Copa do Mundo em 2014, Shakira voltou e fez um dos melhores shows de 2018. Com uma presença e uma alegria contagiante que só ela tem, a loira conseguiu colocar no palco todo seu gingado e potência vocal. Shakira ainda mostrou um carinho enorme pelos fãs e fez o público vibrar com suas coreografias e sua beleza deslumbrante.

• Lorde


Lorde é uma das grandes atrações dos festivais de verão deste ano
Divulgação/Andrew Whitton

Lorde é uma das grandes atrações dos festivais de verão deste ano

Quatro anos após sua primeira passagem no Brasil, Lorde voltou ao país para fazer um  dos mais magníficos shows de 2018. A jovem artista surpreendeu seus ouvintes e cantou desde seus sucessos mais antigos como Tennis Court, Royals, Ribs, Supercut e Team , e os mais recentes Homemade Dynamite, Hard Feelings/ Loveless, The Louvre, The Louvre, Supercut e Perfect Places.

Comentários do Facebook
publicidade

Entretenimento

O rei das protagonistas! As dez mulheres de Walcyr Carrasco

Publicado

em

Prestes a estrear mais uma novela de sua autoria, Walcyr Carrasco possui um currículo extenso de novelas na Globo. Desde 2000, quando escreveu “O Cravo e a Rosa”, o jornalista entrou para o time de autores da emissora, ao lado de nomes consagrados como Aguinaldo Silva, Glória Perez, João Emanuel Carneiro, Manoel Carlos e Silvio de Abreu, por exemplo.

Leia também: Saiba tudo sobre “A Dona do Pedaço”, nova novela das 21h da Globo


Walcyr Carrasco e Juliana Paes
Reprodução/ Instagram

Walcyr Carrasco e Juliana Paes, protagonista de “A Dona do Pedaço”


Agora, Walcyr Carrasco se prepara para o lançamento de “A Dona do Pedaço”, nesta segunda-feira (20) e que, claro, contará com uma personagem principal com uma história de luta, perseverança e muita garra.

Pensando nisso, listamos as dez protagonistas do dramaturgo que roubaram a cena nas novelas da Globo. Confira!

  • Catarina – “O Cravo e a Rosa” (2000)

O Cravo e a Rosa
Divulgação/TV Globo

Catarina (Adriana Esteves)



Em sua primeira novela na emissora, o jornalista apresentou a primeira de suas protagonistas, Catarina, vivida por Adriana Esteves. Na trama, Catarina era uma jovem impetuosa e que não aceitava viver na opressão da sociedade paulista da década de 1920.

A personalidade da moça se destacou mais ainda quando, finalmente, se apaixonou por Petruchio (Du Moscovis), mas se recusando a admitir a paixão e a aceitar o papel de “futura esposa e mãe de família” que lhe era imposto.

  • Cecília – “A Padroeira” (2001)

A Padroeira
Reprodução/TV Globo

Cecília (Deborah Secco) e Valentim (Luigi Baricelli)



Além da fé, “A Padroeira”, de 2001, também contou a história do amor impossível entre Cecília (Deborah Secco) e Valentim (Luigi Baricello), no ano de 1717. A jovem, que havia sido prometida a Dom Fernão de Avelar (Maurício Mattar), acabou se apaixonando pelo rapaz.

Leia mais:  Stan Lee, pai do universo Marvel, morre aos 95 anos

No decorrer da trama, o casal impossível passa por poucas e boas, principalmente em relação ao casamento forçado de Cecília e Fernão. A protagonista do folhetim, que foi ao ar na faixa das 18h, provou que era uma mulher forte e determinada a lutar por seus objetivos.

  • Maria – “Esperança” (2002)

Esperança
TV Globo/Renato Rocha Miranda

Maria (Priscila Fantim) em “Esperança”



Vivida por Priscila Fantin, Maria era uma italiana que, mesmo contra sua vontade, foi obrigada a se casar com Martino (José Mayer) e viver longe do amor de sua vida, Toni (Reynaldo Gianecchini). A separação do casal protagonista se deu por conta da diferença de classes sociais dos dois, já que Maria era uma moça pobre.

Antes da separação, ela descobre que está grávida e jura ao pai, Giuliano (Antonio Fagundes), que o filho é de seu marido.

  • Ana Francisca – “Chocolate com Pimenta” (2003)

Chocolate com Pimenta
TV Globo/Renato Rocha Miranda

Ana Francisca (Mariana Ximenes)



Uma das personagens mais queridas da teledramaturgia brasileira, Ana Francisca, interpretada por Mariana Ximenes, era uma menina doce e ingênua de uma pequena cidade, que sofreu muito bullying por conta de sua aparência e suas origens.

Leia também: Globo busca transição na faixa das 21h e cortar dependência de autores medalhões

Em um certo ponto do folhetim, a moça viaja grávida, sem contar que o filho é do grande amor de sua vida, Danilo (Murilo Benício). Então, o amigo Ludovico (Ary Fontoura) a pede em casamento, com a intenção de dar um nome à criança. A moça retorna à cidade completamente diferente do que costumava ser: acionista majoritária da fábrica de chocolates da cidade, bem vestida e muito mais empoderada do que era, deixando todos de queixo caído.

  • Serena – “Alma Gêmea” (2005)
Leia mais:  Fora do “Auto Esporte”, Millena Machado se dedica a projeto social

Alma Gêmea
TV Globo/Zé Paulo Cardeal

Priscila Fantim em “Alma Gêmea”



Em “Alma Gêmea”, Serena, também interpretada por Priscila Fantin, era uma moça de origem indígena que vai para a cidade grande. Lá, conhece Rafael (Du Moscovis), quando começa a trabalhar na casa dele. Os dois logo se identificam e, ao longo da trama, acabam se apaixonando.

No entanto, a mocinha sofre com as artimanhas de Cristina (Flávia Alessandra), que também era apaixonada por Rafael e desejava sua fortuna. No decorrer do folhetim, descobre-se que Serena é a reencarnação de Luna, primeira esposa do protagonista.

  • Gabriela – “Gabriela” (2012)

Gabriela
TV Globo/Alex Carvalho

Juliana Paes em “Gabriela”



O remake da trama exibida, pela primeira vez, em 1975, contou a história (originalmente escrita por Jorge Amado) de Gabriela (Juliana Paes), uma jovem destemida e que chegou a cidade de Ilhéus, na Bahia, em busca de uma vida melhor do que a que levava no sertão.

Lá, a moça se torna o assunto da cidade, com toda a sua graça e formosura. Em Ilhéus, Gabriela sofre para se adaptar aos padrões da sociedade da década de 1920, mas acaba deixando as tentativas de lado para finalmente ser quem é, sem se deixar abalar pelas críticas que recebia.

  • Paloma – “Amor à Vida” (2013)

Amor à Vida
TV Globo/Cynthia Salles

Paolla Oliveira em “Amor à Vida”



A personagem de Paolla Oliveira passou por um grande trauma na vida, quando teve sua filha sequestrada no nascimento pelo próprio irmão, Félix (Mateus Solano). Paloma nunca deixou de procurar pela criança que, anos depois, descobriu ter sido criada pelo homem por quem se apaixonou, interpretado por Malvino Salvador.

  • Angel – “Verdades Secretas” (2015)
Leia mais:  Faltou currículo? Gracyanne Barbosa e as oportunidades que a musa perdeu

Verdades Secretas
TV Globo/Estevam Avellar

Camila Queiroz em Verdades Secretas



Exibida na faixa das 23h, a trama mostrou a história da nada inocente Angel (Camila Queiroz), que entrou no mundo da moda com o sonho de se tornar uma modelo famosa, mas se deixou corromper pelo dinheiro e poder. A moça, então, começa a se prostituir.

Paralelo a isso, Angel se envolve com Alex (Rodrigo Lombardi), um poderoso empresário paulistano. Ao longo do folhetim, Alex casa com a mãe da menina, com o intuito de ficar o mais próximo possível da modelo. No fim da trama, Angel se mostra uma mulher completamente diferente do que todos pensavam. Não é preciso dizer que a história acabou em tragédia, não é mesmo?

  • Clara – “O Outro Lado do Paraíso” (2017)

O Outro Lado do Paraíso
Reprodução/ Globo

Clara (Bianca Bin)



“Vocês não sabem o prazer que é estar de volta”. Se você não conhece a icônica frase de Clara, vivida por Bianca Bin em “O Outro Lado do Paraíso”, reveja seus conceitos de noveleiro. Na trama escrita pelo autor, a moça deixou de ser a inocente vítima para se tornar uma mulher vingativa.

Leia também: Walcyr Carrasco derrapa e faz pior novela da carreira

Clara apanhou de Gael (Sérgio Guizé), foi traída pela sogra e pela cunhada, teve o filho roubado, foi internada em uma clínica psiquiátrica, foi traída de novo pelo melhor amigo… ufa! A morena passou por poucas e boas, mas não desistiu e deu a volta por cima no fim da trama.

  • Maria da Paz – “A Dona do Pedaço” (2019)

A Dona do Pedaço
TV Globo/João Miguel Junior

Juliana Paes



Na trama que estreia nesta segunda (20), Maria da Paz (Juliana Paes) será uma mulher que passará por poucas e boas durante a novela.

A personagem vai sofrer a perda do marido em pleno altar, fugirá da cidade após ser jurada de morte, chegará a São Paulo praticamente sem nada e, finalmente, reconstruirá sua vida vendendo bolos! Mas calma, muita coisa ainda vai acontecer com a mais recente protagonista de Walcyr Carrasco na Globo. Fique ligado!

Fonte: IG Gente
Comentários do Facebook
Continue lendo
Mulher1 minuto atrás

Nutricionistas detalham o que comer no café da manhã para emagrecer

Se a prática de  exercícios físicos (sejam eles cardiovasculares ou de força) é um passo importante para o emagrecimento, saber o...

Mulher1 minuto atrás

Horóscopo do dia: previsões para 20 de maio de 2019

Terapeuta Integrativa, Masumi Suguinoshita usa a Astrologia e a Meditação como ferramentas principais de trabalho e traz ao Delas as...

Entretenimento1 hora atrás

O rei das protagonistas! As dez mulheres de Walcyr Carrasco

Prestes a estrear mais uma novela de sua autoria, Walcyr Carrasco possui um currículo extenso de novelas na Globo. Desde...

Esportes6 horas atrás

Jorge Sampaoli é perseguido por ciumentos da própria classe de trabalho

Levir Culpi, técnico de trabalhos medíocres recentemente, disse que Jorge Sampaoli será o novo comandante da Seleção. Segundo Culpi, que...

Entretenimento6 horas atrás

Reconstrução dá o tom do MECAInhotim, quatro meses após tragédia em Brumadinho

Logo na entrada de Brumadinho (MG), uma exposição de camisas e uniformes sujos de lama lembra que essa é uma...

Entretenimento6 horas atrás

Virada Cultural de São Paulo atrai cinco milhões de pessoas

A Virada Cultural aconteceu neste final de semana, 18 e 19, em São Paulo, e, segundo o prefeito Bruno Covas,...

Nacional8 horas atrás

Entenda os últimos acontecimentos da quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro

Edilson Rodrigues/Agência Senado – 9.5.19 MP investiga suspeitas de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa no gabinete de Flávio...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana